terça-feira, 23 de setembro de 2014

Deputados gastam 80% a mais


Image-0-Artigo-1705326-1
O deputado estadual Antônio Granja gastou R$ 35 mil no primeiro semestre de 2013 e R$ 41 mil em 2014 para divulgar atividades do mandato
FOTO: JOSÉ LEOMAR
Os gastos dos deputados estaduais do Ceará com divulgação de seus mandatos tiveram um acréscimo de 80% nos primeiros seis meses de 2014 em relação ao primeiro semestre de 2013. Em ano eleitoral, um parlamentar chegou a gastar quase R$ 50 mil com este tipo de atividade de janeiro a junho deste ano.
Enquanto no ano passado todos os deputados que disputam uma vaga parlamentar nestas eleições gastaram R$ 265,9 mil, em 2014 foram R$ 478,6 mil, quase 80% a mais do que foi declarado em 2013.
O Diário do Nordeste pesquisou apenas os dados referentes aos parlamentares que tentam reeleição ou que são candidatos para outros cargos, como senador da República, deputado federal ou Governo do Estado. Dos 46 deputados que fazem parte do Legislativo Estadual, 34 concorrem à reeleição, dois são candidatos a governador, um a senador e dois a uma vaga na Câmara Federal. Sete preferiram não disputar qualquer cargo eletivo.
O deputado Antônio Granja, do PROS, é um dos que mais fazem uso da verba para investir no mandato. Em 2013, ele gastou quase R$ 35 mil na divulgação da própria imagem. Neste ano, já foram mais de R$ 41 mil. Camilo Santana (PT), candidato ao Governo do Estado, não utilizou a verba em 2013, pois só retornou à Assembleia Legislativa em setembro. Até junho deste ano, já foram R$ 7,3 mil gastos no mandato.
Danniel Oliveira (PMDB) dobrou o gasto para divulgar o mandato, passando de R$ 3,1 mil em 2013 para R$ 7,1 mil neste ano. Dedé Teixeira (PT) saltou de R$ 7,8 mil para mais de R$ 13 mil. Delegado Cavalcante (PDT) não usou a verba no primeiro semestre de 2013, mas gastou R$ 23,4 mil de janeiro a junho de 2014.
Propaganda
Os deputados Antônio Granja, Heitor Férrer (PDT) e Eliane Novais (PSB) são os que mais recorreram ao benefício. O pedetista utilizou R$ 46 mil nos primeiros meses do ano passado e em 2014, no mesmo período, desembolsou R$ 49,9 mil. A pessebista, que é candidata ao Governo, saltou de R$ 20 mil, em 2013, para R$ 42 mil no mesmo período de 2014.
As deputadas Inês Arruda (PMDB) e Rachel Marques (PT) aumentaram significativamente os gastos com divulgação dos mandatos. Enquanto a peemedebista passou de R$ 16 mil para R$ 48 mil, a petista foi de R$ 12 mil para R$ 36 mil. Manoel Duca (PROS) quadruplicou os gastos com a propaganda pessoal, subindo de R$ 8,6 mil para R$ 33,2 mil no primeiro semestre de 2013 e 2014, respectivamente.
Por sua vez, reduziram a verba com esta atividade José Sarto (PROS), que gastou R$ 8 mil em 2013 e R$ 1 mil no último semestre, e Ely Aguiar (PSDC), que desembolsou R$ 8 mil em 2013, mas não registrou despesa deste tipo em 2014. Na Câmara Federal, a maioria dos parlamentares divulga com quais empresas gastaram os recursos, mas no Legislativo Estadual não há detalhes de como foi feita a divulgação nem a empresa contratada.
Não declararam gastos com essa atividade nos últimos dois anos Antônio Carlos (PT), Bethrose (PRP), Carlomano Marques (PMDB), Zezinho Albuquerque (PROS), Júlio César Filho (PTN), Lucilvio Girão (SD), Mauro Filho (PROS), Osmar Baquit (PSD), Adail Carneiro (PHS) e Mário Hélio (PMN)
Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

JUIZ DE PENTECOSTE DETERMINA AO MUNICÍPIO DE PENTECOSTE A CUMPRIR EXECUÇÃO DE SENTENÇA QUE GARANTE SALÁRIO MÍNIMO AOS SERVIDORES DE PENTECOSTE MESMO COM CARGA HORARIA REDUZIDA

Caríssimos companheiros e companheiras, boa tarde! É com imensa satisfação que o SINDSEP (Sindicato dos Servidores Municipais ...