Plano de Governo da Luíza Perdigão 2017-2020


Proposta do Plano de  Governo da Luíza Perdigão para Pentecoste

2017 - 2020



1.      PLANO DE GOVERNO PENTECOSTE COLIGAÇÃO SOMOS TODOS PENTECOSTE COMPONENTES DO PLANO

1-      GESTÃO
2-       EDUCAÇÃO
3-       SAÚDE
4-       PESCA E AQUICULTURA
5-       ASSISTÊNCIA SOCIAL
6-       CULTURA, ESPORTE E LAZER
7-       SEGURANÇA
8-       TURISMO
9-       HABITAÇÃO
10-   DIREITOS HUMANOS
11-   MEIO AMBIENTE
12-  AGRICULTURA, PECUÁRIA, RECURSOS HÍDRICOS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
13-  INFRAESTRUTURA E TRANSPORTE

GESTÃO

OBJETIVO: Desenvolver a gestão democrática e participativa do Município voltada para o empoderamento do cidadão nas decisões municipais. Dar celeridade aos serviços oferecidos pela Prefeitura, melhorando a qualidade dos serviços prestados e aprimorando o Sistema de Planejamento Municipal. Ações propostas:
 • Sistematização de reuniões com organizações da sociedade e demais canais de participação para permanente planejamento e avaliação da gestão municipal;
• Compatibilizar a geração de recursos para manutenção do Município e atendimento das demandas sociais;
• Abrir novos canais de participação social, estimulando uma relação de coresponsabilidade entre o Município e a sociedade;
 • Garantir transparência nas ações da gestão municipal, proporcionando visibilidade e equidade na tomada de decisões;
• Ampliar os meios de divulgação das prestações de contas pelo Município e da correta aplicação dos recursos públicos;
 • Avaliar de forma sistemática a satisfação do atendimento ao cidadão;
 • Transparência nos investimentos do município através da publicização dos recursos alocados;
 • Criação de uma Ouvidoria para a gestão;
• Criação de um Instituto de Planejamento Municipal;
 • Criação da Secretaria de Aqüicultura e Pesca;
 • Redesenhar a Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Sustentável, inserindo em suas atribuições o gerenciamento dos Recursos Hídricos;
 • Criar a Coordenadoria de Convivência com o Semiárido, inserida na Secretaria de Agricultura, Recursos Hídricos e Desenvolvimento Sustentável;
• Criação das Subprefeituras;
• Fortalecer a atuação dos Conselhos Municipais;
 • Elaboração do Orçamento Participativo no Município;
 • Critérios técnicos para nomeação de Secretários e demais coordenadores na gestão;
 • Fortalecimento das parcerias em todas as áreas para ampliar as ações;
 • Criação de Coordenadorias para políticas estratégicas;
• Propostas de projetos técnicos sociais; • Capacitação e valorização dos trabalhadores do Município;
• Viabilizar a criação da Universidade do Vale do Curu nas instalações subutilizadas pelo DNOCS.

EDUCAÇÃO

A rede municipal de ensino de Pentecoste conta atualmente com 43 escolas, 326 professores efetivos, 184 professores contratados e 8346 alunos.
OBJETIVOS: O grande desafio será Promover a gestão democrática do ensino através do (a):
· Criação do Plano Municipal de Educação
· Fortalecimento e/ou criação de conselhos da área educacional;
· Transparência na aplicação dos recursos através da prestação de contas sistemática;
· Apoio às atividades voltadas para integração família x escola x instituições;
· Esforço permanente para a universalização do ensino (crianças, jovens, adultos);
· Apoio aos grêmios estudantis já existentes e incentivos à criação de novos grêmios, promovendo o empoderamento dos mesmos;
 · Fortalecimento da educação ambiental em todos os níveis de ensino como forma de estimular à participação dos alunos nos estudos locais e regionais sobre as questões necessárias à sustentabilidade ambiental no município; Reforçar a qualidade do ensino através da (o):
 · Racionalização do número de alunos em sala de aula;
 · Planejamento escolar assegurado no calendário escolar;
 · Acompanhamento pedagógico por meio de equipe formada por profissionais experientes;
 · Capacitação permanente dos professores;
 · Desenvolvimento de uma sistemática de avaliação permanente;
 · Manutenção da estrutura física das escolas, especialmente com a ampliação de espaços onde se fizer necessária;
 · Articulação permanente entre Escola x Conselho Tutelar para combater a evasão escolar;
 · Ampliação do acesso à Internet nas escolas públicas municipais;
 · Acesso a novas tecnologias voltadas para o aprendizado;
 · Ampliação das modalidades esportivas nas aulas de educação física e construção de quadras esportivas nas unidades escolares;
 · Implantação de cursos de língua estrangeira para professores;
 · Aprimoramento de aptidões de alunos com destaque em desenho, música, pintura, teatro, dança e outras atividades sócio-culturais;
 · Premiação de alunos que se destacarem durante o ano letivo. Ações Propostas:

ENSINO INFANTIL

 · Ampliar o atendimento educacional às crianças de 1 a 5 anos de idade;
 · Aumentar o tempo da criança na escola;
 · Intensificar a articulação da Educação Infantil com as demais etapas e com outras áreas, especialmente com a Cultura, a Saúde e a Assistência Social, dentre outras;
 · Manter os padrões e as especificidades das comunidades atendidas;
 · Intensificar a articulação da Educação Infantil com as demais etapas e modalidades do sistema educacional;
 · Criar indicadores definidos de acordo com os Parâmetros Nacionais de Qualidade para a Educação Infantil;
· Construir novos Centros de Educação Infantil, próximos às Escola de Ensino Fundamental;
· Garantir o cardápio adequado para as instituições de Educação Infantil;
· Garantir a oferta de atendimento educacional às crianças com deficiência, respeitando a faixa etária estabelecida para a educação infantil, em conjunto com as demais crianças, na rede regular de ensino;
· Garantir e ampliar o atendimento educacional especializado, em contra turno, às crianças com deficiências;
· Encaminhar aos órgãos competentes os casos de evasão suspeita de maus tratos ou de violência de qualquer natureza;
· Realizar concurso público para professor de Educação Infantil;
· Integrar ações da Secretaria Municipal de Educação com áreas diversas, a fim de garantir o melhor atendimento às crianças de 1 a 5 anos;
 · Estimular a participação da comunidade na gestão administrativa, financeira e pedagógica das instituições de Educação Infantil.
· Ampliar as creches no Município.

 ENSINO FUNDAMENTAL

· Garantir a universalização do atendimento da demanda por matrículas no Ensino Fundamental;
· Realizar programas municipal de aceleração da aprendizagem;
· Acompanhar os programas estadual de aceleração da aprendizagem;
· Reorganizar o currículo do Ensino Fundamental;
· Assegurar a implementação e atualização dos projetos políticos pedagógicos de todas as escolas;
· Ampliar progressivamente a jornada escolar;
· Ampliar e manter os programas e projetos com realização no contra turno (Escola Criativa) visando à ampliação da permanência dos alunos na Escola: Segundo Tempo, Mais Educação, Escola Aberta, Apoio Pedagógico, Salas de Leitura, Laboratório de Informática, reforço escolar e outros;
· Manter e aprimorar a infra-estrutura física das escolas, garantindo a acessibilidade;
· Consolidar e aperfeiçoar a democratização do espaço escolar para atividades recreativas, culturais, esportivas e comunitárias;
· Ampliar progressivamente a oferta de livros didáticos e paradidáticos; · Manter e consolidar o programa de avaliação do livro didático criado pelo Ministério da Educação;
· Garantir a publicação de livros e textos construídos por professores e alunos;
· Valorizar e estimular as publicações didáticas e paradidáticas locais; · Prover as bibliotecas com livros de literatura, textos científicos, obras clássicas de referência e livros didáticos de apoio;
 · Garantir um acervo de DVDs e CDs de MPB, música infantil e clássica;
 · Garantir o apoio às tarefas escolares;
 · Realizar concurso público para profissionais da educação nas escolas de 1ª à 9ª séries;
 · Garantir o provimento da alimentação escolar através de cardápio equilibrado;
 · Implantar um Sistema Municipal de Avaliação da Aprendizagem.

 ENSINO DE JOVENS ADULTOS E IDOSOS

· Ampliar a oferta do atendimento escolar ao jovem, adulto e idoso;
· Ofertar ensino para jovens, adultos e idosos nos três turnos, com acomodação de turmas;
· Aprimorar as metodologias e o conteúdo de ensino, respeitando as especificidades de suas condições para o Ensino Fundamental;
· Proporcionar atendimentos especializados de acordo com as necessidades;
· Revisar o currículo para o Ensino de Jovens, Adultos e Idosos para os segmentos do Ensino Fundamental;
· Investir na formação técnica e profissionalizante de jovens e adultos;
· Garantir a inclusão digital;
· Reestruturar o espaço escolar, em sua infra-estrutura e funcionamento, para o atendimento de jovens, adultos e idosos;
· Capacitar os técnicos, professores, estudantes e demais membros da comunidade escolar sobre conteúdos e metodologias de ensino próprias a cada idade;
· Formular projetos educativos a serem incluídos dentro do Programa Escola Criativa nas escolas que atendam aos filhos (as) de alunas mães ou pais matriculados(as) em nível de alfabetização, quando houver a real necessidade para garantia do fluxo escolar;
· Elaborar parâmetros para aferição da qualidade da Educação de Jovens, Adultos e Idosos;
· Garantir transporte te escolar para alunos da EJA.

 ENSINO SUPERIOR E DE NÍVEL TÉCNICO Incentivar o Ensino Superior e de Nível Técnico através de (a):

 · Convênios com universidades públicas estadual (UECE) ou federal (UFC);
 · Convênios com Centro Vocacional Tecnológico – CVT, Centro de Ensino Tecnológico – CENTEC e Escolas Técnicas;
 · Apoio à estadia de alunos em pensionatos, repúblicas ou casa de estudante do Município em Fortaleza ou em outros municípios do Estado do Ceará;
 · Implantação de biblioteca com livros universitários e nível técnico.

FORMACÃO E VALORIZACÃO DOS TRABALHADORES EM EDUCACÃO Realizar atualizações salariais dos professores e fazer as devidas correções em:

· Reformulação do PCCR do magistério;
· Direitos adquiridos e não respeitados;
· Garantia de percentual de no mínimo 60% para pagamento do professor;
· Apoiar a Associação e/ou Sindicato dos Servidores;
· Criar o Núcleo de Atendimento ao Professor;
· Promover concurso público para profissionais da educação nas escolas de 1ª à 9ª · Séries e para professor de Educação Infantil;
· Implantar todos os dispositivos legais de promoção e progressão previstos no PCCS dos profissionais do magistério e demais trabalhadores da educação;
· Garantir a manutenção das condições físicas das escolas, de materiais e de pessoal necessárias à expansão e ao desenvolvimento do ensino;
· Avançar na universalização do regime de trabalho de tempo integral, preferencialmente cumprido em um único estabelecimento para os profissionais do 1º ao 5º ano;
· Cumprir o percentual de 1/3 para planejamento e estudos dos profissionais do magistério;
 · Criar um banco de permutas que permita a mobilidade de profissionais por critérios objetivos;
 · Reordenar a rede de ensino de modo a beneficiar a lotação dos profissionais da educação;
 · Manter e aperfeiçoar a política de formação continuada;
 · Assegurar aos professores o acesso à formação de nível superior, em cursos de licenciatura compatíveis com a função exercida;
 · Ampliar o financiamento de cursos de pós-graduação lato e stricto sensu, para profissionais do magistério em todas as áreas;
· Planejar a formação dos professores efetivos que não possuem a formação compatível com a função que exercem;
· Expandir o programa de publicação de livros e textos construídos por professores e alunos;
· Incluir nos cursos de formação continuada conteúdos básicos sobre educação de pessoas com necessidades especiais e conteúdos referentes às relações de gêneros, etnias, direitos humanos e temas transversais;
· Incentivar os trabalhadores em educação a ampliarem suas habilidades artísticas e culturais;
· Criar um sistema de acompanhamento dos profissionais do magistério e demais trabalhadores da educação para fins de avaliação da qualidade e articulação como os programas de formação e com a valorização daqueles que se destacam;
· Capacitar em história da África. FORMACÃO E VALORIZACÃO DOS TRABALHADORES VINCULADOS À EDUCACÃO
· Realizar atualizações salariais dos profissionais e fazer as devidas correções;
· Reformulação do PCCR com garantia do Piso;
· Direitos adquiridos e não respeitados;
· Apoiar o Sindicato dos Servidores;
· Criar o Núcleo de Atendimento ao Servidor;
· Promover concurso público para os profissionais;
· Implantar todos os dispositivos legais de promoção e progressão;
· Garantir a manutenção das condições físicas dos locais de trabalho, de materiais e de pessoal necessárias à expansão e ao desenvolvimento;
· Manter e aperfeiçoar a política de formação continuada;
· Realizar cursos de formação continuada com conteúdos básicos direcionados às necessidades;
 · Incentivar os trabalhadores a ampliarem suas habilidades artísticas e culturais;
 · Criar um sistema de acompanhamento dos profissionais para fins de avaliação da qualidade e articulação como os programas de formação e com a valorização daqueles que se destacam. FINANCIAMENTO DA EDUCACÃO
 · Expandir progressivamente o atendimento às crianças com idade entre 1 e 5 anos, com atenção especial à pré-escola;
· Fortalecer, através de mecanismos permanentes, a rede de articulação com as diversas fontes de financiamento e incentivo à colaboração com a União e oEstado;
· Garantir e fortalecer o Fundo Municipal de Educação;
· Garantir a previsão do suporte financeiro às metas constantes do PME e garantias de contrapartida do PDE;
· Garantir o repasse de recursos para as escolas através do aprimoramento do PMDE;
· Estabelecer um mecanismo de equiparação das estruturas das escolas, atentando aos critérios mínimos de qualidade e eficiência;
· Garantir a dotação orçamentária para criação de pólos com estrutura física além de profissionais para atendimento de alunos com necessidades especiais e/ou déficit de aprendizagem;
· Implementar mecanismos de fiscalização e controle que assegurem o rigoroso cumprimento do art. 212 da Constituição Federal;
 · Estabelecer mecanismos destinados a assegurar o cumprimento dos arts. 70 e 71 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB);
· Ampliar, gradativamente, o percentual aplicado nos recursos da educação;
· Manter e aperfeiçoar o sistema de informações para efeito de prestação de contas dos recursos das escolas; GESTÃO PEDAGÓGICA E GESTÃO ESCOLAR · Ampliar e fortalecer os mecanismos participativos da gestão da educação municipal;
· Promover e criar incentivos para a participação da comunidade na gestão das escolas;
· Fortalecer os Conselhos Escolares, a Rede de Pais e o Fórum dos Conselhos Escolares;
· Estimular a participação do Conselho Escolar e dos pais no cotidiano das escolas;
· Consolidar e ampliar os instrumentos que garantam transparência dos atos de Gestão;
· Regulamentar o regime de colaboração entre a Prefeitura Municipal de Pentecostee o Governo do Estado do Ceará;
· Garantir o funcionamento do Conselho Municipal de Educação de Pentecoste, preservando sua autonomia;
· Implantar um sistema de avaliação institucional;
· Institucionalizar a ouvidoria pública da educação;
· Garantir a representação dos Conselhos Escolares na composição do Grupo Gestor das Escolas;
 · Assegurar a progressiva autonomia pedagógica, administrativa e financeira das escolas;
 · Criar um sistema municipal integrado de avaliação da aprendizagem;
 · Assegurar apoio técnico às escolas na elaboração, execução e avaliação das propostas pedagógicas.


SAÚDE

OBJETIVO: Reestruturar o Sistema Municipal de Saúde de forma a enfrentar as diversas condições de saúde por meio de um ciclo completo de atendimento, o que implica a continuidade da atenção à saúde (atenção primária, atenção secundária e atenção terciária à saúde) e a integralidade da atenção à saúde (ações de promoção da saúde, de prevenção das condições de saúde e de gestão das condições de saúde estabelecidas por meio de intervenções de cura, cuidado, reabilitação e paliação). Organizar, assim, o Sistema Municipal de Saúde, migrando do atual sistema fragmentado para outra lógica de organização, utilizando o conceito de Redes de Atenção à Saúde. Ações Propostas:

 · Reestruturar o atual Sistema Municipal de Saúde, procurando migrar do atual sistema fragmentado para outra lógica de organização, utilizando o conceito de Redes de Atenção à Saúde (rede de atenção à saúde mental, rede de atenção à saúde bucal, rede de atenção às doenças renais, rede de atenção aos idosos, rede de atenção às mulheres e às crianças, rede de atenção às urgências e emergências, rede de atenção aos portadores de hipertensão, etc)
 · Rever a territorialização existente. Proceder, onde não houver, o cadastramento das famílias, a classificação das famílias por riscos sociosanitários, a vinculação das famílias às unidades de PSF, a identificação de subpopulações com fatores de risco, a identificação das subpopulações com condições de saúde estratificadas por graus de riscos, a identificação de subpopulações com condições de saúde mais complexas.
 · Assumir a Atenção Primária à Saúde como a estratégia de organização do SUS, tornando-a mais qualificada, com educação permanente de seus integrantes, adensada tecnologicamente, com mais recursos, com equipe verdadeiramente multiprofissional e que, para tanto, deverá ser tomada como uma verdadeira prioridade.
 · Reavaliar, levando em conta principalmente a escala e o acesso da população, o papel dos Pontos de Atenção Secundários e Terciários no Sistema Local de Saúde. Os localizados no território do município deverão ser fortalecidos e os localizados na sede da microrregião ou da macrorregião deverão ser objeto de repactuação. Os Pontos de Atenção Secundários e Terciários são os serviços especializados - consultórios médicos especializados as enfermarias hospitalares, as UTIs, as unidades de quimioterapia e radioterapia etc.
 · Da mesma forma que em relação aos Pontos de Atenção a administração deverá fortalecer os Sistemas de Apoio Diagnóstico e Terapêutico localizados no território do município e repactuar os localizados na sede da microrregião ou da macrorregião. São eles os serviços de diagnóstico por imagem (Rx, Tomografia, Ressonância Magnética), os serviços de medicina nuclear diagnóstica e terapêutica, a eletrofisiologia diagnóstica e terapêutica, as endoscopias, a hemodinâmica e a patologia clínica (anatomia patológica, genética, bioquímica, hematologia, imunologia, microbiologia e parasitologia), etc.
 · Fortalecer o Sistema de Assistência Farmacêutica em todas as suas atividades quer logísticas - seleção, programação, aquisição, armazenamento e distribuição dos medicamentos quer assistenciais - formulário terapêutico, dispensação, adesão ao tratamento, conciliação de medicamentos e a farmacovigilância.;
 · Fortalecer os Sistemas de Informação em Saúde e utilizá-los como ferramentas estratégicas para influenciar as políticas e os programas.
 · Procurar organizar o acesso das pessoas às ações e serviços de saúde de forma equitativa, transparente e com segurança. Atualmente, no Ceará existe a Central de Regulação do SUS – CRESUS e diversas centrais de regulação de acesso municipais. A administração deverá fortalecer a central de regulação municipal e melhorar a articulação com a CRESUS e centrais de regulação municipais, em especial de Fortaleza e Caucaia;
 · Realizar avaliação criteriosa da situação atual do Sistema de Transporte em Saúde e realizar planejamento logístico de todos os seus subsistemas e módulos. Procurar reestruturá-lo e dar-lhe a feição que deve ter: transportar as pessoas usuárias em busca de atenção à saúde e também garantir o movimento adequado de material biológico, dos resíduos dos serviços de saúde e das equipes de saúde, lembrando sempre que são imprescindíveis para o acesso das pessoas aos pontos de atenção à saúde e aos sistemas de apoio diagnóstico e terapêutico.
 · Possibilitar transporte equipado para pessoas que fazem tratamento de hemodiálise. FORMACÃO E VALORIZACÃO DOS TRABALHADORES VINCULADOS À SAÚDE
· Realizar atualizações salariais dos profissionais e fazer as devidas correções;
· Implantar o PCCR da saúde com garantia do Piso aos profissionais;
 · Direitos adquiridos e não respeitados;
· Apoiar o Sindicato dos Servidores; · Criar o Núcleo de Atendimento ao Servidor da saúde;
 · Promover concurso público para profissionais;
· Implantar todos os dispositivos legais de promoção e progressão;
· Garantir a manutenção das condições físicas dos locais de trabalho, de materiais e de pessoal necessárias à expansão e ao desenvolvimento;
· Possibilitar cursos de formação com conteúdos básicos direcionados às necessidades;
 · Criar um sistema de acompanhamento dos profissionais para fins de avaliação da qualidade e articulação como os programas de formação e com a valorização daqueles que se destacam.

PESCA E AQUICULTURA

OBJETIVO:Desenvolver o potencial da aqüicultura e pesca em Pentecoste, criando condições para a geração de emprego e renda, tornando-se uma ferramenta fundamental para a melhoria da qualidade de vida da população, além de contribuir para a preservação do patrimônio ambiental e cultural das comunidades envolvidas. Ações Propostas:
 · Realizar diagnóstico, estudos e cadastramento de coleções d'água do Município; ·Peixamentos periódicos de ambientes aquáticos públicos, com monitoramento e avaliação;
 · Acompanhar e apoiar os estudos de demarcação de parque aquícola, outorga de uso da água, licenciamento ambiental, vistoria da Marinha, cessão e gestão de parque monitoramento da qualidade da água de reservatórios;
 · Participar na Elaboração de Termos de Ajuste de Conduta (TACs) a projetos de criação de peixes em tanques-rede;
· Estruturar e implementar os projetos de capacitação, assistência técnica e extensão aquícola e pesqueira;
· Implementar o Plano de Comercialização e de beneficiamento de pescado;
 · Apoiar a Estruturação de locais de desembarque de pescado em parceria com as comunidades;
· Apoiar ao desenvolvimento de pesquisas e monitoramento do Camarão Pitu;
 · Apoiar o fomento da piscicultura em reservatórios familiares de pequenos e médios produtores e nas áreas de reforma agrária;
 · Apoiar as unidades de ensino e pesquisa aquícola e pesqueira;
 · Fomentar as atividades aquícolas e pesqueiras sob a forma associativista;
 · Apoiar a ações de controle da sanidade aquícola e pesqueira; · Apoiar à implantação de unidades demonstrativas de aqüicultura;
· Participar em regime de parceria no programa de coleta, monitoramento e difusão de dados e informações relativas às atividades aquícola e pesqueira;
 · Apoiar a fiscalização da Pesca e Aqüicultura;
· Articular parcerias institucionais em ações de pesca e aqüicultura.

 ASSISTÊNCIA SOCIAL

 OBJETIVO: Elaborar e implantar uma política de assistência social, de forma a contribuir para a promoção da cidadania e que reforcem as ações afirmativas focadas nos segmentos de idosos, jovens, mulheres, criança, deficientes e outros. Ações Propostas:
 · Formar equipes multiprofissionais para atendimento das demandas;
 · Criar unidade móvel de Assistência Social para atender o território;
· Potencializar as Unidades de Assistência Social, melhorando suas estruturas e ampliando os programas, projetos e benefícios de assistência social;
 · Ampliar o número de famílias inscritas no Cadastro Único para inclusão nos programas sociais do Município e do governo federal;
 · Ampliar a rede de Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), aumentando a eficiência e agilidade no atendimento à população;
 · Identificar a população que esta dentro do perfil de extrema miséria;
· Conceder benefícios eventuais, entre cesta, básica, filtro de barro, cadeiras de roda, serviço funerário e outros;
· Institucionalização das políticas de direitos humanos, através de ações afirmativas focadas nos seguintes segmentos sociais: Igualdade Étnica e Racial; Diversidade Sexual; Defesa dos Direitos do Consumidor; Pessoas com Deficiência; Criança, Adolescente e Idoso;
· Incentivar a criação dos Conselhos Locais e Regionais da Assistência Social como instrumento de controle social e participação comunitária;

CULTURA, ESPORTE E LAZER

OBJETIVO: Apoiar as manifestações culturais, esportivas e de lazer da população através do suporte de infraestrutura de equipamentos e fomento aos eventos sociais. Ações Propostas:

 · Criar o Conselho Municipal de Cultura e Patrimônio;
 · Tombar marcos importante do município (edificações, monumentos etc);
 · Criar vários centros culturais que agreguem equipamentos e atividades diversas, como arquivo municipal, sala de exposições de longa e curta duração, auditório para espetáculos, cursos, oficinas, reuniões etc;
 · Criar o Fundo Municipal da Cultura para financiar ações culturais da sociedade civil local;
· Potencializar a Biblioteca Pública Municipal como lugar formador de leitores e inclusão digital (com contação de histórias, oficinas, cursos, palestras, feiras do livro etc);
 · Garantir o direito de acesso ao esporte e lazer de parcelas majoritárias e discriminadas da população;
 · Democratizar os espaços e equipamentos de esporte e lazer;
 · Democratizar o espetáculo esportivo e de lazer, estimulando de fato a ampliação do acesso aos espetáculos esportivos e culturais;
 · Implementar as Conferências Municipais de Esporte e Lazer;
 · Criar e desenvolver a Rede Social de Esporte e Lazer e o Sistema Municipal de Esporte e Lazer;
· Realizar o mapeamento cultural de Pentecoste;
 · Desenvolver e ampliar políticas e programas que relacionem cultura, esporte e lazer;
· Implantar uma política de fomento à pesquisa e formação permanente para desenvolvimento de pessoal, melhoria do serviço e consolidação da política pública de Esporte e Lazer;
 · Realizar um diagnóstico sobre (Jogadores amadores, Árbitros amadores, Treinadores);
· Garantir orçamento para o esporte e a cultura;
· Construir de campos de futebol nos Bairros; · Apoiar às equipes de futebol dos Bairros e comunidades;
· Otimizar do uso do Ginásio Carneirão;
 · Construir de pista para caminhada na parede do açude;
 · Realizar dos jogos estudantis;
· Construir de um ginásio de esporte na localidade de Serrota;
 · Apoiar a criação de a associação de esporte; · Implementar de programa para a terceira idade;
 · Criar o Programa de inclusão dos portadores de deficiências física;
 · Criar Iluminação no estádio municipal, campos de bairros e campos comunidades rurais;
· Criar Centros de Cultura, Arte e Esporte;
 · Aproveitar os prédios públicos subutilizados na zona rural para implantação de Centros de Cultura e Inclusão Digital;
· Organizar e apoiar de Campeonatos, Torneios, e demais atividades desportivas; · Apoiar à criação da Escola Municipal de Dança;
 · Consolidar um calendário de eventos culturais da Cidade; · Realizar Feiras nos distritos e localidades.

SEGURANÇA

OBJETIVO: Apoiar as manifestações sobre segurança população através do suporte de infraestrutura de equipamentos e fomento;
· Criar a Guarda Municipal e Defesa Civil de Pentecoste;
 · Realizar de Concurso Público para preenchimento dos cargos de implementação e estruturação;
· Divulgar de um número de telefone gratuito para recebimento de pedidos de ajuda e uma cartilha educativa;
 · Criar abrigo público de defesa civil, voltado para as famílias vítimas de desastres naturais;
 · Criar o projeto Defeso civil nas Escolas, quando os técnicos expõem aos alunos da rede municipal de ensino temas relacionados à saúde e ao meio ambiente;
· Desenvolver a campanha de Desarmamento infantil, projeto direcionado a crianças de 6 a 13 anos de idade, meninos e meninas matriculados nas escolas públicas e particulares;
· Incentivar a formação de conselhos comunitários de Defesa social;
 · Capacitar às lideranças comunitárias para atuarem como Agentes da cidadania e multiplicadores da cultura de paz nas suas comunidades;
 · Expansão das Ações de Combate à Violência e Proteção do Patrimônio Público; ·Estruturação da Defesa Civil;
 · Garantir e ampliar a presença da Guarda Municipal no entorno das escolas e unidades de saúde municipais, parques, praças e festas populares.

TURISMO

· Tornar o açude Pereira de Miranda um atrativo natural, como bom destino para a prática de pesca e esporte náuticos;
 · Criação de um mercado de artesanato, de forma a contribuir com o crescimento do trabalho e economia solidária de modo a impulsionar a sustentabilidade da atividade turística do Município;
 · Criar um calendário de eventos de forma a intensificar os pontos turísticos da cidade, promovendo o ordenamento dos espaços, na melhoria da prestação de serviços públicos e na oferta de produtos turísticos;
 · Abrigar, ao longo do mês de julho, uma ampla programação de festas com grandes apresentações musicais e feiras de artesanato, durante o período de férias e de alta estação turística;
· Desenvolver o Software de Informações Turísticas da Cidade, estruturado em Banco de Dados, disponível para consultas na Internet aos turistas, pesquisadores e investidores;
 · Promover e/ou captar eventos geradores de fluxo turístico e divulgar nas feiras e eventos de turismo do Brasil;
 · Estimular e facilitar a abertura de linhas de incentivo/crédito a pequenos empreendimentos turísticos.

HABITAÇÃO

 OBJETIVO: Inicialmente iremos propor um diagnóstico situacional da habitação, e então definir ações sobre alguns aspectos. Ações Propostas:
 · Integrar os diversos planos na área de habitação com vistas a desenvolver e implantar um Plano Municipal de Habitação, com foco nas precárias condições de habitabilidades;
· Instituir Programa “Papel da Casa”, que tem como objetivo promover a regularização fundiária, assegurando direito de posse da terra;
 · Implantação de uma política de habitação popular, com apoio do Governo federal, garantindo à população de baixa renda uma moradia digna;
 · Realizar projetos de construção habitacional de interesse social com vistas a atender os grupos mais vulneráveis e carentes com medidas afirmativas de atendimento prioritário às famílias de menor renda e mercado popular;
 · Consolidar e ampliar as parcerias e convênios com os governos: estadual e federal;
· Conceder incentivos fiscais e de infra-estrutura aos executores dos programas de arrendamento residencial, crédito solidário, pró-moradia e outros;
 · Desenvolver ações que integram e articulam a construção de unidades habitacionais com as políticas setoriais municipais de educação, saúde, infraestrutura, meio ambiente, esporte, lazer e outras.


DIREITOS HUMANOS - Criança e Adolescente, Juventude, Mulher, Diversidade Sexual e Igualdade Racial

OBJETIVO: Focar a execução de ações estratégicas com vistas à defesa e garantia dos direitos humanos, focando sua intervenção nos segmentos de Mulheres, Juventude, Crianças e Adolescentes, Idosos e Pessoas com Deficiência. Atenção especial também foi dedicada à promoção da Igualdade Racial, Livre Orientação e a Diversidade Sexual. Ações Propostas:
· Criar coordenadoria específica para políticas da juventude;
 · Criar coordenadorias para atendimento das demandas relacionadas Mulheres, Crianças e Adolescentes, Idosos e Pessoas com Deficiência;
· Criar estrutura pública de assistência judiciária;
· Criar um programa de atendimento a adolescentes que fazem uso de substâncias psicoativas e o programa de redução de danos devido ao uso de drogas;
· Criar programa de atendimento psicossocial e acompanhamento especializado às crianças e adolescentes (inclusive familiares), vítimas de violência sexual e/ou maus tratos;
 · Criar o projeto específico para trabalhar e promover a cidadania, a auto-estima e a consciência dos direitos;
· Fomentar a pré-qualificação profissional dos jovens do Município;
 · Estimular as discussões e a criação do Conselho Municipal de Direitos Humanos.

MEIO AMBIENTE

OBJETIVO: Criar políticas públicas de fortalecimento institucional da Secretaria do Meio Ambiente. Ações Propostas: · Instituir um Sistema Municipal de Gestão Ambiental;
· Potencializar a participação da sociedade civil;
 · Diagnosticar as áreas em situação de degradação para programa de recuperação;
· Diagnosticar áreas para criação Unidades de Conservação;
 · Ampliar as ações de educação ambiental;
· Criar o Plano Municipal de Gestão de Resíduos Sólidos com vistas netre outras importantes ações, a extinção dos lixões;
· Contratar, através de concurso público, profissionais das diversas áreas de conhecimento para compor a estrutura da Secretaria;
 · Modernizar a estrutura de apoio à gestão ambiental, com a aquisição de equipamentos, veículos e demais instrumentos que possibilitem melhores condições de trabalho junto às comunidades de Pentecoste;
· Aumentar a participação das instituições no apoio às atividades de educação e recuperação ambiental;
· Implementar programa de orientação à comunidade no que diz respeito à preservação do meio ambiente e melhoria da qualidade de vida;53
· Elaborar um diagnóstico da situação de praças, jardins e áreas verdes públicas;
 · Elaborar o Plano Municipal de Arborização;
 · Articular ações de combate aos crimes ambientais com os governos Estadual e Federal;
 · Realizar atividades sócio educativas em comunidades carentes e nas escolas públicas;
· Realizar, apoiar e incentivar seminários, palestras, oficinas, cursos, mini-cursos e aulas de campo que enriqueçam o conhecimento e preservação das áreas protegidas;
· Intensificar o programa de educação ambiental e combate ao desperdício junto aos servidores da Prefeitura Municipal Pentecoste;
· Criar pontos de entrega onde a população poderá entregar voluntariamente os entulhos da construção civil, materiais recicláveis, pilhas, baterias e pneus.

AGRICULTURA, PECUÁRIA, RECURSOS HÍDRICOS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

 OBJETIVO: Promoção do desenvolvimento rural de forma a atuar em quatro frentes de trabalho:
 a) conservação do solo e da água,
b) diversificação agropecuária,
c) capacitação/treinamento de lideranças rurais,
d) qualidade alimentar, de forma a implementar as condições de fixação do homem no campo e proteção ao meio ambiente.

Ações Propostas:
· Fortalecer parcerias com o Banco do Nordeste para a implantação de políticas de convivência com o semi-árido;
 · Implantar tecnologias de exploração agropecuária adaptadas ao semi-árido e processamento agroindustrial;
· Implantar tecnologias de exploração, conservação e utilização de forrageiras adaptadas ao semi-árido; · Realizar o enriquecimento da caatinga com frutíferas, através produção de mudas;
· Criar de banco comunitário de sementes;
 · Implantar e Fortalecer as técnicas captação de água (‘in situ’) visando aumentar o tempo de oportunidade da água de chuva na área de plantio;
 · Recuperar áreas degradadas;
· Construir barragens subterrâneas; · Construir um Programa de Açudagem e aprofudamento de lagoas;
· Promover programa de perfurações de poços; · Reativar e criar um programa de dessalinização da água;
· Distribuir insumos para os agricultores;
· Incentivar o cooperativismo e o associativismo;
· Incentivar a Apicultura; · Incentivar e melhorar as tecnologias para plantio de culturas irrigadas;
· Apoiar com tecnologia especializada assentados e colonos;
 · Instituir o programa "Política Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional em Pentecoste", que terá como meta garantir a toda população o acesso a alimentos básicos de qualidade e em quantidade suficiente e a preços justos, possibilitando a todos o acesso aos gêneros de primeira necessidade;
· Criar o Plano Municipal de Abastecimento através de uma rede de equipamentos públicos de comercialização, responsáveis pela distribuição da produção agrícola do Município, colocando o produtor rural em contato direto com o consumidor;
 · Manter um acompanhamento das vacinações presentes no município;
 · Promover a melhoria dos planteis: (Caprinos, Ovinos, Bovinos e Eqüinos);
 · Incentivar os criadores com apoio tecnológico à ovinocaprinocultura; · Realizar parcerias institucionais com a Universidade Estadual e Federal.

 INFRAESTRUTURA E TRANSPORTE

 OBJETIVO: coordenar os projetos e os programas ligados à urbanização, saneamento básico, drenagem, limpeza urbana, além de todas as obras realizadas no município;
 · Realizar diagnóstico dos pontos críticos de tráfego nas estradas vicinais para subsidiar a construção de pontes, passagens molhadas e terraplanagem em áreas íngremes;
· Manter a contínua trafegabilidade da malha vicinal rural;
 · Realizar obras de saneamento básico;
· Promover de forma sistemática a manutenção dos prédios públicos;
· Implantar a municipalização do trânsito;
 · Criar a Escola Municipal de Trânsito;
 · Subsidiar a Carteira Nacional de Habilitação;
· Reconhecer o transporte alternativo e promover melhorias para essa categoria.

Fonte: Do próprio Goevrno

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RESUMO DO LIVRO "O PRÍNCIPE DE NICOLAU MAQUIAVEL"

O CONCEITO DE POLÍTICA EM ARISTÓTELES

O CARPINTEIRO - TEXTO MOTIVACIONAL