sábado, 8 de outubro de 2011

Simon pede aos jovens que saiam às ruas na Segunda Marcha contra a Corrupção



Senador lembrou que país lutou contra a tortura quando a democracia parecia um sonho distante
O senador Pedro Simon (PMDB-RS) conclamou os jovens brasileiros, nesta sexta-feira (7), para que saiam às ruas para apoiar a Segunda Marcha contra a Corrupção, que está sendo programada para diversas capitais em 12 de outubro. Organizado por redes sociais, o movimento busca fortalecer a Lei da Ficha Limpa e pressionar pela aprovação de proposta de emenda constitucional, atualmente na Câmara dos Deputados, que torna os votos no Congresso obrigatoriamente abertos.
- Onde você estiver, vá para a rua. Exija. Cobre. Se quiser dizer desaforo de nós, diga, mas vá para a rua. Vou ficar de longe, não quero aparecer porque acho que deve ser deles, dos jovens, os políticos não têm que se meter – afirmou.
Simon fez o chamamento ao fim de seu pronunciamento em Plenário contra a corrupção. Nessa luta, disse que as trincheiras não podem ficar vazias, já que “os corruptos e corruptores não dão trégua”. Aproveitou para criticar a forma trivial como a corrupção é vista e a ideia de que ela é necessária para evitar que as “engrenagens da máquina pública emperram”.
- O noticiário já deu conta, inclusive, de empresários que colocam, naturalmente, a corrupção no campo da despesa, como custo, na mesma contabilidade da mão-de-obra, da energia elétrica, dos insumos, dos impostos e tantos outros dispêndios mais nobres – comentou.
Submundos do poder
Simon lembrou que, por muito tempo, o país lutou contra a tortura nos “submundos do poder”, quando a democracia também parecia um sonho distante. Mas o povo açodou e foi às ruas para restaurar a liberdade. No entanto, conforme ressalvou, aqueles submundos não foram totalmente desativados e a tortura agora se expressa pelo “analfabetismo, a dor e a fome”.
- E quem nutre essa mesma tortura dos nossos tempos é a corrupção. Quem a embala, a falta de ética. E quem a protege é a impunidade – apontou, em seguida cobrando atitude do Judiciário.
Ainda de acordo com Simon, a presidente Dilma Rousseff tem hoje papel decisivo na luta contra a corrupção. Antes dela, ele disse que os acusados se valiam da “defesa discursiva” dos presidentes.Destacou inclusive comentário do ex-presidente Lula citado em reportagens, no qual ele sustenta que “político não pode tremer quando for acusado” e que deve ter “casco duro” diante das acusações, para dizer que está certo e não acabar caindo [de cargos].
- Ora, político não tem que ter casco duro. Político tem que ter as mãos limpas – criticou.
Em aparte, o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) aproveitou para criticar a tese do “rouba, mas faz”, com a qual muita gente já teria se acostumado. Ressalvou ainda que Simon não está só em sua luta contra a corrupção, pois muitos brasileiros sonham – se não com o fim – com a drástica redução da corrupção.

Internet Banda Larga no Ceará

Agência Estado

Até 2014
Bela Cruz, Cruz, Granja, Icapuí e Paraipaba serão os primeiros municípios cearenses atendidos pelo serviço de banda larga nos moldes do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL). De acordo com o Ministério das Comunicações, a conexão será de 1 megabit por segundo. No Ceará, a operadora Oi será a concessionária responsável.

Segundo acordo firmado entre governo e teles, até 2014 todos os municípios deverão contar com oferta de internet em alta velocidade por R$ 35.

Para o diretor do Departamento de Banda Larga do MiniCom, Artur Coimbra, a intenção dessa divulgação do Ministério das Comunicações é permitir que o usuário tenha o acesso mais transparente possível aos locais onde essa oferta já existe. “É uma lista para que o cidadão tenha claro para si onde já existe essa oferta, para que ele possa, de posse dessa informação, cobrar a prestação do serviço no município onde reside”, avalia o diretor.

Nesta primeira etapa, foram contemplados 344 municípios em 18 Estados brasileiros. A lista deverá ser atualizada a cada semestre, a partir de informações fornecidas pelas próprias concessionárias.

Aniversário
A cearense AVANZ , do ramo de tecnologia, comemora 14 anos de atuação no mercado de comunicação digital neste sábado, 8. A empresa, do grupo NSBC, é capitaneada pelos empresários Paulo Santiago, Felipe Borges, André Nogueira e Paulo Capelo. Meus Parabéns!

Kit
A Targus e o Sam’s Club montaram um kit de acessórios para usuários de notebooks. São quatro produtos: uma mochila de nylon, um mouse sem fio, um antivírus e um pen-drive de 4GB.

Preço Sugerido: R$ 199

Descontos
Os acessórios dos consoles Playstation 3 e Playstation 2 terão os preços reduzidos no Brasil durante o mês de outubro. O kit do controle sensível a movimentos Move (extensão Navigation Controller, câmera e um game) será vendido por R$ 500, um desconto de R$ 300.

Outros dispositivos entrarão neste mês de descontos. É o caso do joystick avulso, que vai custar R$ 200, o valor original é de R$ 450. Já a câmera PlayStation Eye, vendida por R$ 230, passa a ser vendida por R$ 100.

No caso do Playstation 2, o controle DualShock 2 será vendido por R$ 60 e o Memory Card de 8 MB por R$ 30.

O console PlayStation 3 (160 GB) será comercializado a R$ 1,4 mil até o final de outubro.

iPods disponíveis
Os novos iPods já podem ser comp rados pelo site oficial da Apple no Brasil. O novo modelo, que foi lançado na última terça-feira, 4, tem um prazo de entrega de até três semanas. Entre as novidades, a Apple adotou também a cor branca no modelo Touch.

Preços:

O iPod Touch: de 8GB custa R$ 730, o de 32GB sai por R$ 1.080 e a versão de 64GB, por R$ 1.429.

O iPod Nano também está disponível para entrega. O modelo de 8 GB custa R$ 580 e o de 16 GB sai por R$ 680

Fifa 12
Na primeira semana de lançamento o "Fifa 12", da Electronic Arts, já vendeu 3,2 milhões de unidades. O game chegou às lojas norte-americanas e europeias no dia 27. O título bateu recorde de vendas de um jogo de esportes em 2011. Amantes do Fifa já realizaram 8 milhões de partidas por meio da internet.

Liberada
A compra do Skype pela Microsoft foi autorizada pela União Europeia na última sexta-feira, 7. A companhia vai ser adquirida por US$ 8,5 bilhões. A Comissão dos Estados Unidos aprovou a aquisição em junho.

O objetivo da Microsoft é diversificar seus serviços e atrair mais clientes para os serviços Microsoft Windows e o pacote Office.

Tags
Jobs já sabia há 8 meses de estado terminal, afirma médico

Chineses já vendem iPhone 4S falso

Netflix teve 1 mi de horas consumidas no Brasil

Michel Victor
Editor de Conteúdo Digital do O POVO

Michel Victor
michelvictor@opovodigital.com

Evangelho de Lucas 11,27-28


Sábado, 08 de outubro de 2011

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, enquanto Jesus falava, uma mulher levantou a voz no meio da multidão e lhe disse: “Feliz o ventre que te trouxe e os seios que te amamentaram”.
Jesus respondeu: “Muito mais felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a põem em prática”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

Código florestal pode incentivar preservação


Agência Estado


O senador Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC), relator de duas comissões do Senado pelas quais a reforma de Código Florestal ainda será analisada, afirmou ontem que incluirá no projeto de lei incentivos econômicos para quem preservar florestas.
Em teoria, a ideia é vista com simpatia tanto por ruralistas quanto por ambientalistas. O senador disse, em evento para debater o Código em São Paulo, que estuda várias sugestões de beneficiar quem mantiver as árvores em pé em suas propriedades e deu exemplos do que pode ser colocado na lei.
De acordo com Silveira, uma das sugestões, a de criar um "papel verde nacional", partiu da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). "Se um estudo de impacto ambiental determinou que o projeto de uma indústria vai gerar um dano ambiental X, essa indústria então compraria papéis verdes de um cidadão que tem uma floresta. Ou seja, transforma-se a floresta num bem econômico ou, mais simplesmente, faz a árvore em pé valer mais que a árvore cortada", explica.
Segundo ele, quem cortou a vegetação irregularmente e estiver sendo multado também poderia converter a multa na compra desse papel de preservação. "Esse papel é negociável em bolsa, cria-se um ativo circulante para o País. Hoje, apesar de termos a maior floresta do mundo, só obtemos 4% do seu valor econômico."
Outra ideia em avaliação partiu do senador Eduardo Braga (PMDB-AM). Ele sugere criar um fundo a partir de recursos da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), cobrada sobre combustíveis, dos Fundos Constitucionais de Financiamento do Norte, Nordeste e Centro-Oeste e outras fontes tributárias para remunerar os pequenos produtores rurais.
"O eixo dessa lei, hoje, é a do comando e controle. Ela estabelece normas e procura a preservação por meio de ameaças punitivas. Vamos mudar e o eixo principal será o econômico. O homem se move pelo bolso", afirma. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

A VOZ DO SINDSEP

Não perca daqui a pouco o Programa A VOZ DO SINDSEP.
APRESENTAÇÃO PROFESSOR VALDENI CRUZ.
Muitos assuntos serão discutidos e você é nosso maior incentivo.
O sindicato dos servidores públicos de Pentecoste sente-se lisonjeado pela sua audiência.

Hoje teremos um texto motivacional espetacular.
falaremos também sobre o dia dos professores.
problemas na educação do Brasil.

Curso de Mídia que esta acontecendo na Escola Etelvina. Muitos talentos serão revelados neste curso.
Estamos nos aproximando do dia da criança.  

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Novenário de Santa Edvirgens na Comunidade de Sítio do Meio - Pentecoste-Ceará



Hoje, 07 de outubro de 2011 iniciou-se o novenário de Santa Edvirgens na comunidade de Sítio do Meio, Pentecoste, Ceará.
Hoje o asteamento da Bandeira e primeira novena. Por graça divina eu fui o primeiro a celebrar e abrir o novenário. Com uma comunidade acolhedora e fervorosa, louvamos a Deus e cantamos Louvores a santa das causas impossíveis, como é conhecida a santa pelo povo.
Foi maravilhoso ver aquele povo cantando  e desejoso de ouvir a palavra de Deus. Também estiveram presentes pessoas da Pedra Branca, Ferrão, entre outras. A igrejinha ficou lotada. Foi uma benção.
O Evangelho de hoje tratou da visita do Anjo Gabriel a Maria, se tornaria a mãe do Salvador, o Senhor Jesus Cristo. Ele a chamou de cheia de graça e disse que ela era agraciada diante de Deus e por isso recebeu a honra de ser mãe do Salvador.

CONHEÇA ABAIXO UM POUCO DE SANTA
EDVIRGENS


Imagem da Santa EdwigesNasceu em uma região na Europa Central chamada Silésia, entre Alemanha Oriental e Polônia, no século XVI, ano de 1174. Filha de Bertoldo de Andech, Marquês de Meran e Conde do Tirol e de Inês, filha do Conde de Rottech, família muito numerosa e dotada de grandes riquezas e poderes. Edwiges foi criada com carinho, conforto e uma boa base religiosa.
Aos seis anos foi internada no Mosteiro de Kicing, onde recebeu uma rígida educação, aprendeu as Sagradas Escrituras e foi preparada para vida.
Ao completar doze anos, seu pai arranjou-lhe um noivo chamado Henrique, Duque da Silésia, mais tarde Duque da Polônia. Seu encantamento foi grande ao conhecer sua Noiva dotada de grande beleza interior.
Seu  aconteceu no ano de 1186, com a presença de nobres famílias, este acontecimento marcou a época, com longas comemorações de grande estilo. No final, Edwiges parte com seu marido, tornando-se a grande Duquesa da Silésia e da Polônia.
Em seu novo lar, ela assumiu seu papel de dona de , e em pouco  conquistou todos os que estavam sobre suas ordens através da forma carinhosa de tratá-los. Transformou seu lar num grande templo de Deus, onde era respeitada e amada por todos. Aos treze anos foi mãe pela primeira vez, trazendo  e luz, com o passar do tempo sua família cresceu ainda mais, ficando com o total de seis filhos. Alguns anos passaram, e por razões de rivalidades, ocorreram grandes conflitos no seio de sua família. Infelizmente por causa destas contendas a Duquesa Edwiges derramou muitas lágrimas.
Apesar de todo sofrimento ela encontrou na sua fé em Deus, forças para consolar parentes seus mais próximos. Com o passar do tempo Edwiges desapegou-se das coisas materiais e foi morar com seus amigos nas dependências do Mosteiro.
Seu marido tinha construído o Mosteiro de Trebnitz, e após sua morte, Edwiges continuou sua obra com dedicação.
Edwiges dedicou inteiramente sua vida aos pobres, doentes e aos trabalhos monásticos. Foi a personificação da humildade, amor, solidariedade, caridade e fé! Era fiel a todas as regras monásticas, mas não fez os votos religiosos! Pois queria beneficiar, pessoalmente e melhor, seus irmãos com suas riquezas.
Ela possuía virtudes de grande nobreza celestial! E as punha em prática sempre nos momentos conturbados em que conservava sua serenidade e paciência. Sua vida foi bastante austera, com penitências e jejuns. Sua vida era uma grande oração, pois seguia os exemplos dos Santos de sua Igreja. Quando Edwiges se recolhia para orar entrava num estado de graça que a fazia levitar, e certa vez foi flagrada por um Ministro de nome Boguslau que ficou deslumbrado com o quadro angelical que vira.
Sua missão na terra, com seus irmãos carentes de pão material e espiritual, consumiu inteiramente sua vida; pois ela renunciou a tudo para seguir os ensinamentos de Deus!
Certo dia Edwiges recebeu uma nobre visita de uma senhora chamada Myleísa, e passaram muito tempo a conversar. Quando chegou a hora da despedida Edwiges queria beijá-la pela última vez, pois já previa sua ida para a eternidade.
Quando se aproximava o momento de sua enfermidade, ela avisou a todos do seu convívio, chamou seu confessor Frei Mateus para ministrar o Sacramento da Unção dos Enfermos.
Foram dias de preparação para o dia de sua partida, com dias de muitas orações. Edwiges recebeu visitas de muitos Santos, foram momentos de graça e luz para todos, e finalmente no dia 15 de Outubro de 1243 ela caminhou rumo ao Pai Celestial.
Após sua morte milhares de pessoas conseguiram muitas graças por sua intercessão, e foram feitos longos estudos de sua vida e finalmente ela foi canonizada numa Missa solene no dia 15 de Outubro de 1267. Podendo ser chamada de Santa Edwiges “Protetora dos Endividados”.
  • Sincretismo da Santa Edwiges: Não há.
  • Devoção da Santa Edwiges: Protetora dos Pobres e Endividados.
  • Data Comemorativa: 16 de Outubro.

Terminou a greve dos professores estaduais do Ceará.


Após dois meses de paralisação, os professores estaduais suspenderam a greve após assembleia realizada no ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza, nesta sexta-feira (7).

O sindicato dos professores da rede estadual do Ceará (Apeoc) decidiu em assembleia nesta sexta-feira suspender a greve da categoria, que já dura mais de dois meses. A suspensão, de acordo com a assessoria de imprensa da Apeoc, é de 30 dias. Na segunda-feira (10), segundo o sindicato, as aulas voltam ao normal.
Também na segunda-feira, representantes do comando de greve e do Governo do Estado terão uma nova rodada de negociação. A decisão foi tomada em votação cujos votos não foram contados. De acordo com o assessor jurídico do sindicato, “foi visível que a opção pela suspensão ganhou, a OAB estava de prova”.
Ainda segunda o assessor, no dia 10 de novembro a categoria terá uma nova assembleia e irá decidir se foi “contemplada pelas propostas do governo”. Bezerra diz que durante a suspensão da greve, os professores vão continuar com manifestações nas ruas e reivindicando melhores salários.
A principal reivindicação da categoria é a repercussão do salário entre os professores com ensino superior. Os professores com ensino médio tiveram o salário reajustado de R$ 800 para R$ 1.187. O reajuste não foi repassado aos demais professores, reclama o sindicato.
Representado do Fundo de Participação da Educação (Fundeb) propuseram um aumento de salário usando verba do próprio fundo, sem onerar o Estado para aumentar o salário dos professores. A proposta do Fundeb reajusta o salário dos professores com ensino médio para R$ 1.400 (em vez do atual R$ 1.187) e de professores com ensino superior para R$ 1.820, (atualmente é R$ 1.400). A secretária de Educação do Estado, Izolda Cela, diz que a reivindicação dos professores é “irrealizável”.
Durante a negociação com o governo, o assessor jurídico do sindicato diz que vai traçar planos para repor as aulas que os alunos sofreram durante a greve. "Queremos que os alunos não sejam prejudicados, principalmente os que vão prestar vestibular e o Enem."

Verdes Mares

Correspondência parada chega a 160 milhões com a greve dos correios




Estatal estima mais sete dias para regularizar a entrega do estoque.
Segundo vice-presidente, 80% do efetivo continua trabalhando.

Débora SantosDo G1, em Brasília
ssembleia no DF rejeita proposta da direção dos Correios (Foto: André Dusek/AE)Assembleia no DF rejeita proposta da direção dos
Correios; segundo estatal, 80% dos funcionários 
continuam trabalhando (Foto: André Dusek/AE)
Após 25 dias de greve dos trabalhadores, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrados (ECT) contabiliza 160 milhões de correspondências estocadas nas unidades em todo o Brasil. A estimativa da estatal é de que em alguns estados sejam necessários até 7 dias para regularizar a entrega desse estoque.

O vice-presidente de Recursos Humanos e Gestão dos Correios, Larry Almeida, afirmou nesta sexta-feira (7) que apenas os serviços prioritários estão sendo atendidos e cerca de 80% do efetivo permanece trabalhando.

Terminou sem acordo a audiência de conciliação realizada nesta sexta entre os trabalhadores e a diretoria dos Correios. Diante do impasse, o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), João Oreste Dalazen, determinou a abertura de dissídio coletivo que será julgado na próxima terça-feira (11). O acordo não foi possível porque os representantes dos funcionários não aceitam o desconto dos dias não trabalhados durante a greve.

"Sentimos [o impacto da greve] fortemente nas áreas operacionais onde teve maior adesão ao movimento. Nós estamos com operações contingenciais para dar andamento às correspondências. Existe em algumas localidades esse atraso mais acentuado, onde houve mais adesão. Nós temos unidades operacionais onde a adesão foi muito forte ao movimento. Então, nessas unidades abaixo de 40% de efetivo estão contrariando a decisão", afirmou o representante dos Correios.

Debatedores defendem metas regionais no PNE para qualificação de professores

Em reunião hoje, deputados e representantes de entidades também discordaram sobre os impactos da participação do capital estrangeiro nas instituições de ensino nacionais.
Brizza Cavalcante
Dep. Lelo Coimbra (PMDB/ES)
Lelo Coimbra: primeira versão do relatório sobre a proposta será apresentada no dia 19.
O representante do Fórum das Entidades Representantes do Ensino Superior Particular Antônio Carbonari Neto defendeu nesta quarta-feira (5) a adoção de metas regionais no Plano Nacional de Educação (PNE – PL 8035/10) para a qualificação dos professores universitários. O projeto, que estabelece metas para a educação brasileira nos próximos dez anos, está sendo analisado por uma comissão especial da Câmara. A deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO), que integra o colegiado, também reivindicou o exame de indicadores estaduais para a definição dos objetivos.
A proposta, do Executivo, prevê a ampliação do número de mestres e doutores para 75% do corpo docente até 2020. Desse total, pelo menos 35% deverão ser de doutores. O texto não prevê diferenças entre estados ou regiões. “Do jeito que está, a meta não é factível. O Brasil é um continente de várias formas e o instrumento de medida deve levar em consideração as particularidades de cada localidade”, afirmou Carbonari Neto.
Professora Dorinha acrescentou que os professores dos estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste têm mais dificuldades para frequentar cursos de pós-graduação. “Uma universidade, para oferecer cursos de pós-graduação, tem de cumprir uma série de requisitos, além de contar com um quadro docente antigo. Lá no meu estado (TO) e em muitos outros, será difícil cumprir essa meta, porque os professores deverão fazer mestrado e doutorado em outros locais e as universidades não poderão liberá-los todos de uma só vez”, explicou.
Carbonari Neto também propôs o estabelecimento de metas intermediárias durante os dez anos de vigência do PNE. Dessa forma, o aumento da qualificação dos docentes seria verificado em etapas, a cada dois anos, por exemplo. Segundo ele, as metas do último plano nacional, que vigorou até o ano passado, não foram cumpridas em sua maioria. “Isso porque faltou acompanhamento direto. Se não se faz nada em nove anos, não será em um que se irá fazer. É preciso evitar que ocorra esse mesmo problema novamente”, disse.
As declarações foram dadas durante reunião da comissão especial do PNE. No encontro, o presidente do colegiado, deputado Lelo Coimbra (PMDB-ES), informou que a primeira versão do relatório sobre o projeto deverá ser apresentada no próximo dia 19. O texto será elaborado pelo relator, deputado Angelo Vanhoni (PT-PR). Após essa etapa, os parlamentares terão o prazo de cinco sessões para apresentar novas emendas.
Capital estrangeiro
Outro tema discutido na reunião foi a participação do capital estrangeiro nas instituições de ensino nacionais. A coordenadora-geral da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Contee), Madalena Guasco Peixoto, alertou para o que chamou de “desnacionalização da educação”. De acordo com ela, a abertura do capital das escolas e a compra dessas ações por empresas estrangeiras têm impacto negativo na qualidade do ensino. “A consequência é a padronização de material didático, ensino a distância de blocos de disciplina e desvalorização do aluno – tudo em favor da valorização das ações”, sustentou.
O vice-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), André Luiz Vitral Costa, concordou com Madalena: “Essa é uma ameaça à soberania nacional, pois a maximização dos lucros se dá por meio da precarização do ensino”.
Os argumentos, contudo, foram criticados por Carbonari Neto: “Mesmo com a abertura do capital, a empresa continua nacional, ou seja, não há desnacionalização”. O deputado Dr. Ubiali (PSB-SP) também não viu relação direta entre abertura de capital e queda de qualidade do ensino. “Temos de nos preocupar, isso sim, é em instituir meios que garantam que todas as escolas tenham qualidade e que elas sejam acessíveis a todas as pessoas”, argumentou.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Carolina Pompeu
Edição – Marcelo Oliveira

Educação instala subcomissão sobre piso nacional do magistério

A subcomissão especial criada pela Comissão de Educação e Cultura para fazer um diagnóstico sobre a implementação do piso salarial nacional do magistério será instalada hoje. O piso salarial atualmente é de R$ 1.187 para 40 horas semanais e vale para todos os professores que atuem da educação infantil ao ensino médio.
O objetivo da subcomissão é fazer um levantamento em todos os estados para averiguar se a Lei 11.738/08, que instituiu o piso, está sendo cumprida. As visitas começarão por Minas Gerais e Ceará, onde os professores, em greve, reivindicam o pagamento do piso.
"Queremos saber se os estados e municípios estão pagando o piso salarial e se, além disso, existem planos de carreira para os professores e se eles estão sendo cumpridos”, explicou a presidente da comissão, deputada Fátima Bezerra (PT-RN). Ela lembra que a lei 11.738/08 foi aprovada por unanimidade pela Câmara dos Deputados e, portanto, é prerrogativa do Parlamento zelar pelo seu cumprimento.
Os trabalhos da subcomissão serão feitos em parceria com a Frente Parlamentar Mista em Defesa do Piso Salarial Nacional dos Professores.
Apesar de a lei 11.738/08 ter a constitucionalidade reafirmada pelo Supremo Tribunal Federal, ainda não é cumprida em muitos estados e municípios.
A reunião será realizada às 10 horas, no Plenário 11.
Da Redação/WS

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara de Notícias'

Lula recebe honoris causa em Paris sob aclamação. A Globo é contra



    Saiu no Estadão:

    Aclamado por estudantes, Lula recebe honoris causa em Paris


    Recebido como pop-star, ex-presidente elogia o próprio mandato e dá conselhos à Europa em crise durante cerimônia


    Andrei Netto, correspondente de O Estado em Paris


    PARIS – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve uma recepção de pop star neta terça-feira, 27, em Paris, durante a cerimônia de entrega do título de doutor honoris causa pelo Instituto de Estudos Políticos (Sciences-Po), o maior da França. Em seu discurso, o ex-chefe de Estado enalteceu o próprio mandato e multiplicou os conselhos aos líderes políticos da Europa, que atravessa uma forte crise econômica. Antes, durante e depois, Lula foi ovacionado por estudantes brasileiros, na mais calorosa recepção da escola desde Mikhail Gorbachev.


    A cerimônia foi realizada do auditório do instituto, com a presença de acadêmicos franceses e de quatro ex-ministros de seu governo: José Dirceu, Luiz Dulci, Márcio Thomaz Bastos e Carlos Lupi. Vestido de toga, o ex-presidente chegou à sala por volta de 17h30min, acompanhado de uma batucada promovida por estudantes. Ao entrar no auditório, foi aplaudido em pé pela plateia, aos gritos de “Olé, Lula”.


    Em seguida, tornou-se o primeiro latino-americano a receber o título da Sciences-Po, já concedido a líderes políticos como o tcheco Vaclav Havel. Em seu discurso, o diretor do instituto, Richard Descoings, se disse “entusiasta” das conquistas obtidas pelo Brasil no mandato do petista. “O senhor lutou para que o Brasil alcançasse um novo patamar internacional”, disse, completando: “Não é mais possível tratar de um assunto global sem que as autoridades brasileiras sejam consultadas”.


    Autor do “elogio” a Lula – o discurso em homenagem ao novo doutor -, o economista Jean-Claude Casanova, presidente da Fundação Nacional de Ciências Políticas, lamentou que a Europa não tenha um líder “de trajetória política tão iluminada”. Casanova pediu ainda que Lula aproveitasse “sua viagem para dar conselhos aos europeus” sobre gestão de dívida, déficit e crescimento econômico.


    Lula aceitou o desafio e encarnou o conselheiro. Em um discurso de 40 minutos, citou avanços de seu governo, citando a criação de empregos, a redução da miséria, o aumento do salário mínimo e a criação do bolsa família e elogiou sua sucessora, Dilma Rousseff. “Não conheço um governo que tenha exercido a democracia como nós exercemos”, afirmou, no tom ufanista que lhe é característico.


    Então, lançou-se aos conselhos. Primeiro criticou “uma geração de líderes” mundiais que “passou muito tempo acreditando no mercado, em Reagan e Tatcher”, e recomendou aos líderes da União Europeia que assumam as rédeas da crise com intervenções políticas, e não mais decisões econômicas. “Não é a hora de negar a política. A União Europeia é um patrimônio da humanidade”, reiterou.


    Na saída, estudantes cantaram a música Para não dizer que não falei de flores, de Geraldo Vandré, e se acotovelaram aos gritos por fotos e autógrafos do ex-presidente, que não falou à imprensa. Impressionado com a euforia dos estudantes, Descoings comparou, em conversa com o Estado: “A última vez que vi isso foi com Gorbachev, há cinco ou seis anos. Mas com Lula foi ainda mais caloroso”.

    http://www.conversaafiada.com.br

    OS REPRESENTANTES DA CORRUPÇÃO

    Política    É triste escrever um artigo com este título, mas não seria verdade se não fosse assim. É  desse modo que esta...