sábado, 23 de julho de 2011

A vida e o tempo

poesia 

Um segundo, mais um e mais outro e o tempo... O tempo? Se foi.
Sem perceber ele escapou, foi-se embora. Não retornou nunca mais.
Tenho tanto desejo de viver aquele tempo que passou, mas não é possível, não será possível.
Uma história, um momento. Foi tudo tão real.
Mas o que ficou foi apenas a lembrança, a distância que se vê ao longe...
Retorno no tempo tentando encontrar algum fragmento; envolvo-me em meus sentimentos, meus desalentos... Saudades? Talvez!
Resquícios que deixaram marcas; fizeram marcas.
Tempo que constrói a história, que torna sonhos reais, que abre caminhos.
Tempos que deixaram sinais, cultiva segredos, sustenta as colunas da existência.
Um momento e mais outro e vou vivendo o tempo, os desafios, caminhando sempre e nunca parando
O tempo também apaga marcas, cura as feridas e quebra as correntes que o prenderam por tanto tempo.
Um dia outro dia e olha eu aqui com as marcas do tempo.
As minhas histórias e minhas vitórias, mas também as derrotas e o medo, as decepções.
Um momento é o que temos, é o que somos.
Enquanto vivemos no tempo, vivemos por sentimentos, tormentos, movimentos...
Somos uma metamorfose, que se constrói, à medida que nos permitimos a nós mesmos a experiência do novo, do desafio...
Sou um entre os bilhões, sou único; não sou cópia, mas a imagem daquele que me formou a sua semelhança.
Sou humano, sou divino, sou grande, sou pequeno, sou temporal e sou eterno.
Existi ontem, existo agora e daqui a pouco? Não sei. Como sou limitado não consigo saber. Porém, consigo entender essa realidade.
O que temos é o agora. O ontem já não existe e o amanha ainda não chegou.
Uso das boas lembranças para crescer e os desafios, perdas e derrotas, como aprendizagem.
Em cada tempo, em cada dia e a cada hora, tente observar as circunstancias para planejar o minuto seguinte.
Sou o que sou nada mais do que isso. E, mesmo seria ilusão querer ser outro, outra coisa.
Não sei se sou normal, sábio ou louco, mas sei que sou alguém extra-ordinário por ser único. Sou fascinado por ser único no mundo.
A idéia de Deus é fantástica. Nos animais de mesma espécie não percebemos nenhuma diferença entre si, mas entre os seres humanos a forma não se repete. Deus ao criar o indivíduo lança-a fora. Como Deus é único assim também o somos.     

Professor Valdeni Cruz   


PROGRAMA A VOZ DO SINDSEP

LOGO MAIS AS 12 HORAS TEREMOS O PROGRAMA A VOZ DO SINDSEP. NÃO PERCA!

EM PAUTA

ASSUNTOS DA SEMANA

1-SUPERAÇÃO ENEM.
2-ASSASSINATOS.
3-DEMISSÕES NO MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES.
4-OS MAIORES DESVIOS PÚBLICOS ESTÃO NAS ÁREAS DA SAÚDE.
5-AUMENTO DAS VAGAS PARA VEREADORES ME PENTECOSTE. PASSARÁ DOS ATUAIS 9 PARA 13.
6-PRISÃO DE VELHOS PEDÓFILOS.
7-MUDANÇAS NA SECRETARIA DE ESPORTES DE PENTECOSTE
8-E AS DENUNCIAS CONTRA PREFEITOS AUTORIDADES POLITICAS CONTINUAM EM TODOS PAÍS.


EVENTOS

DIA 29 DE JULHO,SEXTA-FEIRA PRÓXIMA, ESTAREI CELEBRANDO O TRIGÉSIMO DIA DO FALECIMENTO DO SENHOR RAIMUNDO MARINHO. SERA EM FRENTE A SUA PRÓPRIA CASA.
DIA 30 DE JULHO, SÁBADO PRÓXIMO, ESTAREI CONDUZINDO UM GRUPO DE ORAÇÃO LA NA COMUNIDADE RECANTO DO MASSAPÊ, COM PREGAÇÕES, ORAÇÕES, LOUVOR E MUITO MAIS. TERÁ INÍCIO A PARTIR DAS 18 HORAS E NÃO TERÁ HORA PRA TERMINAR. TODOS OS QUE MORAM NA REDONDEZA PODEM PARTICIPAR. CONTO A PRESENÇA DE TODOS. SERÁ UMA VERDADEIRA CHUVA DE GRAÇAS DE SERÃO DERRAMADAS SOBRE TODOS.

PROFESSOR VALDENI CRUZ

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Petrobras anuncia investimentos de US$ 224 bilhões até 2015

Nielmar de Oliveira
Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro - Em reunião realizada hoje (22), em Brasília, o Conselho de Administração da Petrobras aprovou, depois de três tentativas da companhia, o Plano de Negócios da estatal para o período 2011-2015 e que totalizará investimentos de US$ 224,7 bilhões (o equivalente a R$ 389 bilhões), volume US$ 700 milhões superior aos investimentos previstos no Plano de Negócios 2010-2014.
O Plano de Negócios 2011-2015 prevê a aplicação de 95% dos investimentos (US$ 213,5 bilhões) em atividades desenvolvidas no Brasil e 5% (US$ 11,2 bilhões) no exterior, contemplando um total de 688 projetos.
Em relação ao total dos investimentos, 57% se referem a projetos já autorizados para execução e implementação. A estatal priorizou mais uma vez os investimentos em Exploração e Produção (E&P), cuja participação no total dos investimentos passou de 53% do plano anterior para 57% no atual, o equivalente a US$ 127,5 bilhões ante os US$ 118,8 bilhões do período anterior.
Segundo o novo Plano, 87% dos investimentos em E&P estarão concentrados nos novos projetos incluídos no portfólio, com destaque para o desenvolvimento das áreas do pré-sal e da Cessão Onerosa.
A área de Refino, Transporte e Comercialização terá 31% do total dos investimentos, ante os 33% do plano anterior, com os investimentos, neste caso, caindo dos US$ 73,6 bilhões do plano 2010/2014 para US$ 70,6 bilhões nos próximos cinco anos.
O segmento de Gás e Energia também terá redução de investimentos passando de 8% para 6% do volume total: de US$ 17,8 bilhões para US$ 13,2 bilhões; o mesmo ocorrerá com a de Petroquímica cujos investimentos caíram de US$ 5,1 bilhões para US$ 3,8%.
Já a área de Distribuição ficará com investimentos de US$ 3,1 bilhões, contra os US$ 2,4 bilhões do plano anterior. Também cresceram os investimentos no segmento de Biocombustível, passando de US$ 3,5 bilhões para US$ 4,1 bilhões.
A Petrobras esclareceu que, em relação à carteira de projetos que representava os US$ 124 bilhões do plano anterior foram retirados projetos equivalentes a US$ 10,8 bilhões em investimentos.
 

 Edição: Rivadavia Severo

Em Recanto do Massapê dia 3O DE JULHO, SÁBADO GRANDE GRUPO DE ORAÇÃO

Convite! 


No dia 30 de julho estarei na Comunidade Recanto de Massapê, município de Apuiarés, em um grande Grupo de Oração com todo aquele povo Católico. Você que mora próximo, ou que tenha acesso a esse blog, não deixe de participar e ainda convidar a quem você quiser. 
Nós estaremos começando o grupo de oração a partir das 18:00 horas e e não terá hora para terminar. Serão momentos de muita oração, louvor e pregação da palavra de Deus. Você não pode perder.
Estão convidados todos as pessoas das comunidade de Canafístula, Vila São Miguel, Tamanduá e tantos outros lugares que eu não lembrei agora.


Divulgue!


Vai ser uma verdadeira Benção de Deus.



Mais oferta e concorrência permitirão ao brasileiro internet banda larga a R$ 35


O aumento da oferta e da concorrência no mercado de internet banda larga vai assegurar a competição e permitir a oferta do serviço a preço mais barato. Deste modo, é possível que o cidadão disponha de internet ao custo de R$ 35 por mês. A avaliação foi feita pelo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, nesta quinta-feira (21/7), em entrevista ao programa Bom Dia, Ministro, ao ao falar do preço estipulado para o acesso à internet banda larga.
“A gente prevê que com o aumento da oferta, da concorrência, com a infraestrutura que estamos planejando construir (…), com o que as empresas privadas também vão fazer, vai haver muito mais oferta, e a tendência é baratear”.
Paulo Bernardo explicou que a ideia do governo era de que o plano para a oferta de internet a R$ 35 fosse implantado imediatamente, mas as empresas de telefonia precisavam fazer algumas adequações. Por isso, foi dado um prazo de 90 dias para o início da oferta (a partir do dia da assinatura do acordo, que foi em 30 de junho 2011). Mas, esclareceu ele, isso não quer dizer que as empresas tenham que esperar 90 dias para começar a oferecer o serviço a R$ 35. Na sua avaliação, a tendência é que o processo avance muito rapidamente, depois que as empresas fizerem as adaptações iniciais.
De acordo com o ministro, o governo federal acertou metas com as empresas para a oferta de internet até 2014, sendo que inicialmente o serviço será oferecido com um megabit de velocidade, para ir aumentando gradativamente. “A nossa meta para 2014 é chegar a 5 megabit”, previu ele. Paulo Bernardo também informou, durante a entrevista, que no ano que vem haverá licitação para o celular de quarta geração, que é uma tecnologia que permite operar até 100 megabit de velocidade, o que vai contribuir para ampliar mais ainda a oferta de internet. “A nossa previsão é que em 2014 nós vamos ter um quadro completamente diferente em termos de internet”, disse.
O ministro também informou que o custo estipulado – R$ 35 – não foi inventado. Segundo ele, o governo federal fez uma pesquisa que mostrou que as pessoas declararam não ter acesso à internet porque era cara, e uma boa parte disse que o motivo era porque não havia oferta do serviço. Pela pesquisa, “o valor de R$ 35 tinha uma aceitação de cerca de 70%”, contou Paulo Bernardo. Para o ministro, se for considerado o preço internacional e o custo médio atual de R$ 70 reais, o custo de R$ 35 é bastante razoável.
“Nos EUA um megabit custa US$ 42, isso dá perto de R$ 70. Aqui na América do Sul ficamos, provavelmente, em segundo ou terceiro lugar com os R$ 35”.
Ouça abaixo a íntegra da entrevista do ministro Paulo Bernardo.

O ministro contou, durante a entrevista, que o governo está atuando também em outras frentes para apoiar o processo de expansão da internet banda larga no país. Segundo suas informações, a Telebras foi reativada e está vendendo internet no atacado para provedores. Um exemplo é a região de Brasília, onde pequenos provedores passarão a ofertar a internet a R$ 35, apoiados pela Telebras, que vai vender no atacado mais barato para eles.

Durante a entrevista, alguns jornalistas levantaram a questão da necessidade de haver regras mais claras para a sanção das empresas que não cumprem seus contratos de internet. Paulo Bernardo concordou que “hoje não tem especificação de qual é a qualidade mínima de internet”, mas disse que está em tramitação, na Anatel, dois regulamentos que vão definir os parâmetros mínimos que vão ser exigidos do prestador de serviços de internet para a telefonia fixa e móvel. De acordo com as suas informações, a previsão é que os dois instrumentos sejam aprovados até 31 de outubro deste ano e, se as empresas não cumprirem o acordado com o usuário haverá multas, podendo chegar à suspensão do fornecimento, disse ele.
Com relação a ideia da internet gratuita, Paulo Bernardo disse que muitas cidades brasileiras têm projetos desse tipo, e que o governo federal é favorável a eles e os têm apoiado. No entanto, ressaltou, o governo não tem plano de internet de graça disponível a toda a população, “até porque nem água funciona assim”.
Paralelamente à oferta de internet no varejo, Paulo Bernardo considera extremamente importante construir redes que possam dar conta disso. Segundo ele, o governo federal tem um plano para a construção de redes, até 2014, que vai demandar aproximadamente R$ 7 bilhões, que somados a outros investimentos poderá chegar a R$ 10 bilhões. “Isso é absolutamente importante para que a internet tenha condição de ser atendida. Hoje tem 27% dos municípios com internet. Se você pular para 70%, como nós queremos fazer até o final de 2014, significa que vai precisar de rede e de investimentos”.
Para o ministro, o programa nacional de banda larga é um serviço essencial para a economia moderna, e tem que estar largamente à disposição da população, das empresas, e das instituições como escolas e centros de saúde. E citou estudos internacionais, que mostram que a cada 10% da população a mais que acessa a internet, há um correspondente crescimento da economia de 1,4%, o PIB aumenta em torno de 1,4%.
A melhoria das condições técnicas para o funcionamento das rádios AM também foi abordada pelos jornalistas durante o Bom Dia Ministro. Sobre o assunto, Paulo Bernardo contou que o problema já está na pauta de discussões do Ministério e da Anatel, e que toda a área técnica do Ministério concorda que existe um problema que precisa ser resolvido. Paralelamente, explicou o ministro, já foi iniciado um trabalho – junto com a Anatel, Câmara dos Deputados e Senado -, para discutir o modelo de rádio digital que será adotado no Brasil, e qualquer decisão que venha a ser tomada sobre as rádios AM será compatibilizada com o modelo de rádio digital que será adotado.
O ministro esclareceu que a rádio digital, além de melhorar o sinal de transmissão e proporcionar mais qualidade ao usuário, também deverá ser um modelo que sirva para o atual sistema de rádio que o Brasil tem hoje. Além disso, também deverá garantir que a indústria brasileira tenha condições de produzir os equipamentos que serão usados, tais como receptores e transmissores Para o usuário, o que vai ficar vai ser um sinal de melhor qualidade.
BLOG DO PLANALTO

quinta-feira, 21 de julho de 2011

O Globo não publica respostas do MST

Do sítio do MST:

O jornal O Globo publicou uma reportagem no domingo para questionar por que os brasileiros não saem às ruas para protestar contra a corrupção.

Para fazer a matéria, os repórteres Jaqueline Falcão e Marcus Vinicius Gomes entrevistaram os organizadores das manifestações de defesa dos direitos dos homossexuais e da legalização da maconha. E a Coordenação Nacional do MST.A repórter Jaqueline Falcão enviou as perguntas por correio eletrônico, que foram respondidas pela integrante da coordenação do MST, Marina dos Santos, e enviadas na quinta-feira em torno das 18h, dentro do prazo.A repórter até então interessada não entrou mais em contato. A reportagem saiu só no domingo. E as respostas não foram aproveitadas.Por que será?Abaixo, leia as respostas da integrante da Coordenação Nacional do MST, Marina dos Santos, que não saíram em O Globo.Por que o Brasil não sai às ruas contra a corrupção?Arrisco uma tentativa de responder essa pergunta ampliando e diversificando o questionamento: por que o Brasil não sai às ruas para as questões políticas que definem os rumos do nosso país? O povo não saiu às ruas para protestar contra as privatizações – privataria – e a corrupção existente no governo FHC. Os casos foram numerosos - tanto é que substituiu-se o Procurador Geral da Republica pela figura do “Engavetador Geral da República”. Não saiu às ruas quando o governo Lula liberou o plantio de sementes transgênicas, criou facilidades para o comércio de agrotóxicos e deu continuidade a uma política econômica que assegura lucros milionários ao sistema financeiro. Os que querem que o povo vá as ruas para protestar contra o atual governo federal – ignorando a corrupção que viceja nos ninhos do tucanato - também querem ver o povo nas ruas, praças e campo fazendo política? Estão dispostos a chamar o povo para ir às ruas para exigir Reforma Agrária e Urbana, democratização dos meios de comunicação e a estatização do sistema financeiro?O povo não é bobo. Não irá às ruas para atender ao chamado de alguns setores das elites porque sabe que a corrupção está entranhada na burguesia brasileira. Basta pedir a apuração e punição dos corruptores do setor privado junto ao estatal para que as vozes que se dizem combater a corrupção diminua, sensivelmente, em quantidade e intensidade. Por que não vemos indignação contra a corrupção?Há indignação sim. Mas essa indignação está, praticamente restrita à esfera individual, pessoal, de cada brasileiro. O poderio dos aparatos ideológicos do sistema e as políticas governamentais de cooptação, perseguição e repressão aos movimentos sociais, intensificadas nos governos neoliberais, fragilizaram os setores organizados da sociedade que tinham a capacidade de aglutinar a canalizar para as mobilizações populares as insatisfações que residem na esfera individual. Esse cenário mudará. E povo voltará a fazer política nas ruas e, inclusive, para combater todas as práticas de corrupção, seja de que governo for. Quando isso ocorrer, alguns que querem ver o povo nas ruas agora assustados usarão seus azedos blogs para exigir que o povo seja tirado das ruas. As multidões vão às ruas pela marcha da maconha, MST, Parada Gay...e por que não contra a corrupção? Porque é preciso ter credibilidade junto ao povo para se fazer um chamamento popular. Ter o monopólio da mídia não é suficiente para determinar a vontade e ação do povo. Se fosse assim, os tucanos não perderiam uma eleição, o presidente Hugo Chávez não conseguiria mobilizar a multidão dos pobres em seu país e o governo Lula não terminaria seus dois mandatos com índices superiores a 80% de aprovação popular. Os conluios de grupos partidários-políticos com a mídia, marcantes na legislação passada de estados importantes - como o de Minas Gerais, São Paulo e Rio Grande do Sul - mostraram-se eficazes para sufocar as denúncias de corrupção naqueles governos. Mas foram ineficazes na tentativa de que o povo não tomasse conhecimento da existência da corrupção. Logo, a credibilidade de ambos, mídia e políticos, ficou abalada.A sensação é de impunidade?Sim, há uma sensação de impunidade. Alguns bancos já foram condenados devolver milhões de reais porque cobraram ilegalmente taxas dos seus usuários. Isso não é uma espécie de roubo? Além da devolução do dinheiro, os responsáveis não deveriam responder criminalmente? Já pensou se a moda pegar: o assaltante é preso já na saída do banco, e tudo resolve coma devolução do dinheiro roubado...O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, em recente entrevista à Revista Piauí, disse abertamente: “em 2014, posso fazer a maldade que for. A maldade mais elástica, mais impensável, mais maquiavélica. Não dar credencial, proibir acesso, mudar horário de jogo. E sabe o que vai acontecer? Nada. Sabe por quê? Por que eu saio em 2015. E aí, acabou.(...) Só vou ficar preocupado, meu amor, quando sair no Jornal Nacional.” Nada sintetiza melhor o sentimento de impunidade que sentem as elites brasileiras. Não temem e sentem um profundo desrespeito pelas instituições públicas. Teme apenas o poder de outro grupo privado com o qual mantêm estreitos vínculos, necessários para manter o controle sobre o futebol brasileiro.São fatos como estes, dos bancos e do presidente da CBF – por coincidência, um dos bancos condenados a devolver o dinheiro dos usuários também financia a CBF - que acabam naturalizando a impunidade junto a população.

Fonte Blog do Miro

* Reportagem em site “nacional” cita Halleluya e repercute no Brasil.

Religião, rock e axé devem reunir 1,5 milhão de pessoas em Fortaleza

A concorrência entre diferentes “tribos” fazem as duas últimas semanas das férias do mês de julho de Fortaleza as mais animadas do ano na cidade – e também as mais diversificadas. A partir desta quarta-feira (20), rock pesado, trios elétricos e um evento musical católico vão reunir, em conjunto, 1,5 milhão de pessoas em pontos diferentes da cidade.
Nesta quarta-feira (20) começa a 14ª edição do Halleluya, um festival de música católica que promete reunir 900 mil pessoas. Neste ano, a programação traz 40 atrações e segue até domingo (24). Os artistas se apresentarão em 60 mil metros quadrados de arena de shows e espaços temáticos do Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU).
Na quinta-feira (21), o já tradicional Fortal completará 20 anos. Durante quatro dias, cerca de 40 atrações locais e nacionais vão passar pela Cidade Fortal, estrutura montada para a maior micareta indoor do País, em uma área isolada da Praia do Futuro. São 350 mil m² de área que, no ano passado, recebeu mais de 600 mil pessoas, ao todo. O evento é popular entre os fortalezenses, mas também atrai turistas de todo Brasil.
No mesmo dia, o Forcaos, um dos maiores festivais de rock do Nordeste, inicia sua 13ª edição. Este ano, o evento acontece durante três dias, simultaneamente, no Centro Cultural Banco do Nordeste (CCBNB) e no Centro no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. São 25 bandas para animar um público estimado de dez mil pessoas.
Concorrência
Antes da década de 1990, a cidade não possuía nenhum festival fixo do tipo. Em 1991, surgiu o Fortal. A micareta passou a ser a única opção do fortalezense e reinou soberana até 1997.
Preocupada com o destino dos fiéis nesse período, uma comunidade católica resolveu criar sua própria “folia”. Daí surgiu o Halleluya. “A gente não quer concorrer com ninguém. O que a gente oferece é uma opção de um evento que é para a família e tem espaço para crianças. Você pode experimentar uma alegria, uma felicidade, sem o consumo do álcool”, afirma Vanderlucio Souza, da organização do evento.
Com o pessoal do Forcaos aconteceu algo parecido. “O Fortal começou em Fortaleza e parava a cidade. Ou você se enquadrava no evento ou viajava. O nosso festival de rock surgiu como uma alternativa a isso”, explica o músico Amaudson Ximenes, um dos organizadores do Forcaos, desde 1999.
Segurança
Segundo a Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), mais de 1,6 mil policiais civis e militares vão trabalhar para garantir a segurança do Fortal 2011 e do Halleluya. Só para o Fortal, a Polícia Militar atuará com efetivo de 1.437 policiais. Serão 12 viaturas e 42 motopatrulhas. O entorno da festa será patrulhado por nove policiais a cavalo e por 12 com cães. Marcado pela tranquilidade, o Halleluya receberá atenção menor. Já estão trabalhando no local 22 homens do Corpo de Bombeiros e 44 PMs.
Trânsito
Durante os quatro dias do Fortal, a Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) vai realizar operação de apoio para organizar a chegada e saída dos foliões. Um esquema especial de bloqueios e de fiscalização foi montado no entorno da Cidade Fortal. A AMC disponibilizará 10 viaturas, 10 motos e 120 agentes de trânsito para cada dia de operação.
Já para o Halleluya, a AMC disponibilizará um efetivo de 60 agentes, 6 motos e 4 viaturas por dia de evento. O objetivo principal da operação é controlar os acessos aos portões de entrada, disciplinar o estacionamento no entorno do CEU e auxiliar a travessia dos pedestres na avenida Alberto Craveiro

MUNDO DA FÉ - LEIA

* Igreja protestante americana tem orações e música 24 horas por dia desde maio de 1999.

A música de adoração é tocada por bandas ao vivo, sem pausa, dia e noite, desde maio de 1999. Vozes chamando por Jesus ou rogando a Deus para ajudar vítimas do furacão ou fazer passar no Congresso a proibição do aborto são ouvidas em um auditório que é o coração físico e espiritual da Casa Internacional de Oração, um ministério cristão que está rapidamente se tornando um movimento.
Fundada há 12 anos por Mike Bickle, um pastor evangélico autodidata, com um grupo de 20 fiéis, a Casa Internacional de Oração, localizada em um shopping center antigo do Kansas, hoje atrai dezenas de milhares de fiéis para suas reuniões.
Um quadro totalmente dedicado de 1 mil funcionários, chamados de missionários, desistiram de suas carreiras para se mudar para o local, vivendo de doações e passando várias horas por dia na sala de oração para deleitar-se com o que eles descrevem como uma comunicação direta com Deus.
Outros mil estudantes frequentam a escola bíblica adjacente, preparando-se para espalhar essa marca fervorosa do cristianismo.
A sala de oração sempre cheia e a comunidade devota crescendo em torno dela estão no epicentro de uma rede nacional pouco conhecida, mas em expansão: dezenas de grupos que estão praticando a oração perpétua de uma forma raramente vista na América moderna, disse Marcus Yoars, editor da revista evangélica Carisma.
Bickle recebeu elogios de muitos evangélicos, mas também tem sido criticado por alguns pastores pelo que eles descrevem como uma teologia não-ortodoxa e atmosfera de culto – acusações de que Bickle rejeita.
Mas muitos jovens seguidores disseram ter sido atraídos pela sensação de comunhão com Deus e de ter dado pouca atenção a questões como essas.
Os funcionários e alunos aqui são obrigados a passar pelo menos 25 horas por semana na sala de oração, e eles também fazem jejum semanal por um dia ou mais. A adoração contínua, segundo Bickle, afeta eventos do mundo real, enfraquecendo os demônios e fortalecendo os anjos que giram entre nós. Mais importante, diz ele, os encantamentos, multiplicados em todo o mundo, podem ajudar a acelerar a chegada do tão esperado dia do juízo final.
A Casa Internacional de Oração é “um exemplo importante” da proliferação das igrejas carismáticas, disse Catherine C. Bowler, historiadora religiosa da Escola de Teologia da Universidade de Duke.
De megaigrejas com dezenas de milhares de membros aos ministérios mais intensos e incomuns, como os de Bickle, essas igrejas, que praticam a cura pela fé e da canalização do espírito, constituem um dos segmentos de mais rápido crescimento no cristianismo americano, atraindo milhões de seguidores.
*Por Erik Eckholm

terça-feira, 19 de julho de 2011

Há sempre um tempo pra tudo nessa vida

Muitas vezes passamos um longo tempo de nossas vidas correndo desesperadamente atrás de algo que desejamos, um amor, um emprego, uma amizade.. casa etc

Muitas vezes a vida usa símbolos nos mostrando as coisas que precisamos aprender antes de viver determinadas situações com o amadurecimento necessário.

Se sua vida está passando por isso, pense, não persiga borboletas.. incremente seu jardim para que elas venham até você, a vida tem um fluxo, um fluxo perfeito e tudo acontece no seu devido tempo. 

Somos nós, seres humanos que ficamos muito ansiosos com nossos desejos e não sabemos esperar o momento certo, tentamos empurrar o rio sem paciência para esperar que este corra naturalmente.. 

Passamos então, muito tempo reclamando das borboletas que não vem e das borboletas que fogem.. nosso jardim seca e ficamos infelizes.. reclamando todo esforço que tivemos para empurrar o rio e não foi recompensado..

Se nos dedicarmos a cuidar do nosso jardim para ele ser um lugar agradável, perfumado e bonito.. não tem jeito.. as borboletas vão vir nos visitar catt ;D

De para a vida o que você tem de melhor, que a vida te retribuirá com o que ela tem de melhor pra você!


fonte: http://razorfoot.wordpress.com/2009/11/04/...por-borboletas/

UMA CONVERSA INFORMAL

Raimundo Moura, Professor Andrade,
Professor Valdeni Cruz
Após o término da palestra na Escola Profissionalizante, encontrei o Professor Andrade ( UFC ) e idealizador o PRECE e o Blogueiro e Radialista, Raimundo Moura, Conversando ao ar livre nas dependências da Escola Técnica. Juntei-me a eles e começamos a conversar um pouco. De maneira bem informal fomos delineando a conversa sobre os últimos acontecimentos de nossa cidade. Começamos falando a respeito das mudanças que Pentecoste vem passando nos últimos anos. Comentávamos sobre a importância da mudança de mentalidade que muitos estão adquirindo através da informação que ocorre de forma mais abrangente. Sejam elas pelo rádio, as novas mídias sociais: Facebook, twitter,  pelos blogs etc. Lembramos ainda do papel do PRECE que tem contribuído e muito para essa mudança, através de sua luta histórica para que hoje esteja acontecendo todo esse movimento entre os estudantes. Falamos da importância do SINDSEP em pentecoste, da sua luta para melhorar a vida dos servidores de pentecoste, bem como dos programas de Rádio, A VOZ DO SINDSEP, EDUCAÇÃO EM DEBATE, O PROGRAMA DE NOTÍCIAS DO RAIMUNDO MOURA. Dizíamos que Pentecoste não é mais o mesmo de 5 anos atrás. Hoje as pessoas querem ser informadas. Não estão mais aceitando tudo que dizem por ai como certo. Estão tendo outra visão da realidade e por isso estão cobrando mais do poder público.
Um ponto importante, que foi lembrado durante a conversa é a preocupação em querermos mais. É preciso ir além. Criar grupos organizados para quebrar com o ciclo vicioso da política principalmente, que ainda é a vergonha de muitos lugares e Pentecoste não fica de fora. O ano de 2012 vem ai. Essa é a hora de fazermos valer o papel democrático. Lutar para que elejamos eleitos políticos realmente preocupados com crescimento de nosso município. Colocar pessoas que tenham visão de futuro, de bem comum. Se tivermos pessoas comprometidas com os valores sociais, democráticos, educacionais, com certeza estaremos dando um salto gigantesco rumo ao progresso de nosso município.
Eu acredito nisso e tenho certeza de que você também pode acreditar. E, se junto pensarmos em fazer o melhor e tomarmos atitudes acertadas, ninguém segura esse povo de Pentecoste.

Professor Valdeni Cruz      

Palestra do serAção ENEM 2011

Professor Bruno Castro
Foto: Professor Valdeni
Mais uma palestra do superAção ENEM 2011 foi realizada na Escola Profissionalizante de Pentecoste. O palestrante foi o professor Bruno Castro ( Colégio Christus ). O tema abordado foi Ciências Humanas e suas Tecnologias. O professor durante a sua palestra falou de como funciona a metodologia da prova do ENEM e trabalhou com os presentes algumas questões do ENEM passado para refletir com eles sobre os temas que podem cair na prova. Estimulou aos que farão a prova a estudarem sobre os mais variados temas. Entre esses temas deve-se lembrar de temas como terremoto do Japão, economia mundial, crise política, corrupção, meio ambiente, entre outros podem cair na prova e por isso mesmo é bom estar atento a realidade dos acontecimentos gerais.
O ginásio da Escola tinha um grande numero de pessoas. Muitas pessoas vinda de outros município para assistirem a palestra. Também estavam presente pais de alunos e professores.
Andrade fez a acolhida inicial, dando as boas vindas aos presentes e logo em seguida o Professor Nonato Furtado apresentou o Professor Bruno a todos.
É um momento rico e de grande importância para os estudantes que querem fazer o ENEM e pensam em ingressar na universidade, mas muitas vezes parece que é um sonho muito distante. Quando vêem pessoas simples como eles dizendo que é possível chegar lá com um pouco de interesse e uma dose de boa vontade, ai eles sentem que esse sonho também pode ser deles.
Parabéns ao PRECE que vem fazendo esse trabalho coletivo, motivacional o que tem produzido muitos frutos. 

Professor Valdeni 

O VERDADEIRO VALOR DO PISO DO MAGISTÉRIO PARA 2011 - CONFORME A LEI DO PISO - LEI FEDERAL Nº 11738/2008 - NEM O PIRATA DO MEC - NEM O DEFENDIDO PELA CNTE

O movimento sindical não pode concordar com o piso pirata do MEC de R$ 1.187,00, publicado no site do MEC, http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=16373:piso-do-magisterio-sera-reajustado-em-1585-e-subira-para-r-1187&catid=372&Itemid=86 , porque a fórmula é ilegal, imoral, violadora do previsto no artigo 5º e parágrafo único da  Lei do Piso, Lei Federal nº 11738/2008 http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11738.htm:

Art. 5o  O piso salarial profissional nacional do magistério público da educação básica será atualizadoanualmente,no mês de janeiro, a partir do ano de 2009.

Parágrafo único.  A atualização de que trata o caput deste artigo será calculada utilizando-se o mesmo percentual de crescimento do valor anual mínimo por aluno referente aos anos iniciais do ensino fundamental urbano, definido nacionalmente, nos termos da Lei no 11.494, de 20 de junho de 2007.


 Também os profissionais do magistério não podem concordar com pisos, ainda que o valor seja o mais alto possível, que politicamente pode ser reivindicado, sem qualquer problema, MAS NO ÂMBITO JUDICIAL, SÓ PODE UTILIZAR A FÓRMULA PREVISTA NA MESMA LEI DO PISO, QUE SERVE DE PARÂMETRO PARA CONTESTAR O PISO ILEGAL E IMORAL DO MEC. 

Sendo a fórmula legal, possível, em conformidade com artigo 5º e parágrafo da Lei do Piso, de ser reivindicada perante o Poder Judiciário, a seguinte:

O valor aluno válido para o ano de 2009, estabelecido pela Portaria Interministerial nº 1027, de agosto de 2008,  foi definitivamente fixado em R$ 1.132,34. Por sua feita, a portaria nº 477, de abril de 2011, anexa, fixou o valor aluno, para o ano de 2011, em R$ 1.729,33. 

DEVE-SE ENTÃO ATUALIZAR O PISO PARA O ANO DE 2011 PELO CRESCIMENTO DO VALOR ALUNO UTILIZANDO AS DUAS PORTARIAS PARA SE CHEGAR AO CÁLCULO QUAL FOI O CRESCIMENTO EM PERCENTUAL DESDE ENTÃO. Importante destacar que todas as portarias são assinadas pelo Ministro da educação.

Logo R$ 1.729,33 – R$ 1.132,34, totaliza a variação do valor aluno desde 2008, quando se fixou o valor aluno para 2009, até 2011, sendo o aumento igual a R$ 596,99, que corresponde a um crescimento de 52,72%. Logo, multiplicando-se o piso inicial de R$ 950,00 x 1,5272%, reajustando-se o piso a partir de 2009,  tem-se que o piso para o ano de 2011, para jornada de 40 horas, nível médio, deve ser R$ 1.450,85. É REALMENTE O PISO LEGAL, QUE PODE SER DEFENDIDO EM QUALQUER TRIBUNAL DO BRASIL.


http://valdecyalves.blogspot.com/2011/07/o-verdadeiro-valor-do-piso-do.html


Desemprego em junho é o menor para o mês desde 2002

Taxa de desemprego em junho é a menor para o mês desde 2002, aponta pesquisa IBGE

Desemprego em junho é o menor para o mês desde 2002A taxa de desemprego nas seis principais regiões metropolitanas do país ficou em 6,2% em junho, segundo dados divulgados nesta terça-feira (19) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). É a menor taxa para o mês desde 2002, quando teve início a série histórica.

Em junho de 2010, o desemprego era de 7%. Em maio deste ano, o índice ficou em 6,4%.

O rendimento médio dos que estão trabalhando, R$ 1.578,50, é o valor mais alto para o mês de junho desde 2002, e teve uma alta de 4% em relação ao mesmo período do ano passado.

A população desocupada (1,5 milhão de pessoas) ficou estável em relação ao mês anterior. Porém, em relação a junho do ano passado, apresentou queda de 10,4% (menos 172 mil pessoas a procura de trabalho).

A população ocupada (22,4 milhões) teve alta de 2,3% em relação a junho do ano passado, representando um adicional de 512 mil pessoas ocupadas.

Pesquisas diferentes Diferentes levantamentos medem o desemprego no país. Os números do IBGE, por exemplo, são bem menores que os do Dieese/Seade.

As divergências ocorrem por causa das metodologias diferentes adotadas. A principal delas é que o IBGE mede apenas o desemprego aberto, ou seja, quem procurou emprego nos 30 dias anteriores à pesquisa e não exerceu nenhum tipo de trabalho -remunerado ou não- nos últimos sete dias.

Quem não procurou emprego ou fez algum bico na semana anterior à pesquisa não conta como desempregado para o IBGE.

O Seade/Dieese também consideram o desemprego oculto pelo trabalho precário (pessoas que realizaram algum tipo de atividade nos 30 dias anteriores à pesquisa e buscaram emprego nos últimos 12 meses) e o desemprego oculto pelo desalento (quem não trabalhou nem procurou trabalho nos últimos 30 dias, mas tentou nos últimos 12 meses).


UOL

Ex-prefeito condenado a cinco anos de cadeia

monsenhor tabosa

Clique para Ampliar
´Chico Madeiro´ fez desaparecer quase uma tonelada de documentos, que, depois foi recuperada pela Polícia 
KID JÚNIOR
Clique para Ampliar

Conforme sentença judicial, o ex-gestor desviou verbas públicas para beneficiar terceiros durante o seu mandato
A sequência de investigações, denúncias, condenações, afastamento do cargo e prisões de prefeitos e ex-prefeitos cearenses ganhou, ontem, mais um capítulo. A Justiça sentenciou a uma pena de cinco anos e nove meses de cadeia, em regime semiaberto, o ex-gestor do Município de Monsenhor Tabosa (a 320Km de Fortaleza), Francisco Jeová Madeiro Cavalcante, o ´Chico Madeiro´. O ex-prefeito é acusado do crime de desvio de recursos públicos em proveito alheio.

A decisão foi tomada pelo juiz titular da Vara Única de Monsenhor Tabosa, Alexandre Santos Bezerra Sá, e já publicada no Diário da Justiça do Estado do Ceará. O acusado, no entanto, poderá ainda recorrer da condenação junto ao Tribunal de Justiça do Estado.

Crimes
´Chico Madeiro´ vinha sendo alvo de uma investigação do Ministério Público e da Polícia Civil em que foi apontado como autor de vários crimes praticados durante todo o período em governou o Município de Monsenhor Tabosa.

Entre as acusações, apropriação de verbas do Fundo Previdenciário do Município,, superfaturamento de obras públicas, desvio de recursos da merenda escolar, pagamento de débitos pessoais com cheques da Prefeitura, emissão de cheques sem fundos, admissão de servidores sem concurso público, alienação irregular de bens do Município e até omissão no repasse de do duodécimo devido à Câmara Municipal.

Na sua sentença, o magistrado condenou o réu com base na lei de número 201/67. O ex-prefeito, segundo o entendimento do juiz, desvio dinheiro da Prefeitura para proveito alheio. Na mesma sentença, o magistrado o absolveu das demais acusações, "em razão da ausência de provas", assinalou na sentença.

Conforme o juiz, "o ex-prefeito, ao longo de sua gestão, causou graves danos ao patrimônio público, ao confundir o público com o privado". Segundo a sentença, a administração atual encontrou a Prefeitura com sua frota de veículos completamente dilapidada. "Além de beneficiar terceiros com o desvio de bens, quis prejudicar a gestão que o sucedeu".

Restou provado no decorrer da investigação, que ´Chico Madeiro´ responde a vários processo criminais, mas, no entanto, não há, ainda, sentença condenatória com trânsito em julgado (tornada definitiva). Por conta disso, ele permanece em liberdade.

Ainda conforme a sentença judicial, "foram vários os bens públicos desviados pelo acusado em favor de terceiros, tendo em vista a grande quantidade de objetos apreendido pela Justiça e devolvidos ao patrimônio municipal".

Investigação
Em dezembro do ano passado, o Diário do Nordeste publicou matéria especial relatando uma série de irregularidades descobertas na gestão de ´Chico Madeiro´ por uma força-tarefa composta por representantes do Ministério Público Federal, Polícia Civil, Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e pela Justiça.

Cerca de uma tonelada de documentos foi apreendida pela Polícia depois de ter ´sumido´ da Prefeitura. Coube à delegada Marta Monteiro comandar as diligências no Município.

´Chico Madeiro´ foi localizado pela Reportagem naquele Município e negou as acusações, alegando que se tratava de uma ´perseguição política´ de seus opositores.

FIQUE POR DENTRO
Operações

As investigações da Polícia Federal, Polícia Civil, Ministério Público Estadual, Ministério Publico Federal, Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e da Controladoria Geral da União (CGU) revelaram uma teia de crimes que teria sido praticada por diversos gestores em vários Municípios do Interior cearense. Nesta situação já foram descobertas pelo MP, através de sua Procuradoria de Combate aos Crimes Contra a Administração Pública (Procap) fraudes em diversos processos licitatórios nas cidades de Senador Pompeu, Ibaretama, Nova Russas, Santana do Acaraú e Boa Viagem. Mas, há indícios de que os crimes se estendem por mais de 80 Municípios do Ceará

FERNANDO RIBEIROEDITOR DE POLÍCIA

JUIZ DE PENTECOSTE DETERMINA AO MUNICÍPIO DE PENTECOSTE A CUMPRIR EXECUÇÃO DE SENTENÇA QUE GARANTE SALÁRIO MÍNIMO AOS SERVIDORES DE PENTECOSTE MESMO COM CARGA HORARIA REDUZIDA

Caríssimos companheiros e companheiras, boa tarde! É com imensa satisfação que o SINDSEP (Sindicato dos Servidores Municipais ...