sexta-feira, 15 de maio de 2015

MAIORIDADE PENAL, O QUE EU ACHO?


Eu acho tão engraçado algumas pessoas defendendo a não diminuição da maioridade penal. Seria simples. É só quem defende lutar para que estes delinquentes ainda que menores sejam liberados para ir pra suas casas. Abram instituições e levem eles pra lá. Eu também não acho que diminuir a maioridade penal mude a realidade da criminalidade no Brasil. O que mudaria toda essa realidade seria educação, lazer, cultura, famílias saudáveis e outras políticas, as não é o caso aqui no Brasil. Na realidade o que penso eu já disse em outra oportunidade: preso deveria trabalhar no pesado. Quanto maior o crime mais pesado deveria ser o trabalho. Ser acompanhado por escolta policial e comprar sua própria alimentação, vestimenta, etc. Hoje quem está refém dentro suas próprias casas é o cidadão de bem. E não me venha os direitos humanos conversar miolo de pode que não cola. Quem erra deve pagar. Hoje quem está certo é quem paga como se o errado. Os infames estão por ai em alguma esquina rindo e maquinando o mal. A presidenta ou seja lá quem for que defenda, leve a bandidagem para lhes fazer companhia.

Nenhum comentário:

VALORES DE RECURSOS DO FUNDEB EM 2018 PARA PENTECOSTE

De 1º de janeiro até hoje, 16 de fevereiro, já entraram nas contas do FUNDEB de Pentecoste, o valor de 3.754.661,16.   Em janeiro...