terça-feira, 21 de abril de 2015

Reflexão - Caráter

Professor Valdeni Cruz


Dai alguém diz assim: Não julguem pela aparência, mas pelo caráter. Eu digo: e quando tanto a aparência quanto o caráter estão em pé de igualdade? A resposta é a seguinte: não se faz necessário que alguém o julgue, pois este julgamento acontece por si só. A aparência é montada, inventada, aparentada, O caráter de um indivíduo é o seu modo de ser, suas características próprias, seu temperamento. Ele é um traço da personalidade, que diz respeito à maneira usual de cada um agir. Este grupo de atributos, bons ou ruins, compõe o comportamento e os valores morais das pessoas, resultantes de um processo evolutivo do sujeito, de seu convívio com a família, a escola, a sociedade como um todo. Nossas qualidades e defeitos são inerentes ao nosso caráter. Somos responsáveis por nossos atos. A bem da verdade estamos sujeitos a qualquer tipo de julgamento. As vezes eles são até justos e outras injustas. O que devemos fazer é entender que somos capazes de qualquer coisa boa ou qualquer coisa ruim. A diferença está em nossas reações perante os fatos. Toda ação tem uma reação. Cabe a nós qual reação teremos diante dos fatos da vida.

Nenhum comentário:

OS REPRESENTANTES DA CORRUPÇÃO

Política    É triste escrever um artigo com este título, mas não seria verdade se não fosse assim. É  desse modo que esta...