Postagens

Mostrando postagens de Agosto 8, 2010
Falando de cidadania
A história da cidadania confunde-se em muito com a história das lutas pelos direitos humanos. A cidadania esteve e está em permanente construção; é um referencial de conquista da humanidade, através daqueles que sempre lutam por mais direitos, maior liberdade, melhores garantias individuais e coletivas, e não se conformam frente às dominações arrogantes, seja do próprio Estado ou de outras instituições ou pessoas que não desistem de privilégios, de opressão e de injustiças contra uma maioria desassistida e que não se consegue fazer ouvir, exatamente por que se lhe nega a cidadania plena cuja conquista, ainda que tardia, não será obstada. Ser cidadão é ter consciência de que é sujeito de direitos. Direitos à vida, à liberdade, à propriedade, à igualdade, enfim, direitos civis, políticos e sociais. Mas este é um dos lados da moeda. Cidadania pressupõe também deveres. O cidadão tem de ser cônscio das suas responsabilidades enquanto parte integrante de um grande e comp…
Ser cidadão x Estar cidadão
O “ser cidadão” é, sem dúvida, uma expressão que precisa ser mais bem utilizada e vivenciada pela coletividade. Talvez, se todos os brasileiros soubessem o que é cidadania, viveríamos em um país melhor, menos injusto, e nossa qualidade de vida teria outra conotação. Infelizmente, são poucas as iniciativas para a criação dessa consciência na sociedade. Quando ocorrem, partem de algumas comunidades específicas e das raras organizações privadas realmente imbuídas nesse fim. “Ser cidadão” é saber viver em sociedade, estando ciente dos anseios comuns. É participar ativamente das decisões de sua comunidade, influenciar modos de vida de maneira positiva ao seu redor, exercer os direitos constitucionais adquiridos e lutar pelos que virão. É preservar o meio ambiente, a natureza, os animais, os seus semelhantes, os opostos. É ser solidário, é ser político, é ser flexível, decidido e, sobretudo, estar consciente de todas as atitudes tomadas em prol da sociedade. Com um …
O que é política? 
Antonio Carlos Oliviere
É derivação grega a palavra “política”, que em seu sentido original significava “Politikos” que esta relacionada à cidade, porém ao conceito de polis que é mais abrangente do que cidade, entre os séculos 8 e 6 ac. Surgiram na Grécia as “polis”, cidades-estado, estas eram quase que como países atuais, Esparta e Atenas são as mais famosas, inicialmente a palavra política fazia referencia a tudo o que é urbano, civil, público, este significado expandiu-se com a obra Política de Aristóteles (384-322 ac.), onde passou a designar-se política como a arte ou ciência do governo, durante muito tempo passou a designar os estudos dedicados a atividade humana que de alguma forma se relacionam ao governo, porém em na atualidade representa as atividades praticas relacionadas ao exercício do poder do estado; sendo assim esta intimamente relacionada o conceito de política ao conceito de poder, segundo Bertrand Russerll (1872-1970), filósofo britânico “conjunto …
Cidadania e Política

Marcos Sílvio de Santana.


O processo de desenvolvimento, hoje reclamado para o Brasil, esbarra em vários e conhecidos entraves, cuja remoção tem-se inviabilizado por uma espécie de analfabetismo político que predomina na sociedade atual. A maioria dos brasileiros (56%), não têm nenhum interesse em influenciar nas políticas públicas, não acreditam exercer ou não sabem que podem exercer algum tipo de poder. Esses dados constam de uma pesquisa realizada pelo Ibope, em novembro/2003, que revela também uma relação entre grau de instrução e motivação política. Para o cidadão comum, política lembra coisas pouco nobres como "maracutaia", corrupção, falta de seriedade e outras tantas que se repugnam, pois entende não fazerem parte das suas práticas cotidianas; são coisas de políticos... Aqui, deixa de lembrar-se de que políticos são representantes legítimos do povo, pois o povo é que os escolhe, livre e democraticamente, entre seus próprios membros. E por que quase s…
Imagem
Concluído o cenário para a encenação da farsa eleitoral 2010, como atores principais se apresentaram Dilma Rousseff (PT, Pecedobê, PMDB, PSB, PDT, et caterva), José Serra (PSDB, DEM e PPS) e Marina Silva (PV). Ademais como coadjuvantes, os de sempre José Maria do PSTU, Rui Pimenta do PCO, Ivan Pinheiro do PCBrasileiro, do PSOL não mais Heloísa Helena agora Plínio Arruda, mais Eymael e Levi Fidelix.

A imprensa dos monopólios, confirmando o caráter das eleições burguesas, de antemão, já decidiu que a pugna será travada por três candidatos: Dilma Rousseff, José Serra e Marina Silva, mas, principalmente, pelos dois primeiros. Seus programas incorporam o núcleo comum imposto pelo imperialismo, através das determinações do FMI, do Banco Mundial e da OMC, motivo pelo qual o trio recebeu o papel de destaque na encenação. Os candidatos José Maria, Rui Pimenta, Ivan Pinheiro e Plínio Arruda, socialistas de boca e eleitoreiros de fato, acataram o chamado de fazer uma ponta na farsa dirigida pela …
Dra. Valéria leva ao plenário denúncia de distribuição de medicamentos feito na casa de vereadora Na sessão de hoje, dia 12 de agosto, a vereadora Dra. Valéria (PMDB) foi ao plenário denunciar a distribuição irregular de medicamentos feito na residência de vereadora.
Ela levou ao conhecimento de todos os vereadores a denúncia feita pelos usuários de remédios de Pentecoste, segundo os usuarios quando procuram a Sec. de Saúde são informados que não tem mais remédio e são recomendado por um funcionário para se dirigir a casa da vereadora, onde receberão os medicamentos . Segundo a vereadora Valéria supostamente esses medicamentos pertencem a Secretaria de Saúde de Pentecoste.
Por incrível que pareça parece que esses políticos nunca demonstrarão ter vergonha na cara. Apesar das leis existirem e das denuncias acontecerem com tanta freqüência, levam o povo e a sociedade como um todo em banho maria.
Que país é esse?  
Postado por Raimundo Mouraàs 10:56
UMA VIDA POR AMOR PR. ALEJANDRO BULLÓN
"Por que existe gente que encara o cristianismo com temor? Deus é um ancião de barba branca, sentado em Seu trono de glória, com uma vara na mão para castigar o desobediente? O sofrimento, a dor e as lágrimas que muitas vezes tocam nossa vida são castigos por termos nos portado mal? O que diz a Bíblia a esse respeito?
O texto para a nossa meditação é o Salmo 23: "O Senhor é o meu pastor; nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente à águas tranqüilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do Teu nome. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. Preparas uma mesa per…
Financiamento da Educação - Fundeb
Apresentação O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – Fundeb foi criado pela Emenda Constitucional nº 53/2006 e regulamentado pela Lei nº 11.494/2007 e pelo Decreto nº 6.253/2007, em substituição ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério - Fundef, que vigorou de 1998 a 2006. É um fundo especial, de natureza contábil e de âmbito estadual (um fundo por estado e Distrito Federal, num total de vinte e sete fundos), formado por parcela financeira de recursos federais e por recursos provenientes dos impostos e transferências dos estados, Distrito Federal e municípios, vinculados à educação por força do disposto no art. 212 da Constituição Federal. Independentemente da origem, todo o recurso gerado é redistribuído para aplicação exclusiva na educação básica. Com v…
BOM DIA!!!

Arnaldo jabor, Jornalista comentarista CBN
Todos sabemos que brasileiro vaia até minuto de silêncio, que somos cafajestes até pra plantar bananeira em velório, como dizia o Nelson Rodrigues. Tudo bem! Mas eu pergunto a vocês: por que o presidente Lula com os tais 60% de aprovação no IBOPE levou uma vaia devastadora, torrencial na abertura do PAN, por que? Eu tenho minhas teses e vou expô-las aqui. Eu acho que o governo Lula se apóia apenas em duas pernas: o charminho populista do presidente e o bolsa-família.Eu acho que essa jogada única está começando a se esvair. Além daqueles pobres diabos dos grotões que recebem os "cinquentinhas", os "cenzinhos" pra votar no homem, além dos fissurados na imagem do operário milagreiro, o "padinho Cícero dos metalúrgicos", no Brasil temos também a classe média, temos uma opinião pública, crescentemente, mais bem informadas do que há 30 anos atrás.Lula tem uma técnica política que alguém me ensinou, que me ens…