Postagens

Mostrando postagens de Maio 1, 2016

O SINDSEP NA LUTA O TEMPO TODO - NA LUTA POR DIAS MELHORES PARA NOSSO MUNICÍPIO

Imagem
AÇÕES DO SINDSEP - Dias 05 e 06 de Maio
Presidente do Sindsep e Presidente do Conselho Municipal de Educação,Valdeni Cruz, esteve nos dias 05 e 06 de maio no XI Encontro Estadual de dos Conselhos Municipais de Educação do Ceará. Auditório Professor Valnir Chagas Faculdade de Educação UFC
Neste encontro foram refletidos como Tema Central: Os Conselhos Municipais de Educação e o Monitoramento da Política Educacional: Planos de Educação. Foi um momento importantíssimo para todos os que estiveram presentes, uma vez que estes Conselhos devem se emponderar de suas responsabilidade no sentido de ser um elo de contribuição para o acompanhamento dos projetos educacionais de seus municípios.
Penso que é de suma importância que tenhamos um Conselho forte e autônomo. Como todos sabem, sou professor e, de certo modo, tenho acompanhado de perto os programas educacionais para p Brasil e para no nosso Brasil. Um dos mais importantes é o Plano Nacional de Educação. Dentro do Plano Nacional de Educação estão…

Conselho Municipal de Educação: participação e autonomia

Imagem
Com os diversos segmentos da comunidade nele representados, o órgão pode ser o braço direito dos gestores municipais para a melhoria da qualidade do ensino

Crianças brincam na recreação da Escola Emellyne de Azevedo Aguiar, implantada na periferia de Cajamar (SP) por determinação do CME: de olho nas carências da cidade Em 2003, quando Cajamar, cidade da Grande São Paulo, começou a discutir o seu Plano Municipal de Educação (PME), ampliar o número de vagas para crianças de até 6 anos era uma das prioridades. Entre os muitos locais em que as creches poderiam ser construídas, os membros do Conselho Municipal de Educação (CME) indicaram as regiões onde a demanda era maior: uma delas foi o bairro periférico Parque São Roberto, região ocupada por cerca de mil famílias de baixa renda, onde 600 crianças esperavam por vagas. Hoje, 484 delas estão matriculadas na Escola Municipal de Educação Infantil Emellyne de Azevedo Aguiar. 
Participar da elaboração do PME com críticas e sugestões é uma das…

Entenda a aposentadoria por tempo de contribuição do professor.

Imagem
por superobinho" rel="author">superobinho · Abril 30, 2016 



Neste artigo vamos tratar do direito que os professores têm de requerer o benefício de aposentadoria com um bônus de cinco anos no tempo mínimo de contribuição exigido aos demais segurados. O professor que exerce atividade de magistério, de forma exclusiva, em estabelecimento de educação básica, que inclui a educação infantil, ensino fundamental e médio, em estabelecimento reconhecido pelas autoridades competentes, tem direito a aposentadoria por tempo de contribuição com um redutor de 5 anos. As regras tratadas são válidas somente para quem faz contribuição para o Regime Geral de Previdência Social, cujos benefícios são administrados pelo INSS. Para que o professor, ou professora, tenha direito a aposentadoria é preciso cumprir as seguintes regras:
Com aplicação do fator previdenciário no cálculo da renda mensal:
– para o professor: 30 anos de contribuição, sem idade mínima, porém é aplicado o fato…

RECURSOS DO FUDEB PARA PENTECOSTE JANEIRO A ABRIL DE 2016

Imagem
Janeiro - 100% 2.559.968,90 - 60%=1.535.981,34 40%=1.023.987,56 Fevereiro - 100% 1.753.371,18 - 60%=1.052.022,708 - 40%=701.348,472 Março - 100% 1.867.265,70 - 60%=1.120.359,40 - 40%=746.906,28 Abril - 100% 1.682.344,84 - 60%= 1.009.406,904 - 40%= 672937,936
Total 100% 7.862.950,62   60%= 4.717.770, 372   40%= 3.145.180, 248
Fonte dos dados: Bando do Brasil
Segundo a senhora Prefeita, a folha de pagamento do pessoal da Educação está em torno de 1,500 milhão. Portanto, se é este valor, então não existe falta de dinheiro para cumprir com pagamento desse pessoal, como se pode conferir com os dados acima.
Se são 4 meses, seriam em torno de 6 milhões de folha. E, como se pode ver, já entraram nas contas do fundeb, quase 8 milhões. Logo, está sobrando bastante recursos.
Professor Valdeni Cruz

DR. VALDECY ALVES FAZ UMA REFLEXÃO SOBRE O DIA DO TRABALHO

Imagem
01 DE MAIO DE 2016 - AS TREVAS - AS INJUSTIÇAS - O DESEMPREGO - UM PAÍS FALIDO - PARTE DAS LIDERANÇAS SINDICAIS PELEGAS E VENDEDORAS DA AUTONOMIA SINDICAL - FUTURO ASSUSTADOR... E TODOS SEM CONFIAR NA LUTA E ATÉ NA ORAÇÃO... CUIDADO COM A FOCINHEIRA... VOCÊ PODE PERDER A RAÇÃO...
DA ORIGEM DO DIA DO TRABALHO E DA REALIDADE SOCIAL QUE SÓ PIORA NO BRASIL: Deve-se á greve que ocorreu em Chicago, nos Estados Unidos, em 1886. Trabalhadores que lutavam por Justiça Social foram massacrados pela polícia e suas lideranças punidas. 03 sindicalistas enforcados e um que para não ser enforcado suicidou-se. Nos dias atuais, se o trabalho do ser humano era até a fundamentação para posse, hoje não é possível sequer comprar com o salário recebido o necessário para sobrevivência do trabalhador e da família. A PRECARIZAÇÃO QUE SEMPRE FOI COMUM NO SETOR PRIVADO, INVADIU SEM DÓ E SEM LIMITES O SERVIÇO PÚBLICO. Criaram uma isonomia invertida, em vez do trabalhador no setor privado ser igualado em direitos …