SERVIDOR DE PENTECOSTE RECEBE DURO GOLPE CONTRA SEUS DIREITOS

Professor Valdeni Cruz




Caros amigos servidores de Pentecoste, bom dia!!!

Gostaria de iniciar minhas palavras com um profundo sentimento de indignação a postura da Senhora Prefeita de Pentecoste, a Sra. Ivoneide Moura.

É do conhecimento de todos que os servidores de Pentecoste, aqueles que fizeram o Concurso para 20 horas, no ano de 2003, ganharam na justiça em todas as instâncias, o direito de trabalharem somente 20 horas e receberem o salário mínimo. Esse direito passou a valer desde novembro de 2013, quando do então despacho da atual Juíza de Pentecoste mandou cumprir o pagamento de um salário mínimo para todos os que estavam dentro da situação. De lá pra cá o Sindsep vem travando uma luta para manter este direito dos servidores em vigor, pois os mesmo passaram a ser ameaçados deste então a não usufruir de seus direitos. Muitas foram às ameaças sofridas pelos servidores nos seus postos de trabalhos quando decidiam cumprir o que o Supremo tinha determinado: trabalharem apenas 20 horas, ou 4 horas diárias. A gestão municipal não se conforma com a posição da justiça em favor dos servidores e tenta a todo custo descumprir este direito. Tendo se passado um ano, a Prefeita resolve, em plena véspera de Natal, colocar em ação seu plano de vingança contra os trabalhadores, atingindo de forma brutal os mesmos retirando-lhes meio salário de quem já ganha tão pouco. É uma lesa a dignidade daqueles que trabalham para garantir o mínimo na prestação de serviço a este município e, ao mesmo tempo, garantirem o mínimo para a sobrevivência sua e de seus familiares. Saibam todos que esta afronta não é contra o SINDSEP, pois, como já dissemos tantas vezes, sindicato não é um prédio, sindicato são os filiados, as pessoas. São elas que pagam o preço pelas atitudes daqueles que acham que são donos do mundo. Mas que fique claro: primeiro será feita a justiça dos homens e depois a justiça de Deus. Aqueles que tiram da mesa do pobre não ficarão impunes. E, se estão tirando por vingança contra estes, ah podem ficar certos, Deus os punirá com rigor, pois como diz a Bíblia: os pobres podem ser abandonados pelos homens, mas sua lembrança está na presença de Deus e ele mesmo se encarregará de fazer-lhes justiça.
É bom lembrar que durante este ano de 2014 a Prefeitura, mesmo tendo perdido tudo na justiça, resolve recorrer ao Supremo novamente com o pedido de EMBARGOS DECLARATÓRIOS, pedindo ao Supremo que se posicionasse de maneira mais clara sobre a decisão do ministro Joaquim Barbosa que Julgou o caso na época. Acontece que este mesmo Supremo vem se manifestando desde o momento que o Processo chegou ao Plenário para apreciação, negativamente, ou seja, o STF por unanimidade tem rejeitado os embargos. Para nós fica a surpresa: em se pauta a Senhora Prefeita para descumprir uma ordem do Supremo? Em que se baseia tamanho autoritarismo?
Apesar de tantos desmando no qual vive nosso país, creio que as leis deste país ainda estejam em vigor e que a justiça a de se manifestar para fazer justiça a quem de fato merece que é o servidor.

Portanto, companheiros, avante! Não esmorecer diante de mais afronta. É hora de redobrar a luta e confiança de que a justiça será feita. O SIDSEP continua firme junto do servidor.  


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RESUMO DO LIVRO "O PRÍNCIPE DE NICOLAU MAQUIAVEL"

O CONCEITO DE POLÍTICA EM ARISTÓTELES

O CARPINTEIRO - TEXTO MOTIVACIONAL