QUAL O PAPEL DE UM SINDICATO?




Em primeiro lugar queremos destacar que quando nos referimos a sindicato, o mesmo é entendido como uma “associação” resultante da organização dos trabalhadores, ou em casos específicos, de determinadas categorias, como por exemplo, SINDICATODOS PROFESSORES. Neste sentido fica evidente que não é algo natural, ou seja, é fruto da divisão da sociedade em classes e é determinado pelo grau de organização dos trabalhadores na resistência contra a exploração, na defesa e ampliação dos seus direitos, sejam relacionados à carga horária de trabalho, condições dignas para exercer a profissão e remuneração justa.

Todas estas questões perpassam a identificação dos sindicalizados como pertencentes à classe trabalhadora e, portanto, a levantarem e engajarem-se em reivindicações políticas a fim de adquirirem consciência de classe por meio da experiência sindical e da luta organizada.

Um dos grandes problemas observados atualmente diz respeito ao caráter burocrático de muitos sindicatos o que torna os seus líderes facilmente passíveis de cooptação, “divorciando-se” dos interesses da massa que compõem o sindicato, o que pode acarretar em desilusões de seus associados ou tornar a representação sindical(diretoria) apenas como trampolim eleitoral. A partir desses pontos podemos afirmar que o verdadeiro papel de um sindicato é trabalhar no sentido de garantir os interesses e, consiste ainda, em tornar as tarefas da categoria a qual representa uma luta permanente pela defesa e ampliação de direitos. Além disso, os sindicatos de trabalhadores são responsáveis, também, pela organização de greves e manifestações voltadas para a melhoria salarial e das condições de trabalho da categoria, pois seu objetivo principal consiste na defesa dos interesses econômicos, profissionais, sociais e políticos dos seus associados, bem como atuar na formação política dos mesmos, contribuindo para que as ações sejam planejadas e executadas em prol da maioria e não atendendo pequenos grupos, criando, assim, divisão/frações entre os associados e enfraquecendo a luta.

Por fim, gostaríamos de ressaltar que SINDICATO SOMOS TODOS NÓS ASSOCIADOS, todavia é fundamental termos um bom líder como nosso representante, pois este é fundamental para qualquer organização, ou então, parafraseando Bertold Brecht, poderíamos dizer que nossos líderes devem vestir a nossa roupa, pensar com a nossa cabeça e jamais se afastar de nós para lutar, isto é, LUTAR PELA NOSSA CAUSA. Esse é o papel de um sindicato.


Amilton Benedito Peletti (Retirado do slideshare.net)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RESUMO DO LIVRO "O PRÍNCIPE DE NICOLAU MAQUIAVEL"

O CONCEITO DE POLÍTICA EM ARISTÓTELES

O CARPINTEIRO - TEXTO MOTIVACIONAL