sexta-feira, 2 de maio de 2014

PISO PIRATA DO MEC PARA PROFESSOR 2014 TEM QUE SER REAJUSTADO


PUBLICADO O VALOR ALUNO CONSOLIDADO DO FUNDEB ANO DE 2013– BOA NOTÍCIA PARA OS PROFESSORES DO BRASIL– POIS O PISO PIRATA DO MEC TEM QUE AUMENTAR IMEDIATAMENTE PARA MAIS EM 13,14% - PASSANDO DE R$ 1.697,00 PARA R$ 1.920,04 – O RUIM PODE E DEVE SE TORNAR MENOS PIOR!

Professores de Paraipaba vão à luta por seus direitos
Foto: Valdecy Alves
Hoje, 28 de abril de 2014, foi publicada a Portaria do Ministério da Educação nº 364/2014, fixando definitivamente o valor aluno do ano de 2013 PARA  R$ 2.287,87. LOGO DEVE-SE RECALCULAR O PISO PIRATA DO MEC DO ANO DE 2014 – DIMINUINDO OS PREJUÍZOS E TORNANDO MENOS PIOR O MAIS RUIM:


CÁLCULO DO VALOR DO PISO PIRATA DO MEC ANO 2014 – ATÉ O PRESENTE R$ 1.697,00
AGORA COM A NOVA PORTARIA MEC Nº 364/2014 DEVENDO IMEDIATAMENTE SER REAJUSTADO


Portaria MEC Nº 1495/2012
VALOR ALUNO FINAL 2012 R$ 1.867,15
 Portaria MEC Nº 364/2014
VALOR ALUNO FINAL 2013 R$ 2.287,87
Tabela Elaborada por: Dr. Valdecy Alves


1)    VALOR ALUNO ANO 2012 USADO PELO MEC CONFORME PORTARIA Nº 1495/2012 R$ 1.867,15.

2)    VALOR ALUNO ANO 2013 – CONSOLIDADO – DIVULGADO EM 28/04/2014 -  CONFORME PORTARIA Nº 364/2014 R$ 2.287,87.

CÁLCULO DO NOVO PISO PIRATA DO MEC: 2.287,87 – 1.867,15 = R$ 420,72 QUE É = A 22,53% A MAIS - CRITÉRIO DE REAJUSTE DO PISO PIRATA DO MEC.

ASSIM O PISO PIRATA DO MEC DO ANO DE 2013 R$ 1.567,00  REAJUSTADO EM + 22,53% =  R$ 1.920,04 – RESULTANDO NO PISO PIRATA DEFINITIVO DO ANO DE 2014 – TORNANDO O RUIM MENOS PIOR E AMENIZANDO OS PREJUÍZOS

LOGO O PISO PIRATA DO MEC DO ANO DE 2014 DEVE SER REAJUSTADO DE 1.697,00
PARA R$ 1.920,04 – CORRIGIDO EM 13,14%


Para jornada de 40 horas, jornada máxima, para professor com nível médio. Para jornada de 20 horas será de R$ 960,02. DENTRO DE TAL JORNADA, DEVE SER AINDA RESPEITADO O DIREITO A 1/3 PARA ATIVIDADE EXTRACLASSE: planejamento, estudo e avaliação.
OBSERVAÇÃO FUNDAMENTAL: LEMBRANDO QUE POR CONTA DE TAL REAJUSTE DO VALOR ALUNO OS MUNICÍPIOS E ESTADOS RECEBERÃO AS DIFERENÇAS DO FUNDEB DO ANO DE 2013 – INCLUSIVE A DIFERENÇA DA COMPLEMENTAÇÃO DA UNIÃO. E ESSE DINHEIRO DEVE SER UTILIZADO PARA O REAJUSTE DO PISO PIRATA DO MEC -  IMEDIATAMENTE!

HORA DA RETOMADA DA LUTA: SINDICATOS DEVEM REDEFINIR PAUTA – COBRAR AS DIFERENÇAS – PROFESSORES DE TODO BRASIL DEVEM IR À LUTA – ANO ELEITORAL -  MOMENTO DE UTILIZAR A PRESSÃO DO VOTO- COBRANDO DA PRESIDENTE DILMA – DOS CANDIDATOS A GOVERNADORES E DOS CANDIDATOS A DEPUTADOS E SENADORES – AO MENOS ASSIM SE DIMINUI O PREJUÍZO DOS PROFESSORES – DEVENDO O REAJUSTE DO PISO PIRATA DO MEC ANO 2014 – JÁ QUE O PISO LEGAL HIBERNA NUMA TESPESTADE DE VIOLAÇÕES – SER BUSCADO JÁ! PRA ONTEM!  A CURTO PRAZO E SEGURAR UM DOS PÁSSAROS QUE ESTÃO VOANDO! À LUTA IMEDIATAMENTE! 

Dr. Valdecy Alves

http://valdecyalves.blogspot.com.br/

PENTECOSTE RECEBE AJUSTAMENTO DO FUNDEB DE 2013 EM QUASE UM MILHÃO E 150 MIL


ATENÇÃO CIDADÃOS PENTECOSTENSES!!

CONFIRA OS REPASSES DO FUNDEB PARA O MUNICÍPIO DE PENTECOSTE.
No mês de abril o município recebeu 1.491.892,64 C e hoje, 02 de maio de 2014 recebeu o total de complementação da União um valor de 1.149.050,08 C.
Veja o quadro de distribuição
TOTAIS
COMPLEM. UNIAO
298.926,52 C
ORIGEM LEI87/96
2.104,91 C
COMP.UNIAO PISO
506.034,28 C
AJ.FUNDEB 2013
341.984,37 C

 848.018,65 c

DEBITO FUNDO
0,00 D
CREDITO FUNDO
1.149.050,08 C


TOTAL DOS REPASSES NO PERIODO

DEBITO BENEF.
0,00 D


CREDITO BENEF.


1.149.050,08 C


Como se pode perceber o Governo Federal está honrando com seus compromissos em relação à complementar os valores do Fundeb em relação ao ano de 2013. Todo este valor de Um milhão e 149 mil reais refere-se ao ano de 2013. Desse total, pelos 848.018,65 é de ajuste do Fundeb de 2013. Pergunta: se tudo já foi quitado no que se refere a pagamento de professores e com outros gastos, significa dizer que este valor está totalmente livre, ou seja, é saldo em caixa. Como sabemos pelo menos 60% desse dinheiro deve ser para pagamento de professores. Esse dinheiro deve servir para pagar o reajuste do Piso de 2014 que deve passar de 1.697,00 para 1.920,00. Vela a tabela que foi elaborado pelo advogado Dr. Valdecy Alvez, no dia 29 de abril em seu blog. http://valdecyalves.blogspot.com.br.

LOGO O PISO PIRATA DO MEC DO ANO DE 2014 DEVE SER REAJUSTADO DE 1.697,00
PARA R$ 1.920,04 – CORRIGIDO EM 13,14%

O VALOR DO PISO DOS PROFESSORES SE BASEIA NO VALOR ALUNO. VEJA CORREÇÃO DO VALOR ALUNO

Portaria MEC Nº 1495/2012
VALOR ALUNO FINAL 2012 R$ 1.867,15
  Portaria MEC Nº 364/2014
VALOR ALUNO FINAL 2013 R$ 2.287,87
Tabela Elaborada por: Dr. Valdecy Alves




Para jornada de 40 horas, jornada máxima, para professor com nível médio,1.920,04 . Para jornada de 20 horas será de R$ 960,02. DENTRO DE TAL JORNADA, DEVE SER AINDA RESPEITADO O DIREITO A 1/3 PARA ATIVIDADE EXTRACLASSE: planejamento, estudo e avaliação.
Portanto, esse dinheiro deve ser usado para esta prioridade no momento. Corrigir o Piso Salarial dos Professores neste ano de 2014.


Pode-se conferir a informação no sit do Ministério da Educação

https://www.fnde.gov.br/fndelegis/action/UrlPublicasAction.php?acao=abrirAtoPublico&sgl_tipo=POR&num_ato=00000364&seq_ato=000&vlr_ano=2014&sgl_orgao=MEC


Professor Valdeni Cruz

quinta-feira, 1 de maio de 2014

DIA DO TRABALHO, DO TRABALHADOR, DE TRABALHAR...


Hoje é dia do TRABALHADOR. Primeiro de maio está marcado no calendário brasileiro como O DIA DO TRABALHO. É um dia para refletir sobre o próprio trabalho. Naquele que trabalha. Sobre os valores que giram em torno do trabalho.

    O trabalho é algo pertinente ao homem, ou seja, está ligado ao esforço daquele que, no uso de suas forças mentais ou físicas, cria, inventa e constrói por meio de seus esforços um objeto.

Esta data marca um momento para analisar o que representa o trabalho para nós e para a sociedade como um todo.

    É necessário trabalhar. É por dele que o homem se torna útil a si mesmo e ao meio em que ele vive. É também pelo trabalho que o homem adquire seu sustento, constrói seu patrimônio e melhora a vida de um povo. Mas, analisando o trabalho num contexto anterior ao capitalismo, o trabalho era visto como uma forma de realização pessoal. Através dele as pessoas desfrutavam do que produziam. Trabalhava para manter a família e para realizar-se como pessoas. Sendo assim, muito tempo lhe restava para conviver com a família, aprofundar os laços de amizade; eram mais fortes e os sentimentos de partilha entre as pessoas. 

   Com o surgimento das grandes civilizações esta realidade mudou. O trabalho passou a ser motivo de escravidão, pois passou a existir aqueles que compravam o trabalho de outros. Este, por sua vez, vende seu trabalho por salário, enquanto que aquele que paga pelo trabalho constrói a riqueza.  Isso se chama sistema capitalista, onde o capitalista é aquele que detém o poder e oferece dinheiro a quem queira vender seu trabalho. E o trabalhador em nada vem melhorar sua vida, pois recebe somente o necessário par viver, enquanto que o capitalista, aquele que detém o poder financeiro, este sim, fica cada vez mais rico. Ele é o dono do dinheiro, das ferramentas de trabalho. Esse sistema de trabalho começou a tomar forma ainda no inicio da Revolução Industrial e foi se aperfeiçoando durantes esses dois últimos séculos. Hoje o trabalhador é ameaçado de todas as formas. Recebe um salário de fome e ainda está a todo tempo sendo ameaçado a perder este emprego, seja pelas máquinas que toma seu lugar, seja pela crise mundial ou ainda pela falta de qualificação. É desrespeitado ao lutar para melhorar por salário mais digno. É visto como vagabundo que não quer trabalhar.

  É tempo de reflexão, de entender esse processo de escravidão em que vivemos. Porém queremos trabalhar sempre mais, pois se não trabalhamos não vamos conseguir vencer, comprar, consumir... Vivemos nessa paranóia de trabalhar, não porque amamos o trabalho, mas é tudo por causa do sistema que te diz o tempo todo: quem trabalha cresce, vence, chega lá. Vamos alimentando esta loucura dentro de nós e acabamos não percebendo que por detrás disso tudo está nossa desgraça.

  Portanto, trabalhadores de todas as áreas tomemos cuidado para não ficarmos alienados achando que quem mais trabalha é quem mais vai ficar rico e que essa riqueza é tudo. Não. Todos nós almejamos uma boa vida, mas por causa dessa loucura tem muita gente que está perdendo o sentido própria existência. 

  Trabalhemos e lutemos para que os outros não nos destrua. Você precisa trabalhar mais também precisa de salário digno e respeito acima de tudo.

Nunca se esqueça de que é o trabalho que existe por causa do homem e não o contrário.

Professor Valdeni Cruz


quarta-feira, 30 de abril de 2014

PROFESSOR VALDENI CRUZ RESPONDE AOS QUESTIONAMENTOS DOS VEREADORES SOBRE COMENTÁRIO DE SEMANA PASSADA


Professor Valdeni Cruz
Na quinta-feira passada, 24 de abril, estive presente na Câmara de vereadores por ocasião da audiência com a representante da Empresa CONSULPAM, responsável pela realização do Concurso aqui de Pentecoste, Gisélia, onde a mesma prestou esclarecimentos sobre a forma de trabalho da empresa, respondeu alguns questionamentos levantados pelos vereadores. Vejo o texto que escrevi sobre o assunto:

“Na quinta-feira lá Câmara olhei para onde estavam sentados os vereadores. E pude observar que em suas cabines eles não tinham nada para se pautarem, tirar dúvidas, analisar... Nada. Perguntei a alguns deles se eles não tinham a Constituição federal, Lei Orgânica do município, etc. Eles olharam pra mim e disseram: sei não. Nenhum deles me parecia ter o edital do concurso, já que a sessão iria tratar do assunto. É muito descaso. Poderiam ter pelo menos pra disfarçar, já que talvez não entendam nada que possa estar escrito. Claro, aqui estou sendo irônico, pois sei que tem pessoas que tem formação elevada para entender qualquer coisa. Mas isso é uma observação de um cidadão que entende que ali é uma casa onde se votam as leis. Portanto, me vem ao entendimento de que se deveria ter um guia destas Leis que é a Constituição Federal, ou não? Estaria eu dizendo asneiras? Pois é, estas são coisas que este doido vê por ai e fica quase não querendo entender que não haja nenhuma preocupação com os cargos a que foram chamados a ocupar. Sinto muito, mas me dá certa pena”. (23/04/14)

Hoje, 30 de abril, retornando a Câmara para participar do pronunciamento do Secretário de Finanças do Município, Sr. Paulo Sérgio Santos, onde o mesmo fez toda uma explanação sobre as modificações no edital do concurso, quanto aos cargos, salários e outros pontos que não estavam corretos no edital e que tiveram o cuidado de analisar os possíveis erros do mesmo, fui interpelado pelos vereadores sobre as colocações que fiz na semana passada sobre eles. Disseram que tinham lido e que respeitavam o que eu havia escrito, mas não estava totalmente certo o que eu havia comentado no Blog, WWW.valdenycruz.blogspot.com. Segundo a Presidente da Câmara, Valdelice Braga, todos os vereadores, receberam em mãos a Constituição Federal, a Lei Orgânica do Município, Regimento interno. O Sr. Vereador Vicente do Zuza também fez menção ao comentário e disse compreender os pontos de vista das pessoas por vivermos numa democracia. O Vereador Gardel Paiva, com quem tenho bastante proximidade, pois trabalhamos numa mesma repartição, me parabenizou por acompanhar os trabalhos dos vereadores e por contribuir com minhas críticas e sugestões. O Vereador Daniel do Zé Gomes também falou sobre o comentário que eu fiz na semana passada. Dizendo não ter recebido muito bem as críticas, pois eles tem se esforçado para fazer a diferença naquele espaço, mas que entendia as posições das pessoas.
Primeiro fico feliz por ter estado na Câmara hoje e poder ouvir deles sobre o assunto. Depois me alegro pelo comentário por ter causado algum incomodo, pois creio que é para isso que servem as criticas. Mas gostaria de me reportar aos Senhores vereadores com muito respeito. Lembrando que o comentário foi postado daquela forma por ter ouvido exatamente o que ouvi. Alguns vereadores me disseram não saber sobre o que eu perguntei.
Hoje, portanto, a Presidente disse que os vereadores têm os documentos em mãos, ou estão dentro de suas gavetas ou dentro de suas pastas.   Pronto, fui respondido.
Preciso dizer também que já fiz comentários de elogios aos membros da Câmara atual. Já disse que nada parece com os Legisladores da Gestão passada, onde nunca se havia debate sobre nada. As cosias já vinham determinadas pelo executivo e era votado e pronto. Isso foi um avanço grande. Quando fazemos críticas aquela casa é porque entendemos de sua importância, de sua responsabilidade em contribuir para melhorar a vida da população e fazer de Pentecoste uma cidade melhor. Isso acontece com a votação de boas Leis e do zelo que estes venham a demonstrar pela cidade e pelo nosso povo.
Portanto, senhores vereadores, nunca levem as coisas pelo lado negativo ou pessoal. Eu particularmente tenho respeito por todos, pois foram vocês que foram delegados pelos eleitores para representá-los, por isso digo das responsabilidades de vocês para com esta sociedade.  Agora, como todo formador de opinião, para que as criticas fiquem mais interessante, às vezes parece ter um pouco de ironia, mas isso é para chamar a atenção do leitor. Porém, acima de tudo está respeito ao direito democrático. Nada tem caráter depreciador da imagem de nenhum de vossas excelências.

Fico grato por fazerem referência a insignificância de minha pessoa nas falas de vocês. Como cidadão pentecostense, tenho o desejo de ver esta cidade progredindo sempre e em todos os sentidos. 

Professor Valdeni Cruz

terça-feira, 29 de abril de 2014

IMBECILIDADE HUMANA



Pessoas aparecendo na Televisão comendo banana a força. Eu como banana porque é uma fruta e tem muitas vitaminas, faz bem a saúde. Não sou de me deixar levar por ondas. Precisamos lutar contra o preconceito de todas a formas e a melhor forma de lutar é percebermos como tratamos o diferente, o mais simples, o que achamos que sabe menos do que nós...Esta talvez seja a única forma de combatermos eficazmente os males sociais que prejudicam a todos nós ao mesmo tempo, pois os negros, os pobres, os analfabetos, os que tem opções sexuais diferente são gente da gente, sangue de nosso sangue. Todos, somos da mesma raça, a humana, se alguém se compara a outro bicho é ofender ao animal. Ele não tem entendimento de nossas imbecilidades. O homem é que é culpado por toda a ignorância que comete contra os seus pares desde sempre. Desse modo, sejamos sensatos conosco mesmos e não porque alguém da mídia come banana ou bosta que a gente vai fazer mesmo. Faça a diferença mas faça por consciência própria. Você é mais, muito que isso de comer banana para demonstrar que combate o preconceito. Este é um mal interno e precisa de decisão e respeito pelo outro para que você seja mais humano. VALDENI CRUZ

domingo, 27 de abril de 2014

Homilia na canonização de JPII e João XXIII – 27/04/14


Homilia na canonização de JPII e João XXIII - 27/04/14
HOMILIA
Missa de canonização dos beatos João Paulo II e João XXIII
Praça São Pedro – Vaticano
Domingo, 27 de abril de 2014
Boletim da Santa Sé
No centro deste domingo, que encerra a Oitava de Páscoa e que João Paulo II quis dedicar à Misericórdia Divina, encontramos as chagas gloriosas de Jesus ressuscitado.
Já as mostrara quando apareceu pela primeira vez aos Apóstolos, ao anoitecer do dia depois do sábado, o dia da Ressurreição. Mas, naquela noite, Tomé não estava; e quando os outros lhe disseram que tinham visto o Senhor, respondeu que, se não visse e tocasse aquelas feridas, não acreditaria. Oito dias depois, Jesus apareceu de novo no meio dos discípulos, no Cenáculo, encontrando-se presente também Tomé; dirigindo-Se a ele, convidou-o a tocar as suas chagas. E então aquele homem sincero, aquele homem habituado a verificar tudo pessoalmente, ajoelhou-se diante de Jesus e disse: «Meu Senhor e meu Deus!» (Jo 20, 28).
Se as chagas de Jesus podem ser de escândalo para a fé, são também a verificação da fé. Por isso, no corpo de Cristo ressuscitado, as chagas não desaparecem, continuam, porque aquelas chagas são o sinal permanente do amor de Deus por nós, sendo indispensáveis para crer em Deus: não para crer que Deus existe, mas sim que Deus é amor, misericórdia, fidelidade. Citando Isaías, São Pedro escreve aos cristãos: «pelas suas chagas, fostes curados» (1 Ped 2, 24; cf. Is 53, 5).
João XXIII e João Paulo II tiveram a coragem de contemplar as feridas de Jesus, tocar as suas mãos chagadas e o seu lado trespassado. Não tiveram vergonha da carne de Cristo, não se escandalizaram d’Ele, da sua cruz; não tiveram vergonha da carne do irmão (cf. Is 58, 7), porque em cada pessoa atribulada viam Jesus. Foram dois homens corajosos, cheios da parresia do Espírito Santo, e deram testemunho da bondade de Deus, da sua misericórdia, à Igreja e ao mundo.
Foram sacerdotes, bispos e papas do século XX. Conheceram as suas tragédias, mas não foram vencidos por elas. Mais forte, neles, era Deus; mais forte era a fé em Jesus Cristo, Redentor do homem e Senhor da história; mais forte, neles, era a misericórdia de Deus que se manifesta nestas cinco chagas; mais forte era a proximidade materna de Maria.
Nestes dois homens contemplativos das chagas de Cristo e testemunhas da sua misericórdia, habitava «uma esperança viva», juntamente com «uma alegria indescritível e irradiante» (1 Ped 1, 3.8). A esperança e a alegria que Cristo ressuscitado dá aos seus discípulos, e de que nada e ninguém os pode privar. A esperança e a alegria pascais, passadas pelo crisol do despojamento, do aniquilamento, da proximidade aos pecadores levada até ao extremo, até à náusea pela amargura daquele cálice. Estas são a esperança e a alegria que os dois santos Papas receberam como dom do Senhor ressuscitado, tendo-as, por sua vez, doado em abundância ao Povo de Deus, recebendo sua eterna gratidão.
Esta esperança e esta alegria respiravam-se na primeira comunidade dos crentes, em Jerusalém, de que nos falam os Atos dos Apóstolos (cf. 2, 42-47). É uma comunidade onde se vive o essencial do Evangelho, isto é, o amor, a misericórdia, com simplicidade e fraternidade.
E esta é a imagem de Igreja que o Concílio Vaticano II teve diante de si. João XXIII e João Paulo II colaboraram com o Espírito Santo para restabelecer e atualizar a Igreja segundo a sua fisionomia originária, a fisionomia que lhe deram os santos ao longo dos séculos. Não esqueçamos que são precisamente os santos que levam avante e fazem crescer a Igreja. Na convocação do Concílio, João XXIII demonstrou uma delicada docilidade ao Espírito Santo, deixou-se conduzir e foi para a Igreja um pastor, um guia-guiado. Este foi o seu grande serviço à Igreja; foi o Papa da docilidade ao Espírito.
Neste serviço ao Povo de Deus, João Paulo II foi o Papa da família. Ele mesmo disse uma vez que assim gostaria de ser lembrado: como o Papa da família. Apraz-me sublinhá-lo no momento em que estamos a viver um caminho sinodal sobre a família e com as famílias, um caminho que ele seguramente acompanha e sustenta do Céu.
Que estes dois novos santos Pastores do Povo de Deus intercedam pela Igreja para que, durante estes dois anos de caminho sinodal, seja dócil ao Espírito Santo no serviço pastoral à família. Que ambos nos ensinem a não nos escandalizarmos das chagas de Cristo, a penetrarmos no mistério da misericórdia divina que sempre espera, sempre perdoa, porque sempre ama.
Fonte: http://papa.cancaonova.com/homilia-na-canonizacao-de-jpii-e-joao-xxiii-270414/

João Paulo II e João XXIII foram inscritos no livro dos santos na manhã deste domingo, 27, festa da Divina Misericórdia


Jéssica Marçal
Da Redação
1canonizacaoJPII_JoaoXXIII
Papa Francisco lê a fórmula de canonização de João Paulo II e João XXIII / Foto: Reprodução CTV
São João Paulo II e São João XXIII. Na manhã deste domingo, 27, festa da Divina Misericórdia, Papa Francisco canonizou os Papas beatos João Paulo II e João XXIII. A cerimônia acontece na Praça São Pedro e conta com a presença do Papa Emérito Bento XVI.
A cerimônia teve início às 10h (em Roma, 5h no horário de Brasílial). O rito de canonização aconteceu logo no início da Missa. O Santo Padre fez as petições, seguido do Cardeal Angelo Amato, que é o presidente da Congregação para a Causa dos Santos.
“Lemos nossa oração a Deus Pai, por meio de Jesus Cristo, para que por intercessão da Virgem Maria fortaleça com sua graça o que estamos para realizar”, disse Francisco.
reliquias_papasApós a leitura da fórmula de canonização, com a qual os dois beatos se tornaram santos, foi realizada a procissão das relíquias dos dois santos. O momento foi sucedido pelo agradecimento dirigido ao Santo Padre pelo Cardeal Amato, que pediu a redação da carta apostólica referente à canonização, pedido ao qual Francisco já respondeu: “Ordenamos”.
Após a canonização, Francisco dá sequência à cerimônia com acelebração da Santa Missa.
Fonte: http://noticias.cancaonova.com/papa-francisco-canoniza-joao-paulo-ii-e-joao-xxiii-2/

TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS PARA O MUNICÍPIO DE PENTECOSTE EM 2016

TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS PARA O MUNICÍPIO DE PENTECOSTE/ CEARÁ   EXERCÍCIO: 2016 Total destinado aos favorecidos situados n...