sábado, 17 de setembro de 2011

Hoje, programa a voz do SINDSEP

Não esqueça, logo mais ao meio dia o programa a voz do Sindsep pela FM 98,7.
Trataremos, como sempre dos mais diversos assuntos que dizem respeito a sociedade.


Notícias da semana

Comissão aprova criação de 225 cargos de juiz federal de juizados especiais





A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou na quarta-feira (14) o Projeto de Lei 1597/11, do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), que cria 225 cargos de juiz federal de turmas recursais de juizados especiais. Os juízes serão lotados em 75 novas turmas, também criadas pela proposta.
Atualmente, não há definição legal específica sobre essas turmas recursais, que são implementadas por orientação de cada Tribunal Regional Federal (TRF), órgão também responsável por indicar os juízes federais de primeira instância para atuar nelas. Hoje, também não há cargo específico de juiz para turmas recursais de juizados especiais, como prevê o projeto.
Pela proposta, os cargos serão preenchidos por concurso de remoção entre os juízes federais ou, na falta de candidatos, por promoção. Serão 120 cargos preenchidos em 2012 e 105 em 2013.
O relator da matéria na comissão, deputado Alex Canziani (PTB-PR), destacou que a medida vai proporcionar mais celeridade no Judiciário. “Um avanço importante que tivemos na Justiça foi a criação dos juizados especiais. No entanto, atualmente não temos as chamadas Câmaras Recursais e, com isso, acumulamos mais de um milhão de processos aguardando recurso”, afirmou. O parlamentar acrescentou que a proposta vai beneficiar a população carente, que recorre muito aos tribunais de pequenas causas.
Distribuição
As novas turmas serão formadas, cada uma, por três juízes federais de turmas recursais e por um juiz suplente. Elas terão sede nas capitais dos estados e serão distribuídas da seguinte forma:

- 1ª região (DF, AC, AM, AP, BA, GO, MA, MG, MT, PA, PI, RO, RR e TO): 25 turmas recursais e 75 juízes;
- 2ª região (RJ e ES): 10 turmas e 30 juízes;
- 3ª região (SP e MS): 18 turmas e 54 juízes;
- 4ª região (RS, PR e SC): 12 turmas e 36 juízes;
- 5ª região (PE, AL, CE, PB, RN e SE): 10 turmas e 30 juízes.
Competência
Essas turmas recursais analisam recursos de sentença ou de decisão do Juizado Especial Federal, instituição criada em 2001 para simplificar e agilizar determinados processos de competência da Justiça Federal. De acordo com o STJ, nos 10 anos de funcionamento desses juizados, já foram propostas mais de 10,5 milhões de ações.
Tramitam nos juizados especiais federais, por exemplo, ações cíveis contra a União e autarquias federais (INSS, Caixa Econômica Federal, entre outros) com valor de até 60 salários mínimos. Os processos tratam de temas como pagamento de pensões, auxílio-doença e aposentadorias.
Tramitação
A proposta, que tramita em regime de prioridade, ainda será analisada pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania, antes de ir para o Plenário.
Diário do Nordeste.

Dilma dá posse ao novo ministro do Turismo às 16 horas


A presidente Dilma Rousseff dá posse ao novo ministro do Turismo Gastão Vieira, em cerimônia marcada para esta sexta-feira (16), às 16 horas, no Palácio do Planalto. Antes, a presidente cumpre uma agenda em Belo Horizonte (MG). A nomeação de Vieira foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União que circula nesta sexta-feira (16). Junto com a nomeação ela, está publicado o decreto que exonera "a pedido" Pedro Novais da Pasta.
Dilma vai à capital mineira visitar as obras de revitalização do estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão. Deve visitar também as obras do Trânsito Rápido de Ônibus (TRO) e participar de cerimônia de anúncio de investimentos do PAC 2 da Copa. A agenda prevê que Dilma chegue a Brasília às 14h4
Diário do Nordeste

Proposta obriga creches, abrigos e asilos a oferecer tratamento psicológico

A Câmara analisa o Projeto de Lei 931/11, do deputado Lindomar Garçon (PV-RO), que obriga creches, abrigos e asilos a oferecer tratamento psicológico para pessoas que estejam internadas em período integral ou parcial. Pela proposta, os psicólogos deverão atender pelo menos uma vez por semana, por 6 horas.
A proposta autoriza as entidades sem fins lucrativos responsáveis por esses estabelecimentos a firmar convênios com prefeituras, governos estaduais e o governo federal para a contratação de psicólogos. No caso do governo federal, os recursos deverão estar previstos no Orçamento Geral da União.
O autor do projeto explica que os psicólogos devem auxiliar na identificação de formas de lidar com os conflitos do cotidiano. “Com essa medida, será possível aprimorar o ambiente do grupo, melhorar a convivência e a comunicação pessoal”, afirma Garçon.
Tramitação
A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
Diário do Nordeste


Evangelho de Lucas 8,4-15

 Sábado, 17 de setembro de 2011
 
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 4reuniu-se uma grande multidão, e de todas as cidades iam ter com Jesus. Então ele contou esta parábola: 5“O semeador saiu para semear a sua semente. Enquanto semeava, uma parte caiu à beira do caminho; foi pisada e os pássaros do céu a comeram.
6Outra parte caiu sobre pedras; brotou e secou, porque não havia umidade. 7Outra parte caiu no meio de espinhos; os espinhos cresceram juntos, e a sufocaram. 8Outra parte caiu em terra boa; brotou e deu fruto, cem por um”.
Dizendo isso, Jesus exclamou: “Quem tem ouvidos para ouvir ouça”.
9Os discípulos lhe perguntaram o significado dessa parábola. Jesus respondeu: 10“A vós foi dado conhecer os mistérios do Reino de Deus. Mas aos outros, só por meio de parábolas, para que olhando não vejam, e ouvindo não compreendam”.
11A parábola quer dizer o seguinte: A semente é a Palavra de Deus. 12Os que estão à beira do caminho são aqueles que ouviram, mas, depois, vem o diabo e tira a Palavra do coração deles, para que não acreditem e não se salvem.
13Os que estão sobre a pedra são aqueles que, ouvindo, acolhem a Palavra com alegria. Mas eles não têm raiz: por um momento acreditam; mas na hora da tentação voltam atrás. 14Aquilo que caiu entre os espinhos são os que ouvem, mas, com o passar do tempo são sufocados pelas preocupações, pela riqueza e pelos prazeres da vida, e não chegam a amadurecer. 15E o que caiu em terra boa são aqueles que, ouvindo com um coração bom e generoso, conservam a Palavra, e dão fruto na perseverança.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

AS CINCO REGIÕES DO BRASIL


Regiões brasileiras


Região Norte

Formada pelos estados do Amazonas, Pará, Acre, Rondônia, Roraima, Amapá e Tocantins
Esta região encontra-se localizada, em quase sua totalidade, na área da bacia amazônica, sendo amplamente coberta pela exuberante floresta tropical. O rio Amazonas corta a região ao meio, no sentido oeste-leste, e desemboca no oceano Atlântico. Existem também vários outros rios nessa região. As duas principais cidades são Manaus, capital do estado do Amazonas, e Belém, capital do estado do Pará.
Entre as décadas de 60 e 70 verificou-se renovado interesse pela riqueza mineral e pelo potencial agrícola da Amazônia.
Os esforços do governo para incentivar o desenvolvimento agrícola na Amazônia resultou em ameaças crescentes de problemas ambientais para a região. Durante as décadas de 70 e 80, os projetos de desenvolvimento e os movimentos migratórios levaram ao desmatamento de 328.700 km2 da região. Em decorrência desse fato, o governo brasileiro adotou uma série de políticas para controlar o desenvolvimento. Foram suspensos os incentivos fiscais e os créditos oficiais para os projetos agrícolas e o desenvolvimento da pecuária na região. A proteção da Amazônia é atualmente monitorada via satélite e os esforços internos nesse sentido foram reforçados pelo apoio da comunidade internacional, através do Programa Piloto para a Proteção da Floresta Tropical Brasileira, patrocinado pela Comunidade Européia, os Estados Unidos e vários outros países.

Região Nordeste

Formada pelos estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Bahia, Alagoas e Sergipe.
Grande parte dessa região, que abriga quase 30% da população brasileira, está sujeita a secas crônicas. A região, no entanto, tem possibilidades econômicas consideráveis, que incluem grandes jazidas de petróleo, a exportação de produtos tropicais e a promoção do turismo.
Pernambuco e Bahia foram os primeiros centros mais importantes do Brasil colonial e ainda hoje exercem forte influência sobre a cultura brasileira. Muitos dos produtos tipicamente brasileiros no campo da música, do folclore e da culinária, além de grande parte dos costumes e práticas sociais brasileiras, tiveram origem nessa região. As duas maiores cidades do Nordeste são Recife e Salvador.

Região Sudeste

Formada pelos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo
O centro econômico do Brasil é formado pelas cidades altamente industrializadas localizadas nas redondezas de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. A maior parte da população do país está concentrada nesta região. A área é rica em minérios e sua agricultura, a mais avançada do país, produz café e cereais para exportação, além de uma variedade de alimentos frescos e industrializados, leite e carne para o consumo interno.


Região Sul

Formada pelos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul
Esta região também apresenta alto nível de desenvolvimento, mantendo bom equilíbrio entre os setores rural e industrial. Em direção ao sul o planalto se transforma em extensas planícies denominadas pampas, onde as tradicionais atividades de pastoreio deram origem ao gaúcho, o equivalente brasileiro ao vaqueiro dessa região. A oeste, na fronteira do Brasil com a Argentina, encontram-se as Cataratas do Iguaçu, uma das mais belas maravilhas da natureza no mundo. A maior cidade da região é Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, o estado que se encontra na fronteira meridional do Brasil.

Região Centro-Oeste

Formada pelos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás, além do Distrito Federal
Esta região, coberta por extensas savanas tropicais e planaltos, é ainda pouco povoada. Apesar de haver sido no passado uma das regiões mais isoladas do país, vem experimentando rápido crescimento de sua produção agropecuária e industrial. Nesta região está localizada a cidade de Brasília, capital do país, fundada em 1960. Extensas áreas da região Centro-Oeste foram transformadas pelo governo federal em reservas para uso exclusivo dos índios nativos daquela região. Também se encontra localizado na região Centro-Oeste o Pantanal Mato-Grossense, preciosa reserva ecológica da flora e da fauna brasileira.


Autoria: Augusto Cezar Soares Neto

Querem acabar com a Lei do Piso do Magistério, sem mesmo ter sida cumprida verdadeiramente.



Quando a categoria pensava que o julgamento da ADI que reafirmou por inteiro o teor da Lei do Piso do Magistério havia chegado a um resultado definitivo, os governadores surpreenderam com recursos abusivos, onde um dos objetos refere-se a que o STF declare a validade da lei após o trânsito em julgado, ou seja, quando não couber mais recursos. Além deste, pontuam sobre a defesa de que a Lei do Piso não deve ser obedecida quando entrar em confronto com a LRF. Vale salientar que, a Lei de Responsabilidade Fiscal deve ser observada a partir do uso correto do dinheiro público, visualizamos nas gestões públicas o mau uso do recurso quando, temos um excedente de contratos temporários, isonomia salarial, dentre outros.  Visualizamos também que os profissionais muitas vezes têm apenas o giz e o apagador para fazer um bom trabalho; é mesmo preocupante o que os gestores estão tentando fazer com os profissionais do magistério. 

Falam que, a educação é responsável pela mudança de nosso País, que o professor é a mola mestre desta mudança e bla, bla, bla, bla, bla, bla........... Temos então o direito de  falar que os gestores não estão preocupados coisa nenhuma. O que os preocupa é que se pagar os direitos legais, lhes faltam dinheiro para tanta roubalheira. E o que mais nos causa repúdio, é ver a justiça cruzar os braços para atender a quem tem de direito, e muitas vezes comungar com os aqueles que brigam para retirar direitos legais e constitucionais.                    

Devemos nos posicionar de forma CONTRÁRIA. O que dispõe a Reclamação nº 2576-4/SC, que teve como relatora a Ministra Ellen Gracie, que declara ser desnecessário trânsito em julgado para que decisão proferida no julgamento de mérito em ADI seja cumprida. No tocante a LRF é lei complementar não podemos sobrepor a constituição federal.

Tais embargos afrontam a Suprema Corte Brasileira que já havia decidido que as professoras e professores de todo o país tem DIREITO AO PISO SALARIAL como inicio de CARREIRA

Deve estar muito claro para todas e todos que tal embargo não retira o valor da decisão tomada pelo STF. Dessa forma, é preciso que nos mantenhamos mobilizados/as e firmes na luta pelo cumprimento da Lei!                                 

E O QUE QUEREM OS GOVERNADORES?

ESTADO DO CEARÁ: recorreu alegando que tem que ser declarado que Piso é remuneração, sendo o piso salário-base ou remuneração, que a lei só tenha validade após o trânsito em julgado da ADI 4167, perdendo todos os atrasados, o que só ocorrerá quando não couber mais recurso. Que por enquanto, a liminar que diz que piso é remuneração e a suspensão do 1/3 para atividade extraclasse, continua valendo;

MATO GROSSO DO SUL: recorreu alegando que o STF deve esclarecer quando teria validade o piso, se a partir de 01/01/2009, como consta no artigo 3º ou se a partir da publicação da lei como consta no artigo 8º da Lei do Piso. Alega ainda como obscuridade o contido no inciso II, do artigo 3º da Lei do Piso, que prevê acréscimo de apenas 2/3 do que falta para o piso a partir de janeiro de 2009 e a integralização só a partir de janeiro de 2010, confrontando tal obscuridade com as datas de validade do piso acima mencionadas; por fim defende a manutenção do teor da liminar, que piso é sinônimo de remuneração, que a liminar terá vigência até o julgamento final, e que não há valores retroativos, defendendo a vigência da decisão só após o trânsito em julgado;

RIO GRANDE DO SUL: recorreu reclamando do brutal impacto financeiro para o pagamento de valores retroativos, defendendo a integralização do piso dentro do prazo de um ano e meio após o trânsito em julgado da decisão; defendeu que deve ser declarada que a lei do piso não deve ser obedecida quando entrar em confronto com a Lei de Responsabilidade Fiscal; alega ainda que busca evitar greves em serviços essenciais com o parcelamento para cumprir o pagamento integral do piso; que a decisão só passa a ter validade após o trânsito em julgado, assim banindo valores retroativos; apela para o artigo 4º da Lei do Piso, da necessidade da União complementar o pagamento que não poderá ser feito pelos entes da Federação, Estados e Municípios, em caso de manutenção dos valores retroativos;

SANTA CATARINA: recorreu com as mesmas teses, focando sua alegação na Lei de Responsabilidade Fiscal e que o STF declare o dever da União em complementar com ajuda financeira para a implementação do piso, caso mantida a decisão recorrida.

É IMPORTANTE LEMBRAR!
16/07/2008: sancionada a Lei n. 11.738 (Lei do Piso)

29/10/2008: protocolada a AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE - ADI 4167/DF pelos estados de MS, PR, SC, RS e CE atacando de forma aniquiladora toda a lei do piso do magistério.

17/12/2008: concedida liminar pelo STF orientando no sentido de que até o julgamento final da ação Piso Salarial era remuneração e a data para cálculo das obrigações relativas ao piso salarial seria a partir de 1º de janeiro de 2009.

06/04/2011: STF julga a ADI improcedente.

24/08/2011: publicado o acórdão do julgamento, tendo sido julgada improcedente, reafirmando por inteiro o teor da Lei do Piso, conforme defendida pela CONFETAM e todo o movimento sindical.
Tudo é confuso e contraditório.
Professores e professoras trabalham, e o resultado!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! 
O que neste momento tramam os políticos????????????


ATENÇÃO AS ORIENTAÇÕES DA CONFETAM:
ORIENTAÇÕES ÀS FEDERAÇÕES E SINDICATOS MUNICIPAIS
A Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Brasil (CONFETAM) orienta que todas as Federações e Sindicatos filiados:

I – CONTINUEM no processo de mobilização para efetivar negociação com os governos municipais para implantação da Lei do Piso na sua íntegra.

II - AJUÍZEM a competente ação cobrando:
a) ao piso retroativo a janeiro de 2009
b) o primeiro reajuste em janeiro de 2009
c) o cumprimento de 1/3 para hora-atividade, doravante
d) cobrar 1/3 de hora-atividade violado como hora extra
.
Professora Claudia Melo.
Publicado pelo Sindsep Pentecoste

PENTECOSTE - A REPORTAGEM


Artigo escrito pelo Professor Valdeni Cruz
17 de setembro - 2011


Conselho de Al. Escolar de pentecoste
Foto: Valdeni Cruz 
Reunião do Conselho
Hoje, 16 de setembro foi marcada mais uma reunião do Conselho de Alimentação Escolar de Pentecoste. Essa reunião acontece todos os meses para poder a valiar as notas fiscais de compras e de distribuição dessa merenda nas escolas da rede municipal. Até ai tudo bem. O que acontece, por outro lado é que nessa reunião deve estar a maioria dos membros do Conselho, o que na realidade sempre estão. Porém, quem é responsável para dar as devidas informações sobre as perguntas que o conselho tem pra fazer, nunca ou quase nunca se faz presente. Sei que pode haver outros motivos pelos quais não possa estar presentes, mas...
Crianças lanchando
Como vocês puderam ler, no artigo anterior, caso não tenha lido ainda, leia. Lá está escrito as várias funções de um nutricionista da rede pública, no caso aqui o município. 
Neste artigo ficamos sabendo o é que necessário fazer para oferecer uma merenda de qualidade e em quantidade. Isso é possível quando se faz todo um diagnóstico sobre toda a rede escolar. É desse modo que sabemos o que será necessário para se oferecer uma merenda saudável que ofereça o mínimo de calorias para o bom desempenho das crianças. No nosso caso, não podemos dizer que a merenda oferecida seja de qualidade e em quantidade. Isso porque muitas vezes a quantidade enviada as escolas é insuficiente para atender ao cardápio para todo o mês. O que muitas vezes a merenda se resume em muita sopa e sopa aguada, digamos assim. Digo isso com precisão. Como é que uma sopa para 300 meninos, feita só com água, sal, corante e um tempero que se compra já pronto pode prestar? Alguém come isso com muito gosto na sua casa? Come não. Pois digo que isso acontece nas escolas de Pentecoste. Não tem cebola, alho, tomate, cenoura... na minha escola, as vezes as merendeiras, usando de sua caridade, o que não é justo, ainda trás uma cabeça de alho de casa. 
Outro dia, o arroz que veio para as escolas fedia a barata. Depois de termos comentado na rádio( Programa a voz do sindsep, que vai ao ar todo sábado, pela FM 98,7) o arroz foi devolvido. Entretanto, a escola não recebeu a reposição em tempo hábil para poder servir aos alunos.
Estou afirmando isso com precisão de fatos. Trabalho todo dia e todo dia observo a merenda que é servida. Portanto, ninguém vai provar ao contrário. Frango não vai o suficiente para suprir o cardápio do todo o mês. o Peixe é outro vilão. Ninguem quase nunca vê. Quando tem pão não tem carne pra colocar dentro. O suco é muito ruim e os meninos não bebem... Trabalho numa sala do 9º ano e eles não comem a sopa, não comem a salada, que é feita só com mamão e banana. Quando é macarronada e frango desfiado ai sim eles se esbaldam, ou quando é uma farofa de cuscuz com baião de dois também é 10. No entanto isso não pode ser sempre servido pois a quantidade é o problema.
Você pergunta: e o Conselho faz o que? E eu digo; COBRA. A resposta é: estamos fazendo um grande esforço, vamos tentar fazer licitação e outras... Acontece que o tempo vai passando e nada acontece.Enquanto isso, as nossas crianças vão segundo em frente do jeito que dá. Creio que isso não esteja certo, principalmente quando sabemos que a coisa poderia melhorar se houvesse mais disposição de que tem que haver. Você concorda comigo?

O dinheiro está vindo. Acompanhe os valores desse ano

                    CONSELHO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR-CAE 2011 ESPECIFICAÇÃO MÊS

  ENTRAGA SAIDA SALDO Repasse Federal março 109.680,00       109.680,00 C compra de alimentos março     48.521,00   61.159,00 C compra de alimentos abril     57.330,55   38.290,00 C 
  Repasse Federal maio 51.366,00       55.195,00 C   compras de alimentos maio 35.749,64 19.444,81 C 
  Repasse Federal junho 51.366,00 70.810,81 C compra de alimentos junho 78.702,30 7.891,49 D 
  Repasse Federal julho 109.680,00 101.788,51 C compra de alimentos julho 27.501,50 75.287,01 
  Repasse Federal agosto 54.840,00 130.127,01 compra de alimentos agosto 67.963,36


Analisando todos os valores entrados e saídos, temos um saldo de  62.163,65

Esse valor nós achamos que poderia ser discutidos exatamente para a compra de verduras e outros itens que com certeza melhoraria a qualidade da merenda escolar.
Convocamos a sociedade a se manifestar pelo direito de seu filho ter uma merenda de qualidade. Vá a escola e confira e fale a verdade. Não diga algo que não viu. Não escute só o que seu filho diz, vá ate a escola e confira. E faça jus ao que estou dizendo.
Sou conselheiro da merenda escolar e portanto, juntamente com os outros membros exijo que sejamos ouvidos e respeitados nos nossos direitos.

Professor Vladeni Cruz    

O papel do nutricionista nos programas de alimentação escolar


 
1) O que é o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE)?
O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), conduzido pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), garante o repasse de verbas federais para que os Estados e municípios forneçam alimentação escolar (merenda) aos alunos matriculados na rede pública de ensino.

A proposta do PNAE é suprir 15% das necessidades nutricionais diárias, especialmente quanto aos valores de calorias e proteína, para atendimento ao escolar, pré-escolar e alunos de creche.

2) Qual é o papel do nutricionista na Alimentação Escolar?
A atuação do nutricionista na Alimentação Escolar remonta ao início do programa, em 1955, e continua até os dias de hoje, pois se trata de um importante programa de atenção à saúde de uma parcela especialmente vulnerável da população.

Os Programas de Alimentação Escolar existentes hoje, gerenciados pelos municípios e Estados brasileiros, apresentam diversos níveis de centralização das atividades que levam à consecução dos objetivos do Programa e pressupõem a realização de uma série de ações que permitem a obtenção do produto final esperado, qual seja uma alimentação balanceada, específica para a população-alvo a que se destina, com características técnicas e prevendo um componente educativo.

A atuação do nutricionista nesses programas é garantida pela legislação atual, colocando esse profissional como o responsável técnico (RT) junto ao governo federal, especialmente na elaboração de cardápios. O Conselho Federal dos Nutricionistas (CFN) também garante essa atuação, por meio de resoluções específicas.

O nutricionista tem inúmeras atividades a desempenhar neste programa, quer seja funcionário da prefeitura ou Estado gerenciadores, quer seja funcionário das empresas fornecedoras de serviço terceirizado nessa área. De qualquer maneira, seu papel é extremamente abrangente, pois pode e deve atuar em vários níveis da gestão desse programa, tais como:

3) Quais são as atividades que o nutricionista desempenha neste programa?
• Definição dos parâmetros nutricionais: Requer conhecimento da população-alvo e suas deficiências nutricionais, comportamento, peculiaridades hábitos alimentares, nível sócio-econômico e outros.

• Planejamento de cardápios: Em função de vários parâmetros, é estabelecida a composição padrão do cardápio que será servido às crianças.

• Programação: A partir do cardápio estabelecido, é feita a programação de quantidades de produtos a serem adquiridos.

• Supervisão: Garante o cumprimento dos cardápios, o preparo correto da merenda e a manutenção da segurança higiênica e sanitária.

• Treinamento: O pessoal encarregado do preparo da merenda escolar (merendeiras) deve ser treinado e reciclado periodicamente.

• Análise de valor nutritivo: Garante o atendimento às determinações legais de oferta de nutrientes.

• Avaliação: Os programas de suplementação alimentar em geral e o de merenda escolar, em especial, têm sofrido poucas avaliações por parte dos órgãos gerenciadores. É de suma importância que se avalie o impacto da alimentação sobre os escolares, em relação ao estado nutricional, desenvolvimento, nível de aprendizagem, grau de retenção e evasão escolar.

• Testes de aceitabilidade: Os produtos a serem introduzidos no cardápio escolar devem ser avaliados sensorialmente, tanto em nível técnico, pelos profissionais do programa, como em campo, pelas crianças.

• Educação alimentar e nutricional: A escola é o ambiente ideal para tal atividade e a alimentação escolar é uma das principais ferramentas.

Além dessas atividades, de caráter gerencial, existem aquelas operacionais, que são executadas em qualquer serviço de alimentação para coletividades. Para tais atividades, o nutricionista é o profissional legalmente habilitado para supervisionar, coordenar e controlar sua execução: recebimento dos produtos; armazenamento dos gêneros alimentícios; pré-preparo, preparo e distribuição das refeições; e higienização e controle de qualidade.
 

 
Autor
 
Dra. Beatriz Tenuta
 
Nutricionista formada pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP) e mestre em Nutrição Humana pela USP. Também é diretora operacional da empresa Gente – Gerenciamento em Nutrição com Tecnologia e colaboradora do Conselho Regional de Nutricionistas – 3ª Região (CRN-3), do qual é ex-presidente.
 
 

MCCE pede que Dilma escolha ministro do STF a favor da Ficha Limpa


Quinta-feira, 15 de setembro de 2011, 16h39
Da Redação, com MCCE
MCCE
MCCE entrega petição aos ministros Gilberto Carvalho e Jorge Hage, em Brasília
    
O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) entregou, nesta quarta-feira, 14, mais de 150 mil assinaturas aos ministros Gilberto Carvalho e Jorge Hage, em Brasília.

As 150.256 assinaturas foram coletadas pelo portal Avaaz - uma comunidade de mobilização online - com a intenção de pedir à presidente Dilma Rousseff que escolha um novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) que seja a favor da Lei da Ficha Limpa.

Os ministros ressaltaram a importância do MCCE na mobilização da população brasileira para a criação da lei e confirmaram seus apoios à indicação de um novo ministro.

O site continua coletando as assinaturas, e a meta é chegar a 200 mil.


 




Fonte Canção Nova

Evangelho de Lucas 8, 1-3


Sexta-feira, 16 de setembro de 2011

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus andava por cidades e povoados, pregando e anunciando a Boa Nova do Reino de Deus. Os doze iam com ele; 2e também algumas mulheres que haviam sido curadas de maus espíritos e doenças: Maria, chamada Madalena, da qual tinham saído sete demônios; 3Joana, mulher de Cuza, alto funcionário de Herodes; Susana, e várias outras mulheres que ajudavam a Jesus e aos discípulos com os bens que possuíam.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

Comentário sobre o Evangelho de hoje
Jesus vivia numa época profundamente conflitiva, num país irremediavelmente dividido. Havia fome, pobreza e muita doença. Havia gente explorada por um sistema injusto com desemprego, empobrecimento e endividamento crescentes.
Havia classes altas, comprometidas com os romanos na exploração do povo e poderosos ricos que não se importavam com a pobreza dos irmãos. E havia grupos de oposição aos romanos que se identificavam com as aspirações do povo. Havia muitos conflitos e tensões sociais com repressão sangrenta que matava sem piedade.
Havia a religião oficial. Ambígua e opressora, organizada em torno da sinagoga e do templo. E havia a piedade confusa e resistente dos pobres com suas devoções, romarias e práticas seculares. Numa palavra, havia conflitos nos vários níveis da vida da nação: econômico, social, político, ideológico, religioso. Todos muitos parecidos com os conflitos que vivemos hoje.
Jesus não se manteve neutro. Em nome de Deus, tomou posição. Através da Sua atitude, a Boa Nova de Deus se fez presente na vida do povo. O anúncio da Boa Nova é antes de tudo, uma nova prática, fruto da experiência que Jesus tinha do Pai e que O levava a tomar determinadas atitudes.
A novidade da prática evangelizadora de Jesus transparece, sobretudo, no novo jeito que Ele tem de se relacionar com as pessoas e de ensinar as coisas: atenção às pessoas sem fazer distinção; ensina em qualquer lugar, acolhe todos como ouvintes e permite que mulheres O sigam como discípulas; usa linguagem simples em forma de parábolas; reflete a partir dos fatos da vida; confronta os discípulos com os problemas do povo; ensina com autoridade sem citar “autoridades”; apresenta crianças como professoras de adultos; sendo livre, comunica liberdade aos que o cercam, e estes, por sua vez, criam coragem para transgredir tradições velhas. Jesus vive o que ensina. Passa noites em oração e suscita nos outros a vontade de rezar.
A Boa Nova do Reino se encarna numa convivência humana. A prática de Jesus revela uma nova visão das coisas, um novo ponto de partida, uma nova ordem. Os valores básicos dessa nova ordem aparecem encarnados no pequeno grupo de mulheres itinerante que se formou ao Seu redor e que – com Ele e os discípulos – partilha os bens. Poderia chamar-se de uma convivência amiga a ponto de não ter mais segredos.
Criou-se entre eles um novo relacionamento homem e mulher partilhando e vivendo em sadia convivência. Estes pontos nos dão uma ideia de como era a prática evangelizadora de Jesus. Através da prática de Jesus, Deus se tornou uma Boa Nova para o povo.
Padre Bantu Mendonça

Fonte: Canção Nova

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Salve, ó cruz, única esperança!

Dom Henrique
É uma festa antiga, a Exaltação da Santa Cruz. Em 335, no dia 13 de setembro, foram dedicadas duas grandes basílicas, construídas pelo Imperador dos romanos, Constantino Magno: uma no Gólgota e outra, no Santo Sepulcro. No dia seguinte, hoje, foram expostos ao povo, com imensa piedade, os restos da cruz do Senhor. Daí a esta hodierna, em honra da Cruz do Senhor.
O mistério da cruz! Glória, suplício e tentação de escândalo para os cristãos; loucura inaceitável, insanidade deplorável para o mundo!
Na Sexta-feira Santa, durante a solene celebração da Paixão do Senhor, há um rito impressionante, comovente: o diácono, igreja adentro, traz uma cruz velada... e três vezes, descobrindo-a pouco a pouco, proclama, cantando: “Eis o lenho da cruz, do qual pendeu a salvação do mundo!” Frase estupenda, escandalosa, impressionante: no absurdo da cruz, na derrota da cruz, a Igreja proclama, que brotou a vida do mundo! Como pode ser? Naquela celebração, o povo, de joelhos, responde ao diácono: “Vinde, adoremos!” É belo, este rito; é comovente! Mas, como é difícil, como é dolorosa, na nossa vida e na vida do mundo, a realidade que ele exprime –  o mistério da cruz, de uma humanidade crucificada, de um mundo crucificado!
A cruz de nosso Senhor Jesus Cristo está no centro da nossa fé, pois, por ela, o Senhor Jesus venceu a nossa morte e ingressou na vida de ressurreição. Por isso, São Paulo exclama: “Quanto a mim, não aconteça gloriar-me senão na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, por quem o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo” (Gl 6,14). Mas, o que é a cruz? É uma tragédia, é um sinal de derrota, é resultado de uma injustiça miserável, é silêncio de Deus, que parece esquecer a dor do Filho e se cala diante da maldade, do pecado e da morte. A cruz de Jesus, em si mesma, é um terrível escândalo... em si mesma, seria sinal que Deus não existe e, se existe, não liga para a dor humana, para a injustiça que massacra o inocente... Na cruz de Cristo está significada toda a cruz do mundo e da humanidade: a cruz do inocente que sofre, a cruz dos órfãos, dos que morrem na guerra, a cruz dos pobres, sem nome, sem vez nem voz... Na cruz do Senhor estão tantos povos e raças oprimidos, dizimados pela ganância e pelo ódio... Na cruz de Cristo está simbolizada toda dor, todo fracasso, toda solidão, todo peso do mundo... Na cruz do Senhor está tudo aquilo que nos deixa com uma pergunta presa na garganta: “Por que tanta dor, tanto sofrimento, tanta injustiça? Por que Deus se cala? Por que permite? Onde ele está?” Não pode compreender o mistério da cruz quem não se deixa atingir e questionar por estas perguntas, por estas dores, por estes prantos! Não pode proclamar o triunfo do Senhor quem não suportou o absurdo da cruz do Senhor! A cruz não é um ornamento, uma brincadeira; a cruz é um ícone, um símbolo, uma parábola impressionante e dolorosa! Na cruz está significado tudo aquilo que tanto nos apavora! E, no entanto, Jesus diz, no evangelho de hoje, que era necessário passar pela cruz: “Do mesmo modo que Moisés levantou a serpente no deserto, assim é necessário que o Filho do Homem seja levantado...” (Jo 3,14). Palavra impressionante, confirmada após a ressurreição: “Não era necessário que o Filho sofresse tudo isso e assim entrasse na sua glória?” (Lc 24,26). Por que era necessário? Por que no caminho do Cristo e do cristão tem que estar a cruz, bendita e maldita? Por quê? E Para quê?
Para mostrar-nos até onde o pecado nos levou e até onde o amor de Deus está disposto a ir por nós.
Vivemos num mundo crucificado, somos uma humanidade crucificada, porque nos afastamos da vida, que é Deus. Como o povo de Israel no caminho do deserto, que perdeu a paciência e murmurou contra o Senhor (cf. 1a. leitura), assim a humanidade foi e vai se fechando para o Deus da vida e foi e vai encontrando a morte. Quantas serpentes venenosas mordem nossa existência! Mas, Deus não se cansou de nós: “Amou tanto o mundo que entregou o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crer, não morra, mas tenha a vida eterna” (Jo 3,16). Era necessário! Era necessário mostrar a gravidade do nosso pecado, da nossa loucura de querer construir nossa existência sem Deus. Era necessário também mostrar até que ponto Deus nos leva a sério, até que ponto sofre conosco, até que ponto nos é solidário: ele não explica o sofrimento; silenciosamente, toma-o sobre os ombros, sofre conosco até o mais baixo da humilhação, da solidão e da dor: “Ele esvaziou-se de si mesmo, assumindo a condição de escravo e tornando-se igual aos homens. Encontrado com aspecto de homem, humilhou-se a si mesmo, fazendo-se obediente até a morte, e morte de cruz” (Fl 2,7). No seu Filho único e querido, o Pai se condói com nossa dor, “com-sofre” conosco, como Deus de “com-paixão”. Ninguém, contemplando a cruz, pode pensar que Deus é indiferente e frio ante o sofrimento do mundo. Ele não nos explica o sofrimento; toma-o sobre os ombros, silencioso e cheio de dolorido amor e piedade! Contemplar o mistério da cruz é levar a sério que existe dor e miséria no mundo; é deixar-se tocar por todo sofrimento humano... mas é também compreender que Deus assumiu tudo isso em Jesus crucificado e venceu tudo isso na ressurreição. Contemplar a cruz dá-nos a graça de nunca perder a esperança, mesmo diante dos maiores percalços. Quem contempla a cruz, não perde a confiança em Deus, não se desespera, não se despedaça: “Do mesmo modo que Moisés levantou a serpente no deserto, assim é necessário que o Filho do Homem seja levantado, para que todos aqueles que nele crerem (que o contemplarem), tenham a vida eterna” (Jo 3,16). A cruz, portanto, joga-nos na realidade da vida e do mundo - realidade crua.... mas, cheios de esperança, pois sabemos que Cristo fez dela, da cruz, um sinal de amor e ressurreição.
Por isso a cruz era necessária; por isso Paulo não queria gloriar-se a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo; por isso hoje louvamos o mistério da cruz; por isso nos dispomos a não só traçar o sinal da cruz sobre nós com devoção, mas a viver nossa cruz unidos a Cristo, invencíveis na esperança da ressurreição; por isso cantamos hoje com a Igreja:
Do Rei avança o estandarte,
fulge o mistério da cruz,
onde por nós foi suspenso
o Autor da vida, Jesus.

Ó cruz feliz, dos teus braços
do mundo o preço pendeu;
balança foste do corpo
que ao duro inferno venceu!

Árvore esplêndida e bela,
de rubra púrpura ornada,
de os santos membros tocar
digna, só tu foste achada.

Salve, ó cruz, doce esperança,
concede aos réus remissão;
dá-nos o fruto da graça,
que floresceu na Paixão”.

 









Correios suspendem entrega por Sedex



Carteiros, motoristas, atendentes, administrativos, operadores de transbordo e triagem da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) estão em greve geral por tempo indeterminado após recusarem a contraproposta dos correios. O presidente nacional da empresa, Wagner Pinheiro de Oliveira, disse que os serviços Sedex 10, Sedex Hoje e Disque-Coleta, que têm prazo para entrega, estão suspensos por tempo indeterminado.Segundo a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Correios, Telégrafos e Similares do Estado do Ceará (Sintect-CE), Lourdes Félix as entregas de correspondências ficarão a cargo dos funcionários terceirizados dos Correios.DívidasA Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou, ontem, que não haverá prorrogação de prazos de pagamentos de cobranças não recebidas em função da greve dos Correios. As datas de vencimento, esclarece a Febraban, são determinadas pelas concessionárias de serviços públicos e empresas emissoras dos boletos.Em comunicado, a entidade sugere que os clientes identifiquem os pagamentos recorrentes mensais, ou aqueles eventuais que poderão incidir no período da paralisação e, com essas informações, procurem as agências das concessionárias ou empresas emissoras dos boletos para solicitar a segunda via da cobrança.A Febraban observa ainda que o Débito Direto Autorizado (DDA), serviço bancário disponível desde 2009, elimina a necessidade do boleto impresso. Podem ser acessados eletronicamente pelos consumidores, sem o risco de extravio da correspondência e a alteração dos dados.NegociaçãoAntes de deflagrarem greve, os servidores aguardaram os 60 dias previstos no calendário nacional e após não ter as suas propostas contempladas iniciarem a greve. "Os Correios ofereceram o beneficio que nos pedimos. Mas, para termos isso temos que aceitar 6.87 de aumento sobre a inflação, R$ 800 de abono e R$ 50 em janeiro", ressaltou Lourdes Félix.Ela destacou que os trabalhadores estão reivindicando a redução da carga horária de atendente para seis horas, pagamento das perdas de 1994/2010, implantação do piso salarial de R$ 1.635. Querem também aumento real de R$ 400, reposição da inflação nos últimos 12 meses, melhores condições de trabalho, vale-alimentação de R$ 30 e cesta básica de R$ 300 e também a contratação imediata dos aprovados no concurso."É preciso que os concursados sejam chamados com urgência. Pois, hoje, 50% dos funcionários são terceirizados. Por essas e outras o atendimento não é bom", disse a presidente.De acordo com Lourdes além de Fortaleza, a greve também acontece nas cidades de Crato, Juazeiro do Norte, Iguatu, Barbalha e Itapipoca.Os problemas que os Correios vem enfrentando estão refletindo na entrega de correspondência. Reclamações sobre o serviço já recorrentes e anteriores a greve. No último dia 31 de agosto, por exemplo, o jornal publicou matéria em que mostrava o atraso de até sete dias na entrega das cartas.A situação mais grave ocorreu no município de Quixadá, a 167 Km da Capital, onde a correspondência demorou nove dias para chegar. O mesmo trajeto, feito a pé, levaria um dia e dez horas e, de carro, duas horas e 22 minutos.A assessoria de imprensa da ECT informou que foram oferecidas as condições necessárias para o fechamento do Acordo Coletivo de Trabalho 2011/2012. A empresa disse que trabalha para normalizar a situação o mais rápido possível, e está adotando medidas que garantem o atendimento à população brasileira: contratação de recursos, realocação de pessoal, realização de horas-extras.

FONTE: DIÁRIO DO NORDESTE 

Evangelho de Lucas 2,33-35


Quinta-feira, 15 de agosto de 2011

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 33o pai e a mãe de Jesus estavam admirados com o que diziam a respeito dele. 34Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe de Jesus: “Este menino vai ser causa tanto de queda como de reerguimento para muitos em Israel. Ele será um sinal de contradição.35Assim serão revelados os pensamentos de muitos corações. Quanto a ti, uma espada te traspassará a alma”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Ou (escolhe-se um dos evangelhos)

Evangelho (Jo 19,25-27)

Naquele tempo, 25perto da cruz de Jesus, estavam de pé a sua mãe, a irmã da sua mãe, Maria de Cléo­fas, e Maria Madalena. 26Jesus, ao ver sua mãe e, ao lado dela, o discípulo que ele amava, disse à mãe: “Mulher, este é o teu filho”. 27Depois disse ao discípulo: “Esta é a tua mãe”. Daquela hora em diante, o discípulo a acolheu consigo.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

ORAÇÃO DE EXORCISMO


E X O R C I S M O

Oração Contra satanás e Os Anjos Rebeldes

Pero Primero  -   Tens Que Confiar Em Nosso Senhor Jesus Cristo 

+ Originalmente Publicada Por Ordem de Sua Santidade o Papa Leão XIII +
O Papa, Leão XIII, anima aos sacerdotes para que rezem esta oração tão frequentemente quanto lhes seja possivel, como um exorcismo simples para limitar o poder do diabo e prevenir a sua acção maligna. Os fieis tambem podem invocar esta oração individualmente e colectivamente, com o mesmo objectivo.
Recomenda-se quando se suspeite de acçöes demoniacas causadas pela malicia entre os homens, tentaçöes violentas e até tormentas e outras calamidades.
ATENÇÃO! Pode-se usar como um exorcismo solene - uma cerimonia oficial e pública em Latin - para repelir a acção demoniaca. Neste caso deve ser invocada por um sacerdote, no nome da Igreja e só com autorização especifica do Bispo.
A versão em Inglés leva o Imprimatur de + Henri, O.M.I., Vicario Apostólico de James Bay - 15 de Agosto de 1967

Oração A São Miguel Arcánjo
+ Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amem !

Grande e glorioso Príncipe dos exércitos celestes, São Miguel Arcanjo, defendei-nos "Porque para nós a luta não é contra a carne e o sangue, mas sim contra as potestades, contra os poderes mundanos destas trevas, contra os espíritos da maldade celeste." [Efes. 6, 12]. Vem e assiste ao homen que foi criado na sua imagem e a quem Ele redimiu da tiranía do demonio a um grande preço.
A Santa Igreja venera-vos como seu guardião e protector. A ti o Senhor confiou as almas dos redimidos, para que as dirijas ao Céu. Ora, portanto, que o Deus da Paz, atire satanás para debaixo dos nossos pés, para que ele não possa manter o homem em pecado e fazer mal à Igreja. Oferece as nossas oraçöes ao mais Alto, que sem demora elas atraiam a sua misericordia sobre nós, que vença o dragão, "...a serpente antiga, que é o demónio, satanás, e acorrente-o por mil anos... Lançou-o, no Abismo, a fim de que não seduzisse mais as naçöes..." [Apoc. 20: 2-3].
[Nota: "+" indica uma benção que é dada se um sacerdote invoca o exorcismo. Se um leigo a invoca, então a "+" indica o lugar onde o símbolo da cruz é feito silenciosamente pelo fiel que esteja a oferecer essa secção específica.]
E X O R C I S M O
Em nome de Jesus Cristo, nosso Deus e Senhor, fortalecido pela intercecção da Imaculada Virgen María, Mãe de Deus, do Bendito Miguel Arcanjo, dos Benditos Apóstolos, Pedro e Paulo, e de todos os Santos, confiadamente nos dispomos à tarefa de repudiar os ataques e enganos do diabo.
Salmo 67
Deus levanta-se; Os seus inimigos são derrotados e os que o odeiam, fogem ante Ele.
Como o fumo é expulsado, eles são expulsados; como a cera se derrete ante o fogo, também os malvados perecem com a presença de Deus.
V. - Contemplai a cruz do Senhor, fujam todos os Seus inimigos.
R. - Ele conquistou. O Leão da tribo de Juda. O rebento de David.
V. - Permite que a vossa misericordia, Senhor, desça sobre nós.
R. - Em proporção à nossa Esperança e fé em Ti.
Expulsamos-vos de nós, quem quer que sejam, espíritos sujos, todos os poderes satânicos, todos os invasores infernais, todas as legiöes malvadas, assembleias e seitas; em nome e pelo poder de Nosso Senhor Jesus Cristo, + que sejam extirpados e sacados da Igreja de Deus e das almas feitas à imagem e semelhança de Deus e redimidas pelo precioso sangue do Divino Cordeiro. + Astuta serpente, não te atreverás mais a enganar a raça humana, perseguir a Igreja, atormentar aos eleitos por Deus e ceifá-los como se fossem trigo. + O Deus Mais Alto ordena-te. + Ele, com quem, na tua grande insolência, ainda reclamas ser igual.
Deus quer que todos os homens sejan salvos e cheguem ao conhecimento da verdade. [ 1Tim. 2: 4].
O Deus Pai ordena-te. + O Deus Filho ordena-te. + O Deus Espirito Santo ordena-te. + Cristo, a Palavra de Deus encarnada, ordena-te; + Ele, que para salvar a nossa raça perdida por consequencia da tua inveja, ...humilhou-se Ele mesmo, fazendo-se obediente até à morte... [Fil. 2: 8].
Ele que construiu a sua Igreja numa rocha firme e declarou que as portas do inferno não triunfaram contra ela, porque Ele estará com ela; e conosco estará todos os dias até á consumação dos tempos. [S. Mateo 28: 20].
O sagrado sinal da cruz ordena-te, + como tambem o faz o poder dos misterios da fé cristã, + a gloriosa Mãe de Deus, A Virgem Maria, ordena-te; + Ela, que pela sua humildade e desde o primeiro momento da sua imaculada Concepção, esmagou a tua orgulhosa cabeça. A fé dos santos Apóstolos Pedro e Paulo e os outros Apóstolos ordenam-te. + O sangue de Mártires e a piedosa interceção dos Santos ordenam-te.+
Portanto, maldito dragão, e vós, legiões diabólicas, ordenamos pelo Deus vivo, + pelo Deus verdadeiro, + pelo Deus Santo, + pelo Deus que ...assim amou Deus ao mundo; até dar o Seu Filho único, para que todos aqueles que acreditam nele, não se percam, mas sim tenham a vida eterna; [S. Juan 3: 16]; deixa de enganar as criaturas humanas e derramar sobre elas o veneno da condenação eterna; deixa de ferir a Igreja interferindo com a sua liberdade. Vai-te embora satanás, inventor e mestre de todas as mentiras, inimigo da salvação do homem.
Sai do caminho de Cristo em quem não podeste encontrar nenhum dos teus trabalhos; dá-lhe o seu lugar A Unica, Santa, Católica e Apostólica Igreja adquirida por Cristo ao preço do seu sangue. Rebaixa-te por baixo de toda a poderosa mão de Deus; treme e foge quando invocarmos o Santo Nome de Jesus, este Nome, que faz tremer o inferno, este Nome, ao qual as Virtudes, Poderes e Dominios do Céu estão humildemente submetidos, este Nome ao qual os Querubins e Serafins dizem constantemente repetindo: Santo, Santo, Santo É o Senhor, O Deus dos exércitos.
V. - Oh, Senhor, ouve a minha oração.
R. - Permite que o meu clamor chegue até vós.
V. - Que o Senhor esteja contigo.
R. - Ele está no meio de nós.
Oremos... Deus do Céu, Deus da terra, Deus dos Anjos, Deus dos Arcanjos, Deus dos Patriarcas, Deus dos Profetas, Deus dos Apóstolos, Deus dos Mártires, Deus dos confessores, Deus das Virgens, Deus que tem o poder de dar a vida depois da morte e descanso depois do trabalho, poque não há outro Deus além de Ti e não pode haver outro, porque Tu És o Criador de todas as coisas, visiveis e invisiveis, cujo reino não terá fim, postramo-nos humildemente perante a Tua Gloriosa Majestade e te rogamos que nos libertes com o teu poder, de toda a tirania dos espíritos infernais, das suas ciladas, das suas mentiras e da suas furiosas maldades; propícia, oh, Senhor, que desça sobre nós a Tua poderosa protecção e nos mantenhas seguros e saudáveis. Rogamos-te através de Jesus Cristo Nosso Senhor. AMEN !
Das ciladas do demónio, liberta-nos, oh , Senhor.
Que a Tua Igreja possa servir em paz e liberdade, rogamos que nos oiças, Senhor.
Que afastes a todos os inimigos da Tua Igreja, rogamos que nos oiças, Senhor.
[Água benta deve ser salpicada no lugar onde se pronuncia a oração.]

INFORMAÇÕES DO TCE - MUNICÍPIO DE PENTECOSTE

PARA OS QUE GOSTAM DE FICAR INFORMADOS E SABER DE DADOS VERDADEIROS, DISPONHAM LEIA TUDO E SE INFORME. ESSES SÃO DADOS OFICIAIS. NÃO ES...