sábado, 4 de janeiro de 2014

SEU VOTO ESTÁ NA MIRA DOS PREDADORES

Professor Valdeni Cruz

Entre as idas e vindas do dia-a-dia ouvimos aqui e ali se percebe discussões sobre a política. Incrível que nunca é uma discussão do que de fato seja ou para que sirva a política, mas o que se escuta é aquele velho falatório sobre a proximidade das eleições de 2014. É impressionante como nada muda, ou quase nada muda, exceto uma mente aqui e ali que pensa a política como ela deve de fato ser. Mas estes são silenciados pelos que defende um tipo de política mesquinha. O assunto agora é quem vai ser apoiado pelo fulano e pelo sicrano. O fulano tem tantos votos e pode vender ou oferecer ao deputado tal ou ao outro tal por tanto. O que está em jogo mais uma vez é o pobre eleitor que está lá no seu anonimato e não sabe o que está acontecendo, mas que alguém já está fazendo a contagem e colocando o seu voto e valor do seu voto na conta.

Nesse período já começa as benditas reuniões para decidir qual deputado dever ser apoiado por esta ou por aquela força política. E, diga-se de passagem, pessoas que você nunca ouviu falar pode estar sendo cogitado para conquistar ou ganhar a eleição pela força de uns trocados e pela falta de critério e formação política e em outros casos, vergonha cara.

Em anos anteriores soube que o voto de um senador, deputado federal, ou estadual, pode ser avaliado em torno de 100,00. Portanto, aquele que tem certo prestígio, certo domínio, certa liderança, pode negociar seu voto com os entes políticos. Depois saem por ai pedindo os votos e, como sempre, o povo vendo seu voto. Uns por 100,00 outros por uma consulta, uma viagem pra Fortaleza, ou pneu de bicicleta ou de moto, ou de carro, ou ainda cimento, telha... Ele já tem certa certeza de que o povo vende o voto, e por saberem disso, investem muito dinheiro na compra. Depois de ter comprado você e sua consciência eles vão embora defender o interesse dos grandes e as pessoas mais uma vez continuam a minguar a miséria. Na realidade o político que vendo o voto do povo fica com a maior parte e, portanto, enriquece em nome de miséria e da falta de conhecimento de um povo que continua amarrado mentalmente ignorante.

Sinceramente sinto-me envergonhado de fazer parte um país onde à política é tratada como negócio, nos quintais, à surdina da noite, nos lugares mais distantes de onde deveria ser seu lugar ideal que é nas praças, nas escolas, nos centros sociais de forma a esclarecer as pessoas o que fato é a política. Aqui no Brasil a política é o lugar da barganha, do roubo, da falta de caráter e da ganância.


Infelizmente ainda vamos pagar um alto preço até que alguma coisa mude porque enquanto tudo funciona como antes. 

FIQUE SABENDO QUANTO FOI GASTO COM RÉVEILLON E FESTA DE COLAÇÃO DE GRAU EM PENTECOSTE



REVEILON

Só a título de informação, a Prefeitura Municipal de Pentecoste de Pentecoste gastou para a realização de festas de colação de grau e Réveillon o Valor de R$ 86.595,60.

A quantia diz respeito à Contratação de empresa especializada em produção de eventos para produção e realização das festividades alusivas ao réveillon 2014 e a colação de grau dos alunos do ensino fundamental do município.

Para a realização dos eventos, o município utilizou apenas atrações de renome local.

As informações estão disponíveis no Portal da Transparência no Site do TCM – Tribunal de Contas dos Municípios.



ACESSE:


http://www.tcm.ce.gov.br/licitacoes/index.php/licitacao/detalhes/proc/36484/licit/28583

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Papa doa R$ 11,7 milhões para ajudar no pagamento de dívida da Jornada no Rio


Auditoria confirmou déficit de R$ 91,3 milhões em evento que marcou primeira viagem internacional do pontificado

Agência Brasil
O papa Francisco contribuiu com R$ 11,7 milhões para ajudar a saldar parte dos investimentos feitos para viabilizar a Jornada Mundial da Juventude (JMJ). A informação é do Comitê Organizador Local da JMJ Rio2013.
O papa Francisco reconheceu o grande trabalho do Comitê Organizador Local na organização da jornada, na capital fluminense, em julho passado. Desde que assumiu o pontificado, a participação na JMJ representou a primeira viagem internacional e primeiro retorno à América Latina. Sensibilizado, ele mostrou-se disposto a contribuir com ajuda financeira para saldar parte dos gastos na organização da JMJ, fato que foi concretizado hoje.
A jornada passou por auditoria independente da Ernst&Young que confirmou o déficit de R$ 91,3 milhões, registrado em 31 de agosto último. Após o evento, com a negociação com fornecedores, doações, campanhas e a venda de um imóvel, o saldo da dívida com credores diminuiu para R$ 43,2 milhões, dos quais R$ 20,28 milhões devidos a fornecedores e R$ 22,92 milhões decorrentes de despesas de alimentação. Com o valor doado pelo Vaticano, a dívida da JMJ com os fornecedores ficou em R$ 31,5 milhões.
"Não houve qualquer aporte de dinheiro público, sendo inverídica a informação de que a Jornada teria recebido R$ 118 milhões dos governos federal, estadual e municipal. A participação da administração pública se deu para assegurar o funcionamento dos serviços públicos durante o evento" destacou, em nota, a assessoria da JMJ. Em outubro foi lançada a campanha de doações, que recebeu cerca de R$ 800 mil. Os recursos foram aplicados na JMJ Rio2013.
    Leia tudo sobre: papa Francisco • papa • doação • jornada mundial da juventuda • JMJ

    IFCE terá campus avançado no litoral leste

    Os cursos ofertados serão decididos através de uma audiência pública para atender às prioridades da população

    O Instituto Federal do Ceará (IFCE) implementará, até 2015, uma unidade no município de Icapuí, litoral leste do Estado. Os cursos ofertados ainda serão decididos através de uma audiência pública para atender às prioridades da população.
    Novo campus será construído no município de Icapuí. FOTO: Arquivo
    Alguns cursos técnicos serão ofertados antecipadamente, que funcionarão em escolas municipais durante a construção do campus. As pró-reitorias de Administração e de Ensino analisarão o local para receber os cursos. 
    Além de Icapuí, outras obras como as de Acopiara, Pentecoste, Russas e Santa Quitéria, tem previsão para começar em 2014 com entrega para 2015.
    Em andamento, estão os campi em Boa Viagem, Horizonte, Itapipoca, Maranguape e Paracuru. Ao final das obras, o IFCE chegará, em 2015, a 33 campi no Ceará.
    Fonte: Diário do Nordeste

    PAPA FRANCISCO - Saia da zona de conforto e trabalhe com os pobres, diz papa a padres



    Por Philip Pullella

    CIDADE DO VATICANO, 3 Jan (Reuters) - O papa Francisco disse a padres católicos que eles devem deixar a zona de conforto e trabalharem junto às pessoas que estão à margem da sociedade, caso contrário correriam o risco de se tornarem "ideólogos abstratos".
    O jornal católico Civiltà Cattolica publicou nesta sexta-feira um texto exclusivo sobre um encontro privado de três horas que o papa argentino teve em novembro com líderes das ordens de padres do mundo inteiro.
    O papa disse que os padres precisavam ter "contato real com os pobres" e marginalizados.
    "Isso é realmente muito importante para mim: a necessidade de se tornar conhecedor da realidade pela experiência, passar tempo andando pela periferia para realmente começar a conhecer a realidade e as experiências de vida das pessoas", disse o papa na reunião.
    "Sem isso, nós corremos o risco de nos tornarmos ideólogos abstratos ou fundamentalistas, o que não é saudável."
    Desde a sua eleição em 2013, o primeiro papa não-europeu em 1.300 anos tem pressionado padres, freiras e bispos a pensar menos na carreira e ouvir mais as necessidades dos católicos comuns, especialmente os pobres.
    Assumindo uma instituição atingida por escândalos de abuso sexual e financeiros, perdendo fiéis para outras religiões, o papa Francisco tem tentado focar nos ensinamentos básicos cristãos da compaixão, simplicidade e humildade.
    A conversa com os líderes da União dos Superiores Gerais é importante porque eles vão transmitir os desejos do papa diretamente para os padres nas ordens religiosas ao redor do mundo.
    O Civiltà Cattolica é o mesmo periódico que publicou uma importante entrevista com o papa Francisco em setembro, na qual ele disse que a Igreja deveria se livrar da obsessão com ensinamentos sobre aborto, contracepção e homossexualismo e se tornar mais misericordiosa.
    Francisco, que era conhecido como o "bispo das favelas" na Argentina por conta do seu trabalho entre os pobres, afirmou que estar junto com aqueles à margem da sociedade era "a forma mais concreta de imitar Jesus".
    Um comitê de oito cardeais ao redor do mundo que ele nomeou para aconselhá-lo sobre reformas na administração central do Vaticano, a Cúria, deve submeter as suas recomendações ao papa em fevereiro.

    quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

    CÂNTICOS LITÚRGICOS NA IGREJA - PRECISA MELHORAR

    Professor Valdeni Cruz

    Preciso fazer uma colocação sobre Nossa Igreja Matriz (Nossa Senhora da Conceição), porque é a que eu frequento. Vou analisar aqui os corais. Não me levem a mal mas vou falar em nome de muitas pessoas que conheço e que, se não são grandes músicos, entendem um pouco e sabem diferenciar uma coisa da outra. Quem não gosta de uma boa música sacra? Creio que todos nós. E aqui me refiro a beleza de nossa música litúrgica.


    Dia 27 de Dezembro, sexta-feira, foi a Missa dos concludentes. Quem esteve lá pode ver e sentir a Igreja cheia de música. Músicas bem executadas tanto pelas vozes quanto pelos instrumentos. A gente percebe a mudança atmosférica na igreja. Parece que naturalmente o ambiente eleva as almas para Deus.

    Em contrapartida, existem outras vezes que mesmo sendo a Missa, onde o que mais importa é o Cristo que se transforma no altar, sentimos como que uma nostalgia pelas músicas litúrgicas que são cantadas. Em umas vezes tem muito som de instrumentos, em outras muitas vozes desafinadas, gritadas e desarmonizas, mal cantadas, mal ensaiadas...

    Temos que encher a Igreja de Louvor mais que estes louvor seja belo em todos os sentidos. O Som da Igreja Matriz é um som bom e quando falta harmonia se torna desagradável aos ouvidos dos presentes. 

    As vezes os instrumentos estão pra um lado e os que cantam estão pra outros. Sei que muitas pessoas que tem o desejo de cantar e servir na Missa, mas é preciso bom senso. Nem todos os que dizem que cantam, de fato cantam. Lembrando que as Missas de Domingo são transmitas pela rádio e pela internet e que precisa de certa qualidade.

    Ainda não vi ninguém fazer este tipo comentário nas redes sociais, mas a gente que está assembleia percebe as pessoas comentando e com certa indisposição para acompanhar os cânticos.

    Há Missas que fico com dor de cabeça de tanto barulho dos cânticos que além de desafinados e mal tocados é muito e arrastado como se fosse Missa para defunto. Não me levem a mal, mas é isso e se alguém discorda, sinto muito.

    Vamos pensar um pouco sobre isso. Tenho certeza que se forem sinceros irão concordar comigo.

    E mais, porque que a beleza musical na igreja só ocorre em datas especiais, como termino de curso ou outros momentos importantes? É um caso a se pensar.

    Penso que em todas as missas deveria ser feito o melhor, seja na música liturgia como em todos os momentos da Missa. Isso, além de ser agradável e espiritual, atrai pessoas para Deus.

    Papa Francisco - Mãe de Deus é o título essencial de Nossa Senhora, explica Papa

    No primeiro dia do ano, a Igreja celebra a Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus
    Da Redação, com Rádio Vaticano
    missa papaO Papa Francisco presidiu na manhã desta quarta-feira, 1º, a Santa Missa da Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, na Basílica de São Pedro, no Vaticano. Concelebraram com o Santo Padre, um grande número de padres e vários bispos e cardeais presentes em Roma.
    Neste dia recorda-se também o 47º Dia Mundial da Paz, instituído pelo Papa Paulo VI. O tema proposto este ano foi “Fraternidade, fundamento e caminho para a paz”
    Na homilia, o Papa Francisco centrou sua reflexão na figura de Maria, Mãe de Deus, meditando aliturgia de hoje.
    Sobre a primeira leitura,  do Livro dos Números, que fala sobre a bênção que Deus sugerira a Moisés, para que fosse invocada sobre todo o povo, o Pontífice afirmou que é significativo ouvir estas palavras de bênção no início de um novo ano.
    “São palavras que dão força, coragem e esperança; não uma esperança ilusória, assentada em frágeis promessas humanas, nem uma esperança ingênua que imagina melhor o futuro, simplesmente porque é futuro. É uma esperança que tem a sua razão de ser precisamente na bênção de Deus; uma bênção que contém os votos maiores, os votos da Igreja para cada um de nós, repletos da proteção amorosa do Senhor, da sua ajuda providente”, disse.
    missa1Francisco explicou que os votos contidos nesta benção realizaram-se de forma plena em Maria, enquanto destinada a tornar-se a Mãe de Deus e “realizaram-se n’Ela antes de qualquer outra criatura”.
    “Mãe de Deus! Este é o título principal e essencial de Nossa Senhora. Trata-se duma qualidade, duma função que a fé do povo cristão, na sua terna e genuína devoção à Mãe celeste, desde sempre Lhe reconheceu.”
    Papa Francisco recordou o momento importante da história da Igreja Antiga, que foi o Concílio de Éfeso, no qual se definiu com autoridade a maternidade divina da Virgem.
    “Esta verdade da maternidade divina de Maria ecoou em Roma, onde, pouco depois, se construiu a Basílica de Santa Maria Maior, o primeiro santuário mariano de Roma e de todo o Ocidente, no qual se venera a imagem da Mãe de Deus – a Theotokos – sob o título de Salus populi romani. Diz-se que os habitantes de Éfeso, durante o Concílio, se teriam congregado aos lados da porta da basílica onde estavam reunidos os Bispos e gritavam: «Mãe de Deus!» Os fiéis, pedindo que se definisse oficialmente este título de Nossa Senhora, demonstravam reconhecer a sua maternidade divina. É a atitude espontânea e sincera dos filhos, que conhecem bem a sua Mãe, porque A amam com imensa ternura”.
    missaO Santo Padre afirmou ainda que Maria está presente “desde sempre” no coração, na devoção e no caminho de fé do povo cristão. “O nosso itinerário de fé é igual ao de Maria; por isso, a sentimos particularmente próxima de nós!”, ressaltou.
    O Pontífice explicou que o caminho de fé dos cristãos está “indissoluvelmente ligado a Maria”, desde o momento em que Jesus, quando estava para morrer na cruz,”no-La deu como Mãe, dizendo: ‘Eis a tua mãe!’”.
    “Estas palavras têm o valor de um testamento, e dão ao mundo uma Mãe. Desde então, a Mãe de Deus tornou-Se também nossa Mãe! Na hora em que a fé dos discípulos se ia quebrantando com tantas dificuldades e incertezas, Jesus confiava-lhes Aquela que fora a primeira a acreditar e cuja fé não desfaleceria jamais”, destacou.
    O Santo Padre explicou ainda que Maria torna-Se nossa Mãe, no momento em que perde o Filho divino. “O seu coração ferido dilata-se para dar espaço a todos os homens, bons e maus; e ama-os como os amava Jesus.”
    “A Mãe do Redentor caminha diante de nós e sempre nos confirma na fé, na vocação e na missão. Com o seu exemplo de humildade e disponibilidade à vontade de Deus, ajuda-nos a traduzir a nossa fé num anúncio, jubiloso e sem fronteiras, do Evangelho”, observou.
    Por fim, Francisco convidou os fiéis a confiarem à Maria “o nosso itinerário de fé, os desejos do nosso coração, as nossas necessidades, as carências do mundo inteiro, especialmente a sua fome e sede de justiça e de paz”.
    Fonte: Canção Nova

    MINHA AVALIAÇÃO SOBRE O PRIMEIRO ANO DE GESTÃO DE DR. IVONEIDE - PREFEITA

    Professor Valdeni Cruz

    Gostaria de fazer aqui um comentário breve sobre a Nova Gestão de Pentecoste. Muitos dizem não ter visto nada sendo feito durante o ano de 2013. Pensando honestamente comigo, será que não foi feito nada? Não seria um juízo de valor muito pesado e injusto sobre assunto? Ouvi aqui críticas sobre o Réveillon de ontem. Mas me lembro muito bem que quando foi pra realizar o carnaval, com 4 dias de festas todos criticaram muito a Prefeita por causa dos valores pagos durante o Carnaval por causa da seca, e agora o povo critica porque ela não gastou fortuna com uma banda de responsa como diz o pessoal. Não estaríamos sendo incoerentes? Não estaríamos nós julgando a Prefeita simplesmente pelo fato de queremos algum salvador da Pátria que não existe?  Quando se fala de construções de escolas, não é necessário, visto que o gestor antigo deixou todas ou quase todas em boas condições. Há claros, inúmeros problemas, como por exemplo, as nossas ruas que estão quase todas esburacadas e um monte de outras coisas ligadas a infraestrutura, mas creio que isto esteja sendo pensada para este e os próximos anos. Precisamos continuar acreditando que as coisas irão melhorar.

    Alguns dizem que a Prefeita está fechada no seu próprio mundo, não sabe se articular politicamente e muitas outras coisas que se escuta por ai. Esse tipo de comentário não seria somente porque a senhora Prefeita está tentando criar o grupo dela, como fazem todos. Poderíamos julgar somente por isso? Alguns por não serem beneficiados em continuarem nas tetas da prefeitura, como foi à vida toda, sentem-se injustiçados. Ao comentário destes não é bom se prender, pois os mesmos querem continuar como sempre: enriquecendo sem nada fazer. Quando estes são tirados do peitinho, das tetas, ai a revolta é completa. É só prestar atenção e você concordará comigo.

    Mas há críticas que considero justa. Uma delas é quanto a questão das demissões que houve durante o ano de 2013. E critico não pelo fato das demissões, mas pela falta de respeito para com os servidores, pois se dizia que não tinha como pagar estes funcionários e em menos de um mês todos estavam voltando. Há ainda outros fatos negativos, como é o caso de não haver aumento para aos servidores, que no caso, já são oito anos sem aumento.

    Mas tenho que dizer que durante o ano passado vi a Senhora Prefeita querendo colocar ordem na casa. Saber quem são os profissionais desse município que muitas vezes não se sabe quem são, onde estão, como estão e o que de fato fazem. Mas a verdade é que o povo não está contente e, portanto, tem feito duras críticas a atuação da prefeita dizendo não saber o que ela tem feito.

    Particularmente acredito que estas dificuldades devam-se ao primeiro ano de gestão, que mesmo tendo recebido o município numa condição mais ou menos favorável, é sempre difícil gerir um município grande como o nosso. Como não tem grandes volumes de recursos próprios, está sempre a mercê do Governo Federal. Mas isso não significa ficar parado vendo o tempo passar sem nada fazer, que não creio que seja o caso, pois se escuta que há muitos recursos a serem liberados para obras no futuro.

    Um fato importante que precisa ser citado é quanto à realização do Concurso Público, que deveria ter saído até o fim de 2013 e não saiu. Espera-se que aconteça logo nestes primeiro meses do ano.

    Preciso ainda fazer um destaque quanto a disposição da Senhora Prefeita para o diálogo. O sindsep, por exemplo tem mantido uma mesa de negociação permanente. Durante o ano de 2013 a Prefeita esteve aberta a conversa com as diversas realidades da sociedade como as associações, vereadores, trabalhadores, estudantes para tentar fazer um governo mais participativo. Isso deve ser visto com bons olhos.

    Durante o ano de 2013 aconteceram mudanças na educação, como por exemplo, a implantação de 1/3 de planejamento, onde o mesmo causou alguns prejuízos quanto à organização, mas que era preciso que acontecesse, pois do contrário o transtorno seria agora neste começo de ano. E já agora no final do ano, houve mais uma baixa para a Senhora Prefeita, que não é culpa dela, pois como disse o Dr. Valdecy, é uma herança maldita que ela herdou da gestão anterior, que por arrogância não fez o que tinha que ser feito, que foi a causa do salário mínimo que estava na justiça há sete anos e agora saiu. É um momento difícil, precisa mexer em toda estrutura de pessoal e com certeza algumas insatisfações serão geradas. Mas isso se deve a irresponsabilidade daqueles que agem como imperadores achando que podem tudo e no fim acabam prejudicando a todos.

    Portanto, sejamos justos ao fazermos julgamentos. Não levemos nunca pro lado pessoal. Que nossas análises sejam feita sempre de forma abrangente para não sermos levados a erros.

    Esperamos que neste ano 2014 nossos munícipes possam respirar melhores ares. Que nossas  mídias tenham o prazer de divulgar muitas coisas boas e positivas para todos.

    Que 2014 sejam o ano de muitas realizações pra todos nós que residimos esta linda cidade.

    segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

    NOSSA JUVENTUDE

    O QUE PENSAM OS JOVENS?

    Quer saber o que os jovens pensam? Então vá procurá-los. Eles dizem o que sentem de perto pra nós professores. Eu escuto todos os dias seus anseios, seus medos, suas dúvidas.... Como educador tento o tempo todo animá-los a irem adiante e enfrentarem os desafios da vida. Eles se empolgam mas a vida é cruel com muitos deles. Alguns destes meninos tem no olhar o ar da tristeza e do abandono da vida para com eles. É nestas horas que eu, mesmo não concordando, entendo suas atitudes diante da tentação de alguns reais oferecidos pelos candidatos para que estes votem pelo dinheiro. Falo com veemência sobre o assunto, mas a realidade e muita dura. Você pode imaginar um jovem com 15, 16...25 anos sem ter uma roupa digna, um sapato digno, uma certa quantia de dinheiro para ir uma festa, tomar um sorvete, presentear o(a) namorado (a) ir a um ambiente de lazer? Pois é são estes jovens que nós professores temos em nossas humildes salas de aula. Eles dizem pra gente: será mesmo professor que tem alguém que pense com sinceridade num futuro pra nós? Muitas vezes temos que engolir a seco porque não temos respostas para lhes dar. E não temos porque já estamos um pouco mais experientes do que eles. O que digo é que a vida realmente não é fácil, mas muitos conseguiram vencer os desafios e estão indo em frente. É preciso crer e fazer alguma coisa. Só não podemos é ficar parado vendo o trem passar...

    Muitos de nós já sofremos o pão que o diabo amassou para chegarmos aonde chegamos. E em nosso tempo também ouvíamos promessas de pessoas dizendo que o nosso futuro seria brilhante mas era tudo ilusão. Será que poderíamos esperar por dias melhores desta vez. 

    Nossa juventude tem sonhos e elas acreditam, mas se estes sonhos não se realizam ai vem as frustrações e é neste momento que muitos pensam em entrar noutros caminhos. 
    Portanto, é hora de investir nos sonhos da juventude. São eles que construirão o nosso futuro, mas eles tem que ver este começar a acontecer agora

    Professor Valdeni Cruz

    CONHECENDO UM POUCO DE ALGUNS FILÓSOFOS

    David Hume (1711 -1776)

    David Hume (1711 -1776)
    Filósofo escocês que chegou a afirmar que, além da experiência, é preciso algo mais que permita a construção do conhecimento: o hábito.

    Baruch Spinoza (Benedito Espinosa) (1632 -1677)

    Baruch Spinoza (Benedito Espinosa) (1632 -1677)
    Filósofo luso-holandês, escritor da Ética Demonstrada à Maneira dos Geômetras.

    John Locke (1632 - 1704)

    John Locke (1632 - 1704)
    Filósofo inglês, empirista. Dizia que a mente é como uma tabula rasa (papel em branco), na qual as informações sensoriais, advindas da experiência, são escritas, gravadas.

    René Descartes (1596 -1650)

    René Descartes (1596 -1650)
    Filósofo e matemático francês, famoso pela frase "Penso, logo existo.", na qual resume um forte racionalismo. Desenvolveu as coordenadas cartesianas.

    Isaac Newton (1642 -1727)

    Isaac Newton (1642 -1727)
    Matemático e cientista inglês que fez descobertas fundamentais a respeito da luz, da gravidade, do movimento, dentre outras.

    João Kepler (1571 - 1630)

    João Kepler (1571 - 1630)
    Matemático e astrônomo alemão responsável pela descoberta das órbitas elípticas. As órbitas não são circulares, como se pensava até Copérnico e Galileu, mas têm uma forma elíptica.

    Galileu Galilei (1564 - 1642)

    Galileu Galilei (1564 - 1642)
    Matemático e astrônomo moderno que defendeu o heliocentrismo e pôs abaixo muitas das teorias de Aristóteles.

    Nicolau Copérnico (1473 - 1543)

    Nicolau Copérnico (1473 - 1543)
    Astrônomo e matemático polonês que propôs o heliocentrismo moderno.

    Guilherme de Ockham (1285-1347/1349?)

    Guilherme de Ockham (1285-1347/1349?)
    Teólogo e filósofo inglês. Refletiu sobre teologia, lógica, filosofia geral e política.

    João Duns Scoto (c. 1266-1308)

    João Duns Scoto (c. 1266-1308)
    Filósofo escolástico escocês.

    Raimundo Lúlio (1232-1316)

    Raimundo Lúlio (1232-1316)
    Filósofo escolástico catalão.

    Roger Bacon (1214-1294)

    Roger Bacon (1214-1294)
    Teólogo e filósofo inglês. Deu ênfase à experiência no conhecimento da realidade e ao cálculo matemático.

    Tomás de Aquino (1224-1274)

    Tomás de Aquino (1224-1274)
    Teólogo e filósofo escolástico. Escreveu várias sumas, das quais se destaca sua conhecida Suma Teológica, na qual aplica filosofia como instrumento de maior compreensão da teologia, principalmente a filosofia aristotélica.

    Alberto Magno (1193-1280)

    Alberto Magno (1193-1280)
    Teólogo e filósofo escolástico, foi mestre de Tomás de Aquino. Um dos grandes estudiosos e divulgadores da filosofia aristotélica de seu tempo.

    Roberto de Grosseteste (1175-1253)

    Roberto de Grosseteste (1175-1253)
    Filósofo escolástico de grande influência na Inglaterra e na Europa.

    Bernardo de Claraval (1090-1153)

    Bernardo de Claraval (1090-1153)
    Iluminura medieval retratando o filósofo.

    Pedro Abelardo e Heloísa (seg. met. do século XI e primeira met. do séc. XII)

    Pedro Abelardo e Heloísa (seg. met. do século XI e  primeira met. do séc. XII)
    Filosofia e paixão no mundo medieval.

    Anselmo (1033 a 1109)

    Anselmo (1033 a 1109)
    Teólogo e filósofo italiano.

    Moisés ben Maiônides (1135-1204)

    Moisés ben Maiônides (1135-1204)
    Filósofo, matemático e físico judeu.

    Ibn Gabirol (1021-1058)

    Ibn Gabirol (1021-1058)
    Filósofo e poeta judeu espanhol.

    Avicena (980-1037)

    Avicena (980-1037)
    Filósofo islâmico de grande influência no pensamento medieval.

    Al-Kindi (801-873)

    Al-Kindi (801-873)
    Filósofo árabe medieval.

    Iluminura Medieval contendo o zodíaco.

    Iluminura Medieval contendo o zodíaco.
    No mundo medieval o estudo dos astros ligava-se também à astrologia.

    Iluminura medieval

    Iluminura medieval
    Imagens e gravuras enriqueciam os conteúdos dos manuscritos medievais.

    Boécio (c.480-524).

    Boécio (c.480-524).
    Iluminura medieval retratando Boécio na prisão.

    Aurélio Agostinho (354-430)

    Aurélio Agostinho (354-430)
    Teólogo cristão, um dos Padres da Igreja, cujo pensamento ecoou por toda a Idade Média. Sofreu influência particular do Neoplatonismo. Patrística 6.

    Jerônimo (345-419)

    Jerônimo (345-419)
    Tradutor da Bíblia, dos originais para o latim. Sua tradução é conhecida como Vulgata. Patrística 5.

    Tertuliano (160-220)

    Tertuliano (160-220)
    Apologeta do cristianismo. Patrística 4.

    Clemente de Alexandria (c.150-215)

    Clemente de Alexandria (c.150-215)
    Patrística 3.

    Irineu (140?-202)

    Irineu (140?-202)
    Ferrenho opositor às heresias de seu tempo. Defensor do cristianismo. Patrística 2.

    Justino Mártir (c.100-165)

    Justino Mártir (c.100-165)
    Um dos primeiros apologistas do cristianismo. Patrística 1.

    Paulo de Tarso (séc. I)

    Paulo de Tarso (séc. I)
    Um dos grandes pregadores cristãos, defrontou-se com a filosofia grega no Areópago, em Atenas, numa discussão com filósofos e intelectuais gregos a respeito do cristianismo e de suas bases.

    Jesus e João Batista (séc. I)

    Jesus e João Batista (séc. I)
    Início do Cristianismo

    Zenão de Cício (final do séc.IV-início do séc. III a.C.)

    Zenão de Cício (final do séc.IV-início do séc. III a.C.)
    Estoicismo

    Epicuro (341-270 a.C.)

    Epicuro (341-270 a.C.)
    Fundador do Epicurismo

    Pirro (c.360-c.272 a.C.)

    Pirro (c.360-c.272 a.C.)
    Ceticismo

    Diógenes de Sínope (c.412-323 a.C.)

    Diógenes de Sínope (c.412-323 a.C.)
    Aluno de Antístenes, um dos cínicos.

    Antístenes (c.444-c.371 a.C.)

    Antístenes (c.444-c.371 a.C.)
    Fundador do Cinismo.

    O fogo.

    O fogo.
    Heráclito, com certeza, olhava os fenômenos naturais e se admirava da força do fogo, a ponto de tomá-lo como princípio.

    INFORMAÇÕES DO TCE - MUNICÍPIO DE PENTECOSTE

    PARA OS QUE GOSTAM DE FICAR INFORMADOS E SABER DE DADOS VERDADEIROS, DISPONHAM LEIA TUDO E SE INFORME. ESSES SÃO DADOS OFICIAIS. NÃO ES...