terça-feira, 10 de janeiro de 2012

PSD diz priorizar o Interior do CE


Clique para Ampliar
FOTO: TUNO VIEIRA
O dirigente Almircy Pinto afirma que os postulantes ainda não estão fechados, mas há potencial para concorrer em, pelo menos, seis municípios
As reuniões sobre as candidaturas serão iniciadas em fevereiro, mas alguns deputados já estão cotados à disputa

Partido recém-criado, o PSD pretende apostar na disputa pelas prefeituras do Interior nas eleições deste ano. A partir de fevereiro, a legenda vai começar uma série de reuniões nos municípios cearenses para definir onde a agremiação terá nome próprio, mas alguns deputados estaduais já estão cotados para serem candidatos a prefeito. Na Capital, a expectativa é de que o PSD apoie o postulante indicado pelo governador.

O dirigente do PSD no Ceará, Almircy Pinto, assevera que por enquanto não estão fechados os nomes que deverão disputar, pelo partido, as prefeituras no Interior. Entretanto, adianta que a legenda tem potencial para concorrer em cidades como Juazeiro do Norte, Maracanaú, Maranguape, Quixadá, Quixeramobim e Granja.

Em Quixeramobim, o partido está apostando no nome do deputado Cirilo Pimenta. Já em Granja, o nome cotado para disputar a Prefeitura é o do secretário de Esporte, Gony Arruda, filho do atual prefeito da cidade. Ambos saíram dos quadros do PSDB e se filiaram ao PSD.

Meta

A intenção de Almircy Pinto é manter, em 2013, pelo menos o mesmo número de prefeitos e vereadores que a sigla dispõe atualmente. Ao todo,43 gestores cearenses migraram para o partido no ano passado, quando a sigla foi criada. Por isso, ele deixa claro a importância das reuniões, para certificar como está as condições do partido em cada município.

Almircy Pinto avalia que, para um partido recém-criado, organizar uma eleição municipal é mais complicado do que para os partidos mais antigos. Porém argumenta que, em se tratando de articulação política, o PSD está bem estruturado, principalmente no Interior, onde muitas lideranças tradicionais saíram de suas legendas para se filiarem à agremiação.

Além disso, ressalta, os 43 prefeitos que se filiaram ao novo partido estão espalhados em todo o Estado, principalmente nas regiões do Cariri, Sertão Central e Região Norte. As reuniões que serão iniciadas no próximo mês, informa Almircy Pinto, deverão ocorrer em todas as regiões.

Conforme o dirigente, serão quatro encontros por mês, até junho, quando, segundo o calendário eleitoral, ocorrerão as convenções. Outro objetivo das reuniões, ressalta, é garantir mais filiados ao partido.

Alianças

Se no Interior a perspectiva é apostar em candidaturas próprias, na Capital cearense o rumo pode ser outro. Amircy Pinto alega que não há intenção do partido em disputar a prefeitura de Fortaleza e que muito provavelmente deverão apoiar um candidato de outra legenda, mas até o momento, garante, nenhum partido procurou o PSD para conversar sobre alianças.

Em se tratando da Câmara Municipal de Fortaleza, ele informa que o partido está trabalhando com a possibilidade de garantir pelo menos duas vagas. Almircy Pinto revela ainda que a sigla tem tido dificuldades financeiras para se organizar para o pleito e está lutando para garantir o Fundo Partidário.

Conforme o dirigente, a legenda teve direito aos 5% distribuídos igualitariamente aos 29 partidos políticos do Brasil, entretanto a fatia que o PSD espera receber são os 95% repassados proporcionalmente ao número de representante de cada sigla na Câmara Federal, onde o PSD teria mais de 50 deputados.

Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

INFORMAÇÕES DO TCE - MUNICÍPIO DE PENTECOSTE

PARA OS QUE GOSTAM DE FICAR INFORMADOS E SABER DE DADOS VERDADEIROS, DISPONHAM LEIA TUDO E SE INFORME. ESSES SÃO DADOS OFICIAIS. NÃO ES...